Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Conseguiram

por Sérgio de Almeida Correia, em 13.05.19

1145581.jpeg

(créditos: Público/DR)

Há sensivelmente dez meses deixei nota neste espaço sobre o mau serviço que era prestado aos utentes do Aeroporto Humberto Delgado, vulgo Aeroporto de Lisboa

Esta semana, a Bloomberg divulgou a lista dos melhores e dos piores aeroportos do mundo. 

Pois bem, entre os dez piores aeroportos do mundo o Aeroporto de Lisboa conseguiu ser o pior. Isto é, o 132.º e último lugar. O Porto ficou em 125.º. E não me venham dizer que há muitos outros aeroportos importantes entre os piores, como Londres-Gatwick e Paris-Orly, porque a gravidade do caso não muda de figura, visto que o movimento daqueles não tem comparação com os nossos.

Se o objectivo da privatização da ANA por parte da antiga ministra das Finanças e do ex-primeiro-ministro Passos Coelho era prestar um péssimo serviço ao país, o objectivo foi plenamente conseguido, não ficando atrás do que se fez com os CTT

E tome-se nota de que não sou, por princípio, contra as privatizações. Mas em tudo na vida só há duas maneiras de fazer as coisas: bem feitas ou mal feitas. Neste caso, assim o penso desde a primeira hora, foram mesmo mal feitas e enganando-se os contribuintes e utentes. E para quê? Os resultados estão à vista de todos.

Autoria e outros dados (tags, etc)


26 comentários

Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 13.05.2019 às 10:06

Disparate. O problema nada tem a ver com a privatização. O problema tem a ver com o grande e súbito aumento do número de clientes do aeroporto, conjugado com as limitações de que este à partida sofria.

Se o aeroporto tivesse permanecido público, provavelmente estaria hoje ainda bem pior do que o que está. Com o adicional de que o Estado não teria dinheiro para construir um novo.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 13.05.2019 às 11:00

claro que é disparate.
Chegar aquela fila terceiro-mundista e ver 2 guichets abertos os outros 10 fechados tem mesmo a ver com o tamanho do aeroporto.... os voos chegam às 6:00 da manhã os funcionarios entram às 10:00...
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 13.05.2019 às 15:37

Pois...Mais uma "lavourada".
Sem imagem de perfil

De Andre Miguel a 13.05.2019 às 18:58

E são funcionários do SEF, não funcionários da ANA, há que dize-lo. Portanto a responsabilidade dessa fila terceiro mundista é do Estado e não da entidade que gere o espaço.
Sem imagem de perfil

De singularis alentejanus a 13.05.2019 às 11:27

O problema, melhor dizendo, o grande problema, é que Marquês de Pombal só houve aquele, e pelo andar da carruagem, neste caso seria de avião, nos tempos mais próximos não vai haver mais algum.
Sem imagem de perfil

De Vou ali e já venho a 13.05.2019 às 13:40

E qual era a posição do Aeroporto de Lisboa antes de ser privatizado? Para que possamos tirar conclusões e a partir daí fazer uma análise séria sobre quais as questões a corrigir, julgo que seria bom compararmos o antes com o depois. ;-)
Imagem de perfil

De Sérgio de Almeida Correia a 13.05.2019 às 17:14

Tem toda a razão.

Aliás, como refere uma notícia de dia 7 do Público, abaixo referida por um outro leitor, o mesmo aeroporto ganhou um prémio internacional, o que não deixa de ser estranho.

O que lhe posso dizer, daquilo que apurei, é que em 2018 estes aeroportos não apareciam nos lugares que apresentam este ano (mesma entidade, i.e. Bloomberg):https://www.bloomberg.com/news/articles/2018-06-06/the-best-and-worst-airlines-and-airports-of-2018

Para a World Airport Awards em 2018, Lisboa estava em 57.º e o Porto em 71.º, sendo que para esta mesma entidade em 2017 Lisboa estava em 68.º e o Porto em 75.º, em 2016 em 57.º e 70.º, em 2015 em 52.º e em 65.º, em 2014 em 58.º e 63.º, em 2013 estava o Porto em 53.º e Lisboa em 67.º e em 2012 o Porto em 55.º e Lisboa em 61.º.

A Air Help (https://www.airhelp.com/en-ie/airhelp-score/airport-ranking/) coloca Lisboa também em último lugar (132.º) e o Porto em 125.º para 2019.

Outros rankings (Conde Nast, Smart Traveler, Far & Wide, etc) não são conclusivos porque só apresentam os primeiros e os últimos e nem Lisboa nem o Porto aparecem, não permitindo comparações anuais. Pelo menos a estas não tive acesso. Se houver alguém que tenha esses dados seria bom que fossem divulgados.

Os critérios não são sempre os mesmos, mas há um indicador que é o resultante das queixas dos utentes. E quanto a estes basta frequentar essas estruturas e ouvir quem o usa com frequência (não falo dos lounges das companhias).





Imagem de perfil

De Sérgio de Almeida Correia a 13.05.2019 às 17:34

O indicador da Air Help é aquele a que a Bloomberg recorre.
Sem imagem de perfil

De Vou ali e já venho a 14.05.2019 às 14:11

Obrigada
Sem imagem de perfil

De João Lisboa a 13.05.2019 às 13:59

Xentificamente: https://lishbuna.blogspot.com/2019/05/blog-post_49.html
Sem imagem de perfil

De António a 13.05.2019 às 14:39

Dos aeroportos não posso falar. Os CTT, os que utilizo, não estão piores (em parte por terem sido sempre maus).
Sem imagem de perfil

De vargas a 13.05.2019 às 15:05

O problema que a privatização do aeroporto trouxe foi a falta de proteção do serviço púbico, onde cai precisamente o controlo de passaportes. Já na área de vendas onde as rendas são pagas a peso de outro, não faltaram obras ampliação e melhoramentos. Como resultado, temos um aeroporto que começa a rivalizar com alguns centros comerciais, enquanto que a área de controlo de passageiros continua com os mesmos recursos de há mais de 10 anos. Nem mesmo a área dos passaportes electrónicos mereceu ampliação, até porque mesmo que se quisesse, não há espaço físico para tal.
O coelho troikado fez o que lhe cumpria, baixou as orelhas aos franceses da Vinci, da mesma forma que o 44 o fez na altura que foi necessário renovar a concessão.
Sem imagem de perfil

De Makiavel a 13.05.2019 às 15:29

Curiosamente, saiu uns dias antes um prémio qualquer atribuído ao mesmo aeroporto como sendo o melhor.

Curiosidades à parte, gostava de saber onde andam hoje as luminárias que andaram a dizer que a Portela tinha capacidade para mais 20 anos, para justificarem a não construção de um novo aeroporto, que vinha a ser estudado desde finais da década de 60 para a Ota, dando uma guinada na recta final para Alcochete, para depois nem o pai morre nem a gente almoça, e agora andamos à volta do projecto do Montijo. Cheira-me que ainda não é desta que Lisboa terá um aeroporto de jeito.
Sem imagem de perfil

De Andre Miguel a 13.05.2019 às 19:02

Não é o aeroporto de Lisboa que necessita ser ampliado, mas sim o seu corredor aéreo, que está estrangulado pelas bases aéreas militares que rodeiam a capital e não permitem maior trafego.
Reforçar a equipa do SEF no controlo de passaportes e alegar a saída dos passageiros após a recolha de bagagens seria suficiente para os problemas actuais.
Sem imagem de perfil

De Makiavel a 14.05.2019 às 07:16

Mais um expert em aviação...
Sem imagem de perfil

De André Miguel a 14.05.2019 às 10:01

Mais um que julga os outros sem saber quem são ou a sua profissão...
Sem imagem de perfil

De Makiavel a 14.05.2019 às 11:42

Não estou a julgar ninguém.
Mas se acha que um aeroporto internacional, com dois terminais (já dou de barato considerar o barracão do terminal 2 como sendo um terminal de um aeroporto internacional), a rebentar pelas costuras em passageiros em trânsito, resolve o seu problema com ampliação do corredor aéreo, mantendo a estrutura física actual, só pode ser mesmo a opinião de um expert em aviação. Quem sou eu para duvidar...
Sem imagem de perfil

De Andre Miguel a 15.05.2019 às 09:24

Aqui:

https://www.transportesenegocios.pt/ana-quer-mais-espaco-aereo-para-crescer-em-lisboa/
Sem imagem de perfil

De Makiavel a 15.05.2019 às 10:56

Ou seja, é preciso as duas coisas.

Era capaz de ser interessante ver o aumento de passageiros por libertação de corredores aéreos ser "absorvido" pela actual estrutura aeroportuária... de aero-apeadeiro lotado a aero-apeadeiro super-lotado.
Sem imagem de perfil

De André Miguel a 15.05.2019 às 17:56

Umas das duas, pois a estrutura há muito que está a receber obras de ampliação (o que é aliás referido no artigo em causa e qualquer viajante pode confirmar). E falando como viajante frequente, fora da época alta eu nunca vi o "aero-apeadeiro" lotado. Tenho sorte, só pode.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 13.05.2019 às 15:42

Não são privatizações a 100%. São ppp's. É normal terem o pior funcionamento possível, é para issoque são criadas. São pagos para fazerem nada, depois fechar com prejuízos quando os interveninentes enriquecerem o suficiente e ter que ser nacionalizado de novo. Ou é privado ou não é.
Sem imagem de perfil

De Alexandre Barreira a 13.05.2019 às 16:18

.......não vale a pena "inventar"..........o grande problema é....sempre foi....e será.....a falta de "estruturas" aeroportuárias adequadas ao tempo....e ao espaço......tudo o resto.....é mera "treta"........!!!!
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 13.05.2019 às 16:54

Pedro Marques era o indicado para trabalhar nas "bilheteiras fechadas" com outros familiares dos socialistas....

A.Vieira

Comentar post


Pág. 1/2



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D