Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Com orgulho muito seu

por Pedro Correia, em 04.12.19

image[1].jpg

 

É sempre comovedor ver o cativador-mor da finança cá do burgo emparceirar na tribuna da Luz, com orgulho muito seu, com um dos maiores devedores da banca nacional. As boas práticas merecem ser incentivadas para edificação da plebe, qual papoila saltitante.

Vai portanto este postal dedicado a Mário Centeno, que se prepara para entregar à Assembleia da República o Orçamento do Estado para 2020. De tesoura em riste, indiferente às exigências dos colegas de Governo, como o titular da Administração Interna. Tendo na alma a chama imensa da "gestão prudente", a nova alcunha da velha austeridade.


50 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 04.12.2019 às 11:09

Na mouche !

Dois "facilitadores" cada um a seu modo, no caminho da beatificação e/ou da fogueira, conforme a douta opinião de cada um !

A.Vieira
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 04.12.2019 às 11:30

(1) O linque para o cativador-mor não funciona.

(2) O ministro das Finanças trata das finanças do Estado, não trata das finanças da banca nem das finanças de instituições privadas em geral. Ele nada tem a ver com as dívidas que seja quem fôr tenha à banca; só tem que ver com as dívidas que as pessoas tenham ao fisco.

(3) É normal que um ministro, em indo a um jogo qualquer, vá para a tribuna presidencial; e é urbano que, em indo para a tribuna presidencial, cumprimente as outras pessoas que lé se encontram, em especial o presidente do clube que é o dono da tribuna. Logo, não tem nada de chocante ver um ministro a cumprimentar o presidente de um clube numa tribuna presidencial. Ainda que esse presidente, ou esse clube, tenham dívidas ao fisco.
Sem imagem de perfil

De JORNAL A GULA a 04.12.2019 às 13:50

Não tem nada de chocante? Tem tudo de chocante... como teria se o diretor nacional da PSP se abraçasse ao mamadou ba, como teve de chocante a ministra da justiça se abraçar à mãe que deitou o bebé ao lixo. Como teria de chocante se o Jerónimo de Sousa resolvesse virar motard e se abraçasse ao Mário Machado, só porque ele preside um club de motards.
A isto chama-se falta de decoro...
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 04.12.2019 às 19:35

Bulshit.
Melhor ainda, ou mais melhor,
ver um sorridente PM, o dos ministérios dotados de 50 Sombras de Grei,
na tribuna 'presidencial' do boss da empresa SLB.
A bem do Regime.
Sem imagem de perfil

De o cunhado do acutilante a 05.12.2019 às 09:23

Chocante é a banca perdoar 50 milhões ao Verdão, mais euro menos euro, que ficamos todos a arder.
Isso sim é que é ser chocante!
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 05.12.2019 às 22:32

Chocante é ver um ministro todo sorridente ao lado do hipermegadevedor na tribuna da Luz.
Que eu saiba, nunca foi visto em Alvalade. Ainda bem: não faz lá falta.
Imagem de perfil

De Vorph Valknut a 04.12.2019 às 23:53

As finanças do Estado, no geral, dependem das finanças da banca e das instituições privadas, em particular, sobretudo quando estas fogem ao fisco, ou são perdoadas nas suas dívidas fiscais, ou, ainda, quando o Estado injecta, nelas, milhares de milhões
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 05.12.2019 às 22:31

Ou quando os maiores devedores ao sistema financeiro se "esquecem" de pagar o que devem.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 07.12.2019 às 08:07

Não é não!
O lugar das figuras públicas é na tribuna VIP.
Por outro lado, só num país de 3º Mundo o primeiro e o seu adjunto vão para a tribuna da luz apoiar o Benfica contra outo clube português, o FCP.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 07.12.2019 às 10:12

Já não sei quem é o principal e quem é o adjunto.
Mas gostaria de ver ambos fazerem-se fotografar ao lado dos restantes campeões da dívida colossal à banca.
Em nome do mais básico direito à igualdade. Creio que ainda não foi suprimido da Constituição.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 04.12.2019 às 12:36

Boa tarde Pedro Correia.
Muito bem resumido, excelente apontamento.
Uma grande chapelada aqui do "Chapéus"
António Cabral
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 04.12.2019 às 16:59

Grato pelas suas palavras, caro António Cabral.
Sem imagem de perfil

De JAB a 04.12.2019 às 12:58

E lá que o Sporting precisava de uma ajudinha destas precisava, Pedro.
Como é que não conseguiram com Jorge Sampaio, Durão Barroso, Santana Lopes... ou não aproveitaram?
Brincadeira à parte, os benfiquistas "papoilas saltitantes" ainda vão tendo tempo e razões para saltar... porque a "chama imensa" se mantém acesa... Quanto ao Sporting, só se for o da Covilhã... Aqueles leões da serra até jogam. Porque não trocam pelos de Alvalade? O LFV pode dever o que quiser e que pague; desde que não sejam os benfiquistas que devem...
Sem imagem de perfil

De JAB a 04.12.2019 às 21:27

Vosso clube?...
Meu não é.
Mas espero que sim... Agora tem todo o caminho aberto.
Já nem é juiz... e também já não poderá ser mais nada... Coitaaaado!...
E assim teremos um Benfica digno de ombrear com o Sporting de Bruno de Carvalho, e outros.... Eh eh eh.
Estamo-nos a rir o roto do esfarrapado.
Mas valha-nos o humor.
Sem imagem de perfil

De Anonimus a 04.12.2019 às 13:05

E para o Rangel, nada, nada, nada?
Então o homem recebia luvas... e nem sequer dava umas ajudas nos processos??
Não se faz, enganar pessoas que o contactam de boa-fé.
Já não se fazem corruptos honestos como dantes.
Sem imagem de perfil

De JORNAL A GULA a 04.12.2019 às 13:23

Esta foto tem toda a lógica... então não estamos a falar do Cristiano Ronaldo das finanças?
Quer dizer, não andou a comunicação social a propagandear durante meses a história do Cristiano Ronaldo das finanças, ajudada depois pelo Rui Rio, que garantiu alguns milhares de votos ao PS?
Mas afinal agora o homem vem mostrar que não é nenhum guru, o homem é alguém que consegue determinados resultados com cativacões e a depauperar os outros ministérios e o país de forma inigualável na nossa história. Reformas de referência, que resultem na poupança do estado, gestão eficiente da máquina pública, é zero.
Continuamos um estado despesista e mal gerido e vivemos à custa do contribuinte de uma forma excessiva.
Não há génio nenhum neste homem.
Quanto ao seu parceiro de foto.... provavelmente também lhe prometeu um lugar na universidade benfica, como fez ao Rangel...
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 04.12.2019 às 14:37

Para não perder muito tempo com este tipo de gente complexada em relação ao maior clube de/que Portugal, simplesmente lanço um tema: VCmoc's e perdões de dívida ao sporting de Lisboa. Allô? Quem escrevinhou isto está consciente disto? Não lhe merece reparos? O Centeno fez algum favor a LFV ou ao Clube que este preside? Claro que não, porque se fizesse este post era a desmascarar tal favor, e não uma mão cheia de nada e a outra cheia de esterco, o que resulta no que foi publicado...
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 04.12.2019 às 14:40

Cuidado com o sistema nervoso. Isso não parece andar nada bem.
Quem não deve não teme.
Sem imagem de perfil

De Anonimus a 04.12.2019 às 16:44

Facturei o casamento da minha filha à minha empresa.
O Centeno não gostou...
... mas também, não sou sócio do Glorioso.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 04.12.2019 às 23:56

Enquanto isso em Monsanto...
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 05.12.2019 às 22:30

O ex-juiz Rui Rangel foi visto lá?
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 05.12.2019 às 00:46

Já que estamos tão preocupados com a banca nacional e com os seus devedores, porque não um post relacionado com a "reestruturação" da dívida do SCP?
Sem imagem de perfil

De o cunhado do acutilante a 05.12.2019 às 09:25

A ex-dívida, quer o Anónimo dizer. Qual Deus omnipotente, a banca perdoou.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 05.12.2019 às 22:24

A reestruturação da dívida entre o Sporting e a banca privada diz respeito apenas ao Sporting e à banca.
Todas as empresas, todos os dias, reestruturam dívidas. O mesmo sucede com particulares - e até com Estados. É assim a vida.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 06.12.2019 às 00:18

A menos que se trate de um banco intervencionado, como é o caso do NB, que sobrevive a balões de soro com o dinheiro dos contribuintes.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 05.12.2019 às 22:29

Comparação mais disparatada. Desde logo porque ninguém viu o ministro das Finanças aos abracinhos ao presidente do Sporting na tribuna de Alvalade.
Sem imagem de perfil

De JORNAL A GULA a 06.12.2019 às 10:20

Uma reestruturação de dívida não é um perdão fiscal. É uma reestruturação... mas obviamente que pode acabar em algum tipo de perda para o estado.
O problema desta foto não é o Benfica. O Benfica poderá até ter um problema de dívida ao estado, que com certeza será resolvido.
O problema aqui é o presidente do Benfica. E não vamos confundir a instituição com o presidente.
O problema aqui é que este senhor, para lá do clube é um devedor... e um devedor dos grandes... um devedor que acabou apanhado num tráfico de influências com um determinado juiz.
E essas influências não têm nada a haver com o Benfica... têm a haver com negócios individuais extra clube.
O que choca é precisamente o à vontade com que o ministro das finanças... o tal das cativacões e da asfixia aos seus colegas ministros, aparecer tão sorridente com alguém que tanto deve, mas principalmente, que tudo faz para não pagar.
Não se confunda Benfica com LFV, como Centeno confunde... pois se não confundisse poderia ir na mesmo ao seu estádio, mas reservava-se de aparecer com o seu presidente.

Comentar post


Pág. 1/2



O nosso livro



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D