Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Clássicos para a Prainha (II)

por Bandeira, em 25.03.15

Laurence Sterne: A Sentimental Journey through France and Italy

 

Sterne.jpg

A Sentimental Journey through France and Italy não é totalmente indigno de The Life and Opinions of Tristram Shandy, Gentleman, a obra-prima de Sterne, mas termina com a abrupta incompletude da frase 


“So that when I stretch’d out my hand I caught hold of the fille de chambre’s” 

e logo a meio de um episódio empolgante: aquele em que o protagonista e narrador, Yorick (“Ahá!”, ejacula o multíscio leitor, “Shakespeare!”), discutindo com uma jovem dama de pudicas exigências com quem se vira constrangido a partilhar o quarto de estalagem, deita a mão a uma coisa – qualquer coisa, jamais saberemos o quê. Eu antes queria que Sterne tivesse acabado o livro e este me tivesse sido lido ao serão por, sei lá, olhe, por Vítor Gaspar (o leitor assim mais caviloso já percebeu que eu só escrevi isso porque não existe o mínimo risco de acontecer).

Acho que não posso sequer dizer que tenha terminado o livro. Deixarei um espacinho extra na estante de forma a acomodar o que falta de lombada mas preservando a ideia de lacuna existencial, como o leitor entrando no cafezito parisiense de Sartre e conspicuando a ausência daquele com quem se queria encontrar. Esse estreito vão falará volumes. De cada vez que eu ali poisar os olhos, sentirei comoção e meditarei sobre as circunstâncias que cruelmente determinam a condição humana, após o que irei almoçar, jantar ou cear, dependendo da hora e do século em que calhar encontrar-me, já que no de Sterne a gente jantava mais ou menos à hora do almoço.

Conheço outros exemplos de obras que não chegam ao fim, desde a 16ª sátira que Juvenal inconseguiu (ou cujo final, admitamo-lo, se perdeu) ao desfibrilado O Castelo, de Kafka; mas essas sempre terminam com frases completas. Espere, espere, assim de repente vem-me à memória outro caso de um volume que termina a meio de uma frase. Falo de Finnegans Wake – reparou que lhe chamei “volume” e não “livro”? A isso dá-se o nome de “prudência” –, de James Joyce, cujas últimas palavras são:

“A way a lone a last a loved a long the” 

Em boa verdade não posso dizer com segurança se termina ou não, porque parece dar uma longa volta até à primeira frase do texto, a cuja, muito convenientemente, começa a meio: 

“riverrun, past Eve and Adam’s from swerve of shore to bend of bay, brings us by a commodious vicus of recirculation back to Howth Castle and Environs.” 

Reparou que eu não disse praticamente nada sobre A Sentimental Journey? Não tenho desculpa. Sterne tem: morreu. Ele bem queria ter chegado a escrever qualquer coisa sobre Itália, mas não deu.


2 comentários

Sem imagem de perfil

De Miguel a 25.03.2015 às 20:11

Sargento Getúlio, de João Ubaldo Ribeiro, e O Manual dos Inquisidores, de António Lobo Antunes, também terminam com frases interrompidas.
Imagem de perfil

De Bandeira a 27.03.2015 às 04:09

Grato, Miguel. Vou espreitar.

Comentar post



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D