Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Cavaco: urge reconstruir o PSD

por Pedro Correia, em 08.10.19

«Como social-democrata com fortes ligações à história do PSD, o resultado obtido pelo partido não pode deixar de me entristecer.»

«A tarefa mais importante e urgente que o PSD tem agora à sua frente é a de reconstruir a unidade do partido e de mobilizar os seus militantes.»

«Trazer ao debate das ideias e ao esclarecimento e combate político os militantes que, por razões que agora não interessa discutir, se afastaram ou foram afastados, como é o caso de Maria Luís Albuquerque, uma das mulheres com maior capacidade de intervenção que conheci durante o meu tempo de Presidente, e muitos outros.»

«Todos são necessários para ir ao encontro dos portugueses, ouvir os jovens, explicar as propostas do partido para resolver os problemas do País e fazer do PSD um partido verdadeiramente nacional.»

 

Reflexões de Cavaco Silva - hoje difundidas - a propósito da hecatombe eleitoral do PSD, que no domingo obteve o pior resultado em legislativas dos últimos 36 anos.

A versão integral pode ser lida aqui.


3 comentários

Imagem de perfil

De Paulo Sousa a 09.10.2019 às 11:41

Críticas de Cavaco a Rio são vitaminas à sua liderança. Funcionam como as críticas de Sócrates a Costa, dão-lhe saúde e alargam-lhe os apoios.
A continuidade de Rio à frente do PSD ganhou um fôlego com estas reflexões que Cavaco entendeu tornar públicas.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 09.10.2019 às 12:39

Se um político que proporcionou ao PSD e à área política que representa quatro maiorias absolutas deixa indiferentes os militantes, então imagino como estes se sentirão "mobilizados" ao escutarem o presidente que acaba de conduzir o mesmo partido a duas grandes derrotas eleitorais em quatro meses.
Imagem de perfil

De Paulo Sousa a 09.10.2019 às 21:29

Cavaco Silva nos seus dois mandatos presidenciais conseguiu manter uma trajectória regular de perda de popularidade, e isso aplica-se especificamente aos seus apoiantes. Às vezes estar calado é a melhor forma de parecer inteligente e ele fez isso durante a sua travessia do deserto.
As lamurias sobre os seus rendimentos, o episódio das escutas e para finalizar as declarações sobre a solvabilidade do BES, entre outros episódios menores, deixaram incrédulos os seus apoiantes, grupo de fiz parte.
Senilidade é a explicação mais simpática para tanta argolada. As declarações que refere são de alguém que ficou senil há uma mão cheia de anos atrás. Se ele critica Rui Rio... epá temos então de no mínimo lhe dar o benefício da dúvida.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D