Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Candidata a frase do ano

por Diogo Noivo, em 27.03.18

 

"Claro que Marques Lopes não sabe distinguir uma notícia de uma locomotiva a vapor." - Ana Sá Lopes, no i.

 

E, já agora, à volta da frase há um artigo de opinião que merece leitura.


9 comentários

Perfil Facebook

De Rão Arques a 27.03.2018 às 16:38

Uma locomotiva ao espelho enche a moldura.
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 27.03.2018 às 16:51

Tentei ler o artigo da ASL mas nem sequer entendi de que estava ela a falar. Fala de programas e de pessoas que eu não conheço, ou conheço tão mal que não dá para eu perceber o significado das frases dela.
Sem imagem de perfil

De Vlad, o Emborcador a 27.03.2018 às 17:39

A questão abordada por Pedro Marques Lopes relacionava-se com o facto de Feliciano Barreiras Duarte ter sido Secretário de Estado Adjunto de Relvas e estranhamente não terem, na altura, "notado" os tais acrescentos curriculares.

Além do mais um dos membros do júri, de mestrado, era próximo também de Miguel Relvas (Diogo Leite Campos, ex-vice-presidente do PSD -na qualidade de orientador).

Isto , associado à "Guerra Civil" que graça no PSD, legitima a suspeição de ter sido esta notícia " plantada " pelos correligionários de Relvas, mais a facção do PSD, derrotada por Rui Rio.

Outro facto interessante seria saber-se quem efectivamente financia o I e o Sol, dois jornais que ,se dependessem das receitas das vendas, deveriam estar falidos. - capitais angolanos próximos de Relvas?

Sem imagem de perfil

De Alexandre Policarpo a 29.03.2018 às 16:02

Então e quem é que sustenta os outros que se dependessem das receitas das vendas estavam todos falidos? todos, exceptuando talvez o Correio da Manhã, o catecismo dos analfabetos, que enche a alma de milhões de portugueses de alegria todos os dias.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 27.03.2018 às 19:16

Tanta obcecação por Relvas. Afinal o que fez de mal ou de bem? Desconheço tal relevância que lhe atribuem.
Sem imagem de perfil

De Beatriz Santos a 27.03.2018 às 22:55

Parece-me um comentário muito ácido. Passar assim um atestado de burrice a outrem também não abona em favor do emissor. Era mesmo de pôr a loiça na máquina.
Sem imagem de perfil

De Rita Santos Gomes a 28.03.2018 às 03:41

O Marques Lopes é um mistério. Opina em vários meios de comunicação mas não tem nada para dizer
Imagem de perfil

De Bandeira a 28.03.2018 às 12:32

Um tremento fora-de-tópico, Diogo, para dizer que venho lendo ‘Patria’, do Aramburu (‘venho lendo’ porque é algo extenso e o intercalo com outras leituras) e te agradeço o teres-me apresentado o nome. O livro confirma tudo o que já adivinhava após o que vi—e, de certa forma, senti—após a minha passagem pelo País Basco no início dos anos 80. Abraço
Imagem de perfil

De Diogo Noivo a 28.03.2018 às 13:33

Não tens de agradecer, Bandeira. Fico feliz por saber que está a valer a pena. Escrevi aqui no DO umas linhas sobre o “Patria” (http://delitodeopiniao.blogs.sapo.pt/patria-de-violencia-e-odio-8843771) e tenho um ensaio no prelo sobre o livro - em boa verdade, sobre o papel da literatura no combate ao terrorismo.
Se, no final, gostares do “Patria”, ouso recomendar-te o "Los Peces de la Amargura", também do Aramburu - mais ligeiro no peso, mas não no conteúdo. Abraço grande e boas leituras

Comentar post



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D