Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Blogue da semana.

por Luís Menezes Leitão, em 13.05.18

Confesso que tenho imensas saudades do tempo em que a blogosfera fervia no apoio a Sócrates. Havia imensos blogues que se dedicavam freneticamente a apoiar Sócrates e atacavam ferozmente todos os que levantavam a mínima dúvida sobre as qualidades daquele que era então para o PS o seu menino de ouro. Neste momento, praticamente nenhum blogue se mantém como apoiante de Sócrates. Uns colocaram-se em modo de pausa por falta de financiamento, enquanto outros vivem numa fase de morte assistida. Mas há uma excepção num blogue que se mantém firme como um penedo no apoio a Sócrates, não acha reprovável viver com dinheiro emprestado, considera estar-se perante um processo político, e continua a atacar ferozmente o que considera serem calúnias lançadas contra o seu ídolo. Faz lembrar aquele que, nas palavras de Eça de Queiroz, em Paris, na guerra franco-prussiana "grita no boulevard: A Berlim! A Berlim! – quando moralmente no boulevard já marcham os Prussianos". Por isso, e pela força das suas convicções, o Aspirina B é o blogue da semana.

Autoria e outros dados (tags, etc)


12 comentários

Perfil Facebook

De Rão Arques a 13.05.2018 às 10:18

O amigo Silva deixou de pagar, sem dinheiro não há palhaços.
Sem imagem de perfil

De Darth Von Kälhau a 13.05.2018 às 10:25

Obrigado, Luís pelo primeiro sorriso de domingo.

Quando apanharem outros, que não os cor de Rosa deixa o Ministério Público de ter ,claramente, uma Agenda Política.

De acordo com o Diário de Notícias, que teve acesso às 101 páginas do despacho de arquivamento, o Ministério Público mantém quase todas as dúvidas que estiveram na origem da investigação, sugerindo mesmo que, apesar da falta de provas “do recebimento dessa vantagem pessoal, à custa do BPN/SLN, subsistem as suspeitas, à luz das regras da experiência comum”.

Noutra passagem, escreve o mesmo DN, a procuradora Cláudia Oliveira Porto vai mais longe: “Toda a prova produzida nos autos revela–nos uma engenharia financeira extremamente complexa, a par de decisões e práticas de gestão que, a serem sérias, são extremamente pueris e desavisadas, o que nos permite suspeitar que o verdadeiro objetivo (…) foi tão-só o enriquecimento ilegítimo de terceiros à custa do Grupo BPN, nomeadamente Dias Loureiro e Oliveira Costa”

https://www.google.pt/amp/s/observador.pt/2017/04/05/dias-loureiro-estou-estarrecido-e-um-arquivamento-com-insinuacoes/amp/

Portucale, submarinos e financiamento partidário

A primeira passagem de Paulo Portas pelo Governo ficou marcada pelas suspeitas de pagamento de luvas em negócios onde o Grupo Espírito Santo marcava presença, quer como parte interessada, quer como intermediário. Os escândalos ficaram impunes e há um milhão de euros depositado na conta do CDS no BES cuja proveniência continua em segredo.

A investigação sobre corrupção e tráfico de influências na venda dos submarinos em Portugal nem chegou a julgamento, mas na Alemanha e na Grécia já há condenados. Dois ex-gestores da Ferrostaal declaram-se culpados do pagamento de luvas a portugueses.

O cônsul honorário de Portugal em Munique, também investigado por corrupção, relatou aos administradores da Ferrostaal os encontros que manteve com Paulo Portas, Durão Barroso e o seu assessor Mário David, mas os três envolvidos sempre negaram esses contactos. Juergen Adolff, que foi exonerado do cargo quando surgiu a acusação da justiça alemã, terá recebido 1,6 milhões de euros para convencer o Governo português, mas ninguém soube também do rasto deste dinheiro.

Cadé os outros presos de outras cores?


Perfil Facebook

De Rão Arques a 13.05.2018 às 10:44

E os outros da mesma cor, não?
Sem imagem de perfil

De Darth Von Kälhau a 13.05.2018 às 11:29

Rão ainda faltam o Lino e o Paulo Campos...e o Mexia.

Mas:

O ex-secretário de Estado das Infraestruturas estará envolvido na Operação Marquês, avança na noite desta terça-feira o Observador. Em causa está uma das 15 certidões da Operação Marquês, que podem abrir novas investigações. As suspeitas de corrupção ligam Sérgio Monteiro a uma investigação ao projeto do TGV.

De acordo com o Público, o Ministério Público “vai investigar suspeitas de corrupção na forma como foi negociado o acordo de compensação que o Estado português assinou com o consórcio que venceu o troço do TGV Poceirão-Caia”

https://observador.pt/especiais/operacao-marques-ha-mais-15-investigacoes-e-uma-delas-envolve-sergio-monteiro/
Perfil Facebook

De Rão Arques a 13.05.2018 às 13:06

Darth Von Kälhau, lei com justiça aplicada sem exceções nem favores.
Acordo selado.
Sem imagem de perfil

De Darth Von Kälhau a 13.05.2018 às 16:50

Quem assim fala está Acordado.
Sem imagem de perfil

De António a 13.05.2018 às 10:47

Há algum da sua cor que esteja preso?
Sem imagem de perfil

De Darth Von Kälhau a 13.05.2018 às 11:24

Dúvido. A cor da minha Liga é preta.
Perfil Facebook

De Rão Arques a 13.05.2018 às 11:37

"Pimentorium in anus outrem refrescus est"
"Coçar onde é preciso"
Ja agora!
Sem imagem de perfil

De António a 13.05.2018 às 14:13

Refaço a pergunta:
Quem está preso neste universo de corruptos à conta do povo contribuinte?
Sem imagem de perfil

De V. a 13.05.2018 às 11:57

O blog do Galamba ou corno que o valha. Nunca li.
Imagem de perfil

De Sarin a 13.05.2018 às 21:26

O texto de Ana Matos Pires merecia melhor destaque.

Comentar post



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D