Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Até o diabo se ri!

por Maria Dulce Fernandes, em 22.06.19

21487913_8C5Jp.jpeg

 

Não há ser mais inseguro do que este humano que somos. Os ditos irracionais que vivem condicionados à subsistência diurnal são tantas vezes mais ousados, mais resolutos  e expeditos do que os pensantes.

É certo que se vive num habitat social onde cumprir regras é fundamental para coabitarmos pacificamente, mas existe o livre arbítrio, aquilo que imprime em cada indivíduo a marca da sua personalidade. São as escolhas que fazemos que nos definem como pessoas. Somos nós que transportamos o passado, criamos o presente e lançamos a pedra basilar do nosso futuro .

Não há prescrição para o advir, mas é normalíssimo atribuir-se os agravos da existência a outrem, principalmente aos nossos medos, insatisfações e negatividade a que normalmente chamamos diabo, porque tudo o que corre mal é sem dúvida obra do diabo.

"São coisas do diabo"; "Às vezes, atrás da cruz está o diabo escondido"; "Quem com o diabo se deita, com o diabo amanhece"; "Não vá o diabo tecê-las"; "O diabo a quatro"... O mais característico de todos os dizeres "diabólicos" é sem dúvida "Que venha o diabo e escolha".

Escolheremos nós assumir as nossas escolhas como próprias, e não imputá-las a um qualquer pobre diabo?  

O orgulho é a raiz de todo o mal, e apesar de enraizado e ramificado na consciência dos homens não é robusto nem preciso como um relógio suíço, nem o relojoeiro é o diabo. O detentor da chave que lhe dá corda e alimenta somos todos, é cada um de nós.

 

Bom fim de semana.


36 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 22.06.2019 às 13:41

Leio todos os seus artigos. Somente é minha opinião mas a formação da fonte escolhida não foi a mais feliz.

Carlos C.
Imagem de perfil

De Maria Dulce Fernandes a 22.06.2019 às 14:07

Não é a fonte que costumo usar, é certo. Agradeço a opinião e agradeço também a preferência, Carlos C.
BFS
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 22.06.2019 às 22:16

Usar o alfabeto grego como fonte não lembra ao diabo...
Imagem de perfil

De Maria Dulce Fernandes a 22.06.2019 às 22:28

O alfabeto grego !???
Onde?
Sem imagem de perfil

De Vento a 23.06.2019 às 00:23

Está muito bem caçada essa ideia de mudar o estilo de letra para escrever o português que está escrito.
Se o caro comentador fizer copy e paste para a própria janela do comentário, verá que o português aparece no estilo adoptado neste espaço. Faça a experiência.
Veja bem o primeiro parágrafo em grego:
Δεν υπάρχει πιο ανασφαλής από αυτό το ανθρώπινο ον που είμαστε. Τα παράλογα λόγια που ζουν με την πάροδο των ημερήσιων μέσων βιοπορισμού είναι τόσο συχνά τολμηρωτικά, πιο αποφασίζονται και επισπεύμαστε από τους στοχαστές.
Tradução:
Não há ser mais inseguro do que este humano que somos. Os ditos irracionais que vivem condicionados à subsistência diurnal são tantas vezes mais ousados, mais resolutos e expeditos do que os pensantes.
Imagem de perfil

De Maria Dulce Fernandes a 23.06.2019 às 00:53

Siceramente, não foi minha intenção tornar chamativa esta publicacão escrevendo-a em grego! Mal de mim! Havia de me ver grega para tal!
Qualquer bug na formatação da fonte, talvez?
Que tive pistas, tive, mas não as consegui deslindar porque nem na composição, nem na edição ou na publicação vislumbrei uma letra grega que fosse.
Não me parece que a todos os comentadores e leitores tenha chegado o texto em grego, mas a quem chegou, as minhas desculpas.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 23.06.2019 às 11:37

Diabo vem do grego...
Imagem de perfil

De Maria Dulce Fernandes a 23.06.2019 às 11:51

É verdade. Será que o dito cujo me quis castigar por eu dizer que " coisas do diabo" são desculpas para faltas de julgamento?
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 22.06.2019 às 13:55

Ó diabo, agora a Dulce pôs o dedo na ferida; vou ali reflectir (leia-se ver-me ao espelho) e já volto... se tiver coragem.
Bom Sábado!

Maria

Imagem de perfil

De Maria Dulce Fernandes a 22.06.2019 às 14:08

Bom Sábado Maria Corajosa.
Sem imagem de perfil

De Vento a 22.06.2019 às 14:03

Encontrando-se moribundo, a família decidiu chamar o sacerdote. Perguntando ao pobre diabo se renunciava a satanás, ouviu deste a seguinte resposta:
Padre, isto é lá hora propicia para eu fazer inimizades?
Imagem de perfil

De Maria Dulce Fernandes a 22.06.2019 às 14:12

Eheheheheh... nunca se sabe, Vento, até o diabo se ri!
Imagem de perfil

De Pedro Oliveira a 22.06.2019 às 14:35

Caro Vento,
Chamamos a isso: "Dar-se bem com Deus e com o Diabo"
Imagem de perfil

De Vorph Valknut a 22.06.2019 às 16:08

1 João 5:19
"Sabemos que nos originamos de Deus, mas o mundo inteiro está no poder do Maligno"


Imagem de perfil

De Maria Dulce Fernandes a 22.06.2019 às 16:27

A sério? E eu a pensar que o meu quiloavô era um estromatolito chamado Cifézoário...
Imagem de perfil

De Vorph Valknut a 22.06.2019 às 18:01

Isso são tudo estórias da carochinha
Imagem de perfil

De Maria Dulce Fernandes a 22.06.2019 às 19:02

Carochinha ?
Pleased to meet you
Hope you guess my name
But what's puzzling me
Is the nature of your game
Imagem de perfil

De Maria Dulce Fernandes a 22.06.2019 às 23:26

Cinco anos!
Outros leitores, outras reacções, a mesma ideia
Sem imagem de perfil

De a 23.06.2019 às 00:44

O diabo está nos detalhes!...e o texto em grego!! :)
Imagem de perfil

De Maria Dulce Fernandes a 23.06.2019 às 01:00

Já percebi que sim. Não entendo porquê. A mim não me chega em grego, nem creio que aqui na composição e edição exista esse tipo de formatação de fonte.
Sem imagem de perfil

De Vento a 23.06.2019 às 12:56

Era satanás que pretendia que os diabos não se inteirassem de sua estratégias. Porém Deus é mais forte, e aí está o texto para nos convencer, aos diabos, que o diabo existe.
Eu não acredito em satanás, porque é um mentiroso. Mas que ele é fino, lá isso é. Apresenta-se sempre muito bem vestido, com perfume francês e contos cor-de-rosa. É preciso cuidado. Agora também quer que o adoremos no Pacto de Estabilidade, nas Cativações, no Défice e também tem trono em Bruxelas. O tipo põe-nos mesmo a fazer umas diabruras.
Mais ainda, coloca os diabos uns contra os outros para que revelem que cada um deles é o mais virtuoso. Querem demonstrar tanta virtude que acabam à estalada para melhor convencer.
Imagem de perfil

De Maria Dulce Fernandes a 23.06.2019 às 15:02

"Eu não acredito em satanás, porque é um mentiroso", é um belo de um paradoxo, Vento. Se não há, não é, certo?
Tendo em atenção a etimologia de diabo, palavra grega para caluniador, vulgo mentiroso, então já perdi a conta aos "diabos " que por aí pululam, qual deles o mais diabólico.
Bem, contra mim falo, mas quem nunca tiver proferido uma aldrabice, peta, balela, sei lá, que atire a primeira pedra.
Sem imagem de perfil

De Vento a 23.06.2019 às 15:33

Diabolos significa separador. É a tradução que mais se adapta a sua característica. O resto são as manobras que ele usa para instalar sua própria natureza. O mito da criação deixa-nos clara esta natureza. Longe de Deus o homem rasteja, como a serpente. Do pó se alimenta, que significa uma natureza morta e destituída da força vivificadora: o Espírito que dá Vida.

O paradoxo tem essa finalidade: afirmar que é verdadeiro o que sempre mente e manipula. Logo, ele existe, mas devemos esforçar-nos para não acreditar n´ele.
Imagem de perfil

De Maria Dulce Fernandes a 23.06.2019 às 16:18

Eu acredito em Deus. Vida e dualidade de espírito, criador omnipotente. O Yin e o Yang. A mesma entidade, duas faces.
O diabo é a invenção do homem para explicar as vontades de Deus que não fazem sentido e até contradizem a expressão que resume a fé "Deus é amor".
Sem imagem de perfil

De Vento a 23.06.2019 às 21:00

O Espírito Criador e Omnipotente manifesta-se na Revelação, em Jesus.
Assim, o Homem participa nessa Nova Criação por opção e não por condição. Em um outro sentido, como Deus é amor (Caritas est), a trindade reveste-se das seguintes características Unas e indivisíveis: o Amor, o Amante e o Amado. Este matrimónio, isto é, o que Deus une, jamais o homem separa.

A vontade de Deus é amar. Portanto, o amor dobra-se para não quebrar. Procura-Me em ti e procura-te em Mim é vontade divina concreta e específica que nos conduz ao Conhecimento de Deus. Assim, Deus é Movimento e também Repouso.
Quando chegará o Repouso e de que forma chega? Estou convencido que só o saberemos depois de muito nos movimentarmos.

Dizia S. João da Cruz: Para vires ao que não sabes hás-de ir por onde não sabes.
Imagem de perfil

De Maria Dulce Fernandes a 23.06.2019 às 21:24

Deus dá e Deus tira.
Como explicar que a maldade do mundo provém da bondade de Deus, se não houver uma encarnação espírita do mal?
Quem sabe seja o que for? Não ha outra certeza que não a do caminho do homem assim que nasce e nem essa é certa de ser o fim ou apenas um recomeço.
Sem imagem de perfil

De Vento a 23.06.2019 às 21:59

Eu inclino-me mais para o Deus que se dá.

Mateus 13
11Ao que Ele respondeu: “Porque a vós outros foi dado o conhecimento dos mistérios do Reino dos céus, mas a eles isso não lhes foi concedido. 12Pois a quem tem, mais se lhe dará, e terá em abundância; mas, ao que quase não tem, até o que tem lhe será tirado. 13Por isso lhes falo por meio de parábolas; porque, vendo, não enxergam; e escutando, não ouvem, muito menos compreendem...

Estou convencido que se passa mais tempo em busca da justificação da maldade que procurar onde habita o Reino e a bondade. Esta última, como já referi, Revela-se: é a Luz que se oferece e as Trevas rejeitam.
Prólogo do Evangelho de João:
«No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus.
Ele estava no princípio com Deus.
Tudo foi feito por ele; e nada do que tem sido feito, foi feito sem ele.
Nele estava a vida, e a vida era a luz dos homens.»
Portanto,
Lucas 11
"33Ninguém acende uma candeia e a coloca em lugar onde fique escondida, nem debaixo de uma vasilha. Ao contrário, coloca-a num local apropriado, para que os que entram na casa possam ver seu luminar. 34São os teus olhos a luz do teu corpo; se teus olhos forem humildes, todo o teu corpo será cheio de luz. Porém se teus olhos forem malignos, todo o teu corpo estará tomado pelas trevas. 35Certifica-te, pois, que o fulgor que há no teu interior não sejam trevas."

A questão que coloca " Quem sabe seja o que for?" não significa que não se busque saber e experienciar. Assim:
João 15
"6Se alguém não permanecer em mim, será como o ramo que é jogado fora e seca. Então, esses ramos são juntados, lançados ao fogo e queimados. 7Se permanecerdes em mim, e as minhas palavras permanecerem em vós, pedireis o que desejardes, e vos será concedido. 8O que glorifica meu Pai é que deis fruto em abundância; e assim sereis verdadeiramente meus discípulos."

Concluindo, o Caminho (Eu sou o Caminho a Verdade e a Vida) faz-se caminhando.
Imagem de perfil

De Maria Dulce Fernandes a 23.06.2019 às 22:07

Caminho de luz/caminho de treva. A verdade/ a inverdade. A vida/a morte.
É a dualidade de Deus. O bom /o mau coexistem no divino.
Sem imagem de perfil

De Vento a 23.06.2019 às 22:42

Pelos vistos já tem resposta para a sua questão: "Quem sabe seja o que for?"

"Se permanecerdes na minha palavra, sereis verdadeiramente meus discípulos, conhecereis a Verdade e a Verdade vos libertará”.
(João 8,31-42)
Esta realidade, em regra, percepciona-mo-la de maneira imperfeita, porque, geralmente, estamos mais preocupados com os problemas particulares.
Neste sentido, é natural que se tenda a misturar o que se contradiz. Se, como afirmou, Deus é amor, como pode, então, Ele manifestar-se com essa duplicidade?
Imagem de perfil

De Maria Dulce Fernandes a 23.06.2019 às 23:04

A expressão que resume a fé "Deus é Amor" não é claramente da minha autoria.
Quanto à verdade... a verdade é um universo de infinitas possibilidades, mas não é unica nem universal.

"But what is truth?
Is truth a changing law?
We both have truths.
Are mine the same as yours?"

Quantas verdades não nos crucificam fisica e moralmente?
Sem imagem de perfil

De Vento a 23.06.2019 às 23:14

A questão que coloca em seu último parágrafo é a mais interessante deste seu comentário.
A Verdade é uma Pessoa, Jesus o Cristo por antonomásia. Por isto mesmo: Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida".
E esta Pessoa fez o caminho da Cruz para nos mostrar que foi no madeiro que a morte foi vencida.
Em suma, porque procura o que vive entre os mortos?
Imagem de perfil

De Maria Dulce Fernandes a 23.06.2019 às 23:29

Jesus Cristo foi um homem extraordinário que morreu na cruz, mas que na realidadade é imortal enquanto as suas palavras perdurarem na memória e no coração dos homens. Jesus conquistou o mundo espalhando a palavra de Deus, o criador, o pai. Jesus nunca foi divino , foi apenas um homem admirável e por isso deixou que a sua morte criasse o mito da ressurreição e da vida eterna. O que está para lá da morte, se é o reino prometido, se é apenas nada, não sabemos. Todos queremos acreditar que a vida não temina no ponto final após os 21 gramas do último suspiro.
É um ponto de vista. É o meu.
Muito obrigada, Vento, por esta esclarecedora e educativa troca deimpressões.
Sem imagem de perfil

De Vento a 23.06.2019 às 23:37

"O que o Homem é Cristo quis ser, para que o Homem pudesse ser o que Cristo é". Cipriano, in Os homens não são deuses.
Vos estis sal terrae (Vós sois sal da terra). O nosso António Vieira colocou a seguinte afirmação: "Ou é o sal que não salga ou é a terra que não se deixa salgar".
Retribuo o agradecimento.
Imagem de perfil

De Maria Dulce Fernandes a 23.06.2019 às 01:28

Vi-me grega para mudar a fonte. Não percebi. No laptop não consegui alterar. Nem consegui ver se estava alterado, porque para mim a publicação estava como as anteriores.
No desktop confirmei que a fonte era symbol... podia ter sido escrito em hieroglifos também.
Penso que ficou corrigido.

No final, acho que até gostava mais do texto em grego...

Comentar post



O nosso livro



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D