Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




As melhores capas do dia

por Pedro Correia, em 08.01.15

As melhores primeiras páginas de jornais portugueses, para mim, foram estas duas:

 

728xNxi-2015-01-08-ef2d12.jpg.pagespeed.ic.j7Lf-lp

 

diario-de-noticias-2015-01-08-4b2277[1].jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)


11 comentários

Sem imagem de perfil

De Piu a 08.01.2015 às 18:30

Mau mé... faz Jesuis Charlie.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 08.01.2015 às 21:06

De Mao a Piao, como se dizia noutros tempos em que alguns neoliberais de agora eram maoístas.
Imagem de perfil

De José António Abreu a 08.01.2015 às 18:58

Acho a primeira especialmente boa - corajosa e dando uso à arma que os extremistas nunca entenderão: o humor.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 08.01.2015 às 21:05

Corajosa, sim. Porque é de coragem que se trata num tempo em que muitos começam a tornar-se reféns psicológicos dos terroristas.
Gostaria, por exemplo, de ver o António - outrora celebrado por uma caricatura com um preservativo enfiado no nariz do Papa - ousar esta semana fazer um "boneco" com o profeta Maomé.
Sem imagem de perfil

De Maria Dulce Fernandes a 08.01.2015 às 19:54

Dizia Bulwer- Lytton que a caneta é mais poderosa do que a espada. Hoje confirmou-se que de facto aparos, lápis, aguarelas, pincéis, marcadores, tudo o que sirva para marcar um ponto, logo muitos pontos mostram um risco e muitos riscos juntos criam uma ideia de unidade, de liberdade que o medo não cortou. E a linha tornou-se curva, fechada e fez um mundo de solidariedade.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 08.01.2015 às 21:09

É verdade, Dulce. E tem sido comovente a reacção espontânea das pessoas. Mas não nos iludemos: não bastam lápis e canetas para combater quem nos odeia ao ponto de querer suprimir todas as parcelas de liberdade de que é feito este continente onde temos o privilégio de viver.
Sem imagem de perfil

De Fernando Torres a 08.01.2015 às 20:43

Gosto, particularmente do I.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 08.01.2015 às 21:06

Também eu, embora o desenho do Carrilho na capa do 'DN' seja de excepcional qualidade.
Sem imagem de perfil

De Cabanas a 09.01.2015 às 15:23

A capa do i está genial... http://dcabanas.blogspot.pt/2015/01/charlie-olha-por-ti.html
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 11.01.2015 às 23:04

E corajosa, sem dúvida.
Sem imagem de perfil

De Gil Teixeira a 13.01.2015 às 13:57

O lápis azul.

Como declaração de interesses digo que tenho o bicho da escrita publicada alojado nas meninges, - umas vezes mais adormecido do que outras, - e devo muito à imprensa escrita que nunca pagarei enquanto andar a (per)correr este mundo.

O "lápis azul" existe em todas as obras publicadas, assumida e não assumidamente, a coberto das “linhas editoriais”.

No caso do "hebdo" os terroristas já fizeram 17 vítimas mortais em França acobardados numa pseudo religião que nada tem a ver o islamismo, ou outra qualquer religião.

Esta é a verdadeira questão, deve a liberdade de expressão ceder à barbárie dos ataques terroristas?

De forma nenhuma, em tempo e lugar nenhuns.

Todavia, a liberdade de expressão deve ser exercida em condições que não ponha em risco a vida de tantos inocentes. Nem todos somos jornalistas ou comentadores, e a prosa, ou o verso, ou a imagem, ou o boneco, ou a mensagem não deve servir de pretexto para matar o destinatário.

Acima de tudo preservar a vida deve ser objectivo de todos os povos, ocidentais e não ocidentais.

Um terrorista morre compensado com 71 virgens celestiais. Um cidadão inocente morto selvaticamente é uma perda insubstituível e não voltará a desfrutar da liberdade de expressão.

Enquanto não estiverem criadas as condições de segurança para que a liberdade de expressão esta deve ser observada calculando todos os riscos, e sem heróis, mortos ou vivos.

O terrorismo não tem religião.

Gil Texeira

Comentar post



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D