Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




As "folhas secas" de Caracas

por Pedro Correia, em 01.05.19

0hsyjip203hc85jx9yh4fntyh.jpg

 

É, desde já, uma das imagens do ano. E também uma das mais chocantes. Um blindado antimotim da Guarda Nacional Bolivariana salta um separador numa larga via circular de Caracas e arremete a toda a velocidade rumo à faixa contrária, onde se agrupam largas dezenas de manifestantes desarmados, atropelando-os sem piedade, como quem esmaga folhas secas no alcatrão. Logo alguns ficam estendidos no solo, ignorando-se o que lhes sucedeu.

O mundo inteiro viu: esta é a verdadeira face da ditadura de Nicolás Maduro. Um regime que apregoa o socialismo revolucionário enquanto reprime, esmaga e tortura os humildes que ousam contestá-lo. Um regime que encerra órgãos de informação, censura vozes livres, aprisiona deputados e autarcas, silencia cadeias de televisão internacionais e suprime comunicações telefónicas, asfixiando a liberdade. Um regime que condena a população à penúria, à desnutrição e ao desabastecimento dos bens essenciais. Nos últimos oito anos, os venezuelanos perderam em média oito quilos por efeito da fome endémica e da falta de proteínas. Enquanto o ditador, encerrado no palácio, vai engordando.

 

Falta tudo em Caracas: luz, água, alimentos e medicamentos. Só não faltam os crimes: é a capital onde se regista a maior taxa de homicídios do planeta, quase todos permanecendo impunes, grande parte deles cometidos pelos chamados "colectivos", gangues armados até aos dentes por Maduro para esmagar focos oposicionistas nos bairros populares, funcionando como a face mais negra e sangrenta do regime.

A Venezuela é também o país com a maior taxa de inflação a nível mundial: 10.000.000% ao ano, algo impensável para os nossos padrões europeus. Nada se consegue pagar com o dinheiro da treta, que não vale sequer o papel em que é impresso, no país que possui as maiores reservas de petróleo do hemisfério ocidental. Enquanto o caudilho se entrincheira num bunker palaciano, vigiado a todo o momento pela guarda pretoriana que Cuba lhe forneceu, totalmente isolado do povo, há largos meses sem descer à rua. Transformado num títere de Havana.

 

O mundo inteiro viu o Golias blindado, ao serviço da revolução falhada, esmagar os Davids civis que se atreveram a protestar contra a tirania. O mundo inteiro indignou-se. Todo? Não, todo não. Para Catarina Martins, coordenadora do BE, a culpa da fome, da miséria e da repressão armada na Venezuela socialista resulta da «ingerência máxima» dos Estados Unidos. Debitando a vulgata pró-soviética dos tempos da Guerra Fria. Evitando cuidadosamente pronunciar uma só palavra de crítica a Maduro.

Como se não tivesse observado as imagens de Caracas. Ou - pior ainda - como se as tivesse visto e ficasse indiferente a elas.

Autoria e outros dados (tags, etc)


80 comentários

Imagem de perfil

De Vorph Valknut a 01.05.2019 às 09:34

WikiLeaks, a website that publishes anonymously sourced documents, has released video footage of what it says is a US military attack on Iraqi civilians in Baghdad.

Kill Them All:

https://youtu.be/UaqY12VHFv4

Inquiry into Iraq death sees British soldiers 'abuse video':

https://youtu.be/h8RfmqYWkXY


Iraq ki Abu Ghraib jail torture:


https://youtu.be/cknYsguvh14

E cereja em cima do bolo:

https://www.google.com/amp/s/amp.theguardian.com/world/2017/oct/17/indonesia-anti-communist-killings-us-declassified-files

US officials were ecstatic when conservative generals imposed martial law in Jakarta, seized state radio and set out to annihilate the country’s communist party on the pretext that it had tried to overthrow the government. Within months, the army would prevail, shifting Indonesia’s political orientation to the US and opening its huge market to American companies.

The newly released files underline the US embassy’s and state department’s early, detailed and ongoing knowledge of the killings and eagerness to avoid doing anything that would hinder the Indonesian army. Historians had already established that the US provided lists of senior communist party officials, radio equipment and money as part of active support for the army.



https://nsarchive2.gwu.edu/NSAEBB/NSAEBB4/

Nestes documentos libertados pela NSA milhares foram mortos com a ajuda dos EUA.

Os States são o baluarte dos Direitos Humanos.. .invocam-nos quando pretendem fazer as suas Guerras Santas e esquecem-se quando têm no Poder os seus fantoches a soldo.


Ao Pedro falta-lhe algo fulcral para ser um bom jornalista. Imparcialidade e humildade. Bom feriado, que eu vou para o banho
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 01.05.2019 às 09:36

Faz bem, está mesmo a precisar de um banho. Defender Maduro suja.
Imagem de perfil

De Vorph Valknut a 01.05.2019 às 09:50

O Maduro é um assasino vestido com um fato de treino. Os norte americanos uns assassinos de fato e gravata.
Sem imagem de perfil

De João Silva a 01.05.2019 às 12:24

"Os norte americanos uns assassinos de fato e gravata." Não, estes são uns gajos porreiros. Nunca atropelaram ninguém.
Sem imagem de perfil

De António a 01.05.2019 às 13:46

A culpa é do Passos Coelho! E assim com o assunto resolvido podemos voltar à santa paz nas consciências. Quem inventou o bode expiatório devia ter registado a patente - o Passos Coelho e os EUA estavam ricos.
Imagem de perfil

De almaparva a 01.05.2019 às 20:03

" Sistema eleitoral venezuelano é elogiado por observadores internacionais "



https://www.abrilabril.pt/internacional/sistema-eleitoral-venezuelano-e-elogiado-por-observadores-internacionais

Suponho que não tenha tempo para consultar a avalanche de ligações mas acha normal que em TODAS as mesas redondas sobre a Venezuela, com especialistas sobre política internacional e latino americana, NUNCA conste um único pró Maduro?

Ou que Judite de Sousa e o enviado da RTP Caracas não tenham entrevistado um único apoiante de Maduro?

O enviado da RTP afirmou no Prós& Contras que : "era extremamente perigoso entrevistar partidários de Maduro". Isto quando todos os portugueses o viram deambular pelas ruas de Caracas entrevistando cidadãos anónimos. Será que apoiantes e adversários de Maduro estão divididos por zonas geográficas? Nas ruas, onde era seguro o enviado da RTP mover-se todos os passantes eram contra Maduro? Ou simplesmente não existem apoiantes de Maduro e os 6,1 milhões de votos em Maduro, quer as eleições tenham sido livres ou não, foram todos inventados?

Os portugueses puderam ouvir as razões de Assad da Síria em horário nobre entrevistado por Paulo Branquinho e Márcia Rodrigues já de Maduro apenas vi no youtube uma entrevista ao canal russo RT em espanhol.

Código Deontológico dos Jornalistas
(Aprovado em 4 de Maio de 1993)

" O jornalista deve relatar os factos com rigor e exactidão e interpretá-los com honestidade. Os factos devem ser comprovados, ouvindo AS PARTES COM INTERESSES ATENDÍVEIS NO CASO. A distinção entre notícia e opinião deve ficar bem clara aos olhos do público."

Acha que tem sido o que acontece quando o assunto é a Venezuela?
Sem imagem de perfil

De V. a 01.05.2019 às 10:44

Wikileaks (!), videos manhosos e tiros em todas as direcções — mas sobre a Venezuela nada.

Não vês o absurdo? Até digo mais, se houvesse realmente mão da América nisto tudo era bem bom. Era a sorte deles. Infelizmente não é assim. O que há é a mão porca dos comunistas, dos islamistas e, no caso da Venezuela, dos narcotraficantes.

Não é por acaso que Maduro é conhecido como Narcolás Maduro lá na terra dele.
Imagem de perfil

De Vorph Valknut a 01.05.2019 às 13:48



Vê como a CIA usou o tráfico de droga para fugir à aprovação dos orçamentos/operações pelo Congresso/Senado.

https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Tráfico_de_drogas_pela_CIA

Este jornalista, Gary Webb, também se suicidou:

https://youtu.be/GJkNEtgMulw

Vê o Banco onde a CIA lavava o dinheiro:

https://en.m.wikipedia.org/wiki/Nugan_Hand_Bank

Qualquer dia limpam-me o sebo, também. ..neste momento já devo ter o telefone sob vigilância da NSA
Sem imagem de perfil

De O sátiro a 01.05.2019 às 21:01

Ter o TLM sob escuta ?
Coitadinho de V Ex..

Devem se rir à grande com esses disparates. E nem perdem um segundo com ""inimigo "" tão COVARDOLAS e inofensivo

Ora vejam. A lata do gajo... têm mais k fazer k perder tempo com tanta demência mental
Imagem de perfil

De Vorph Valknut a 01.05.2019 às 22:19

Chega, cabrão….

Envia email para:

pedro_mao@sapo.pt

Vivo no Porto...que tal combinarmos uma partida de boxe?
Imagem de perfil

De Vorph Valknut a 01.05.2019 às 22:56

Pode ser aqui:

https://www.abmaia.pt

Vou ver se posso alugar espaço. Vai ser porreiro, a sério.
Sem imagem de perfil

De V. a 02.05.2019 às 19:35

Olha, às 10 atrás da igreja — eu levo o frango e tu levas a cerveja.

(Pá, já andava para fazer esta rima há um colhão de tempo!)
Imagem de perfil

De Vorph Valknut a 01.05.2019 às 15:28

Sim era a sorte deles, como também foi a destes, mas isto não passa na CNN, ou na BBC...nem pio:


https://www.youtube.com/watch?v=wqdRIt1EnkY

"The Marshallese caught by fallout got 175 roentgens of radiation. These are fishing people, savages by our standards, so a cross-section was brought to Chicago for testing. The first was John, the mayor of Rongelap Atoll…. John, as we said, is a savage, but a happy, amenable savage.”

Narrador de um estudo/documentário realizado pela National Naval Medical Center sobre os efeitos da exposição radioativa, deliberada, nos habitantes das ilhas Marshall…


Sim, selvagens, não é V? Deve-lhe agradar o termo. Afinal não são brancos.
Sem imagem de perfil

De xico a 01.05.2019 às 17:23

Portanto, o que pretende dizer é que os ditadores de esquerda ficam justificados ao fazerem o mesmo que os americanos. É isso?
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 01.05.2019 às 18:40

Não intervenção é o que defendo

Vorph
Imagem de perfil

De Vorph Valknut a 01.05.2019 às 19:30

Não invocarem os Direitos Humanos, ou a Dignidade de um Povo quando lhes dá jeito. Não decretarem embargos económicos, arbitrários, a países com ideologias diferentes da americana.

Se se for por aí decretem em primeiro lugar um embargo à China e à Arábia Saudita....

China:

https://www.google.com/amp/s/www.forbes.com/sites/ewelinaochab/2018/10/16/organ-harvesting-in-china-and-the-many-questions/amp/

https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Extração_de_órgãos_de_praticantes_do_Falun_Gong_na_China

Arábia Saudita:

https://youtu.be/w_wBDdthYN4

Tenham um pouco de vergonha quando falam em nome do povo venezuelano quando se "estiveram a cagar" aquando do Caracaço ( o Presidente venezuelano na altura era amigo dos States vendendo a preço de saldo toda a indústria nacional)

https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Caracaço
Imagem de perfil

De almaparva a 01.05.2019 às 20:27

No dia 6 de Março de 2016 Mohamed Bin Salman, príncipe herdeiro da Arábia Saudita foi agraciado por François Hollande com a mais alta condecoração do estado francês, a Légion d`Honneur. Naquele 6º dia do terceiro mês de 2016 a Arábia Saudita já somava SETENTA execuções públicas.

Quando se refere tais argumentos "os especialistas" invocam "O Príncipe" de Maquiavel e lembram que os Estados não se regem pelos mesmos princípios das pessoas comuns.

Parece que, os impedimentos comerciais e outros com base na violação das liberdades e dos direitos humanos só acontece quando o assunto é a Venezuela se for a Arábia Saudita, a China ou a Guiné Equatorial, (esse farol de liberdades e equidade social, por acaso até membro da CPLP), já são apenas os condicionamentos inerentes à realpolitik.

Aceito os argumentos de Maquiavel mas será que os jornalistas são também sujeitos às mesmas limitações?

É que parece que se indignam mais com uns do que com outros e de uns lembram-nos dia sim dia não e de outros apenas "quando o rei faz anos".
Sem imagem de perfil

De xico a 05.05.2019 às 22:44

O problema dos venezuelanos, no momento, não são os americanos. Salazar também era contra os americanos e estes retribuíam a inimizade em África. Significa que Salazar não devia ser derrubado?
Imagem de perfil

De almaparva a 01.05.2019 às 19:30

" A Casa Branca declara que este conjunto de proibições (o embargo) foi “cuidadosamente pensado para negar à ditadura de Maduro, uma fonte não negligenciável de financiamento”. Relativamente a este assunto, o embaixador americano na Venezuela, William Brownfield declarou: “A nossa melhor resolução é precipitar o colapso do governo, mesmo que isso implique meses e anos de sofrimento para os Venezuelanos”. Tal como Madeleine Albrigth, a doce avózinha de considerou que a morte de 500.000 crianças iraquianas foi um preço aceitável para derrubar Sadam.

https://www.google.com/search?q=Madeleine+Albrigth+about+the+death+of+500.000+iraqui+children&rlz=1C1GGRV_enPT751PT751&oq=Madeleine+Albrigth+about+the+death+of+500.000+iraqui+children&aqs=chrome..69i57.36286j1j7&sourceid=chrome&ie=UTF-8
Imagem de perfil

De Vorph Valknut a 01.05.2019 às 09:42

Sobre a Task Force 373:

In an article datelined 25 July 2010, the online guardian.co.uk news daily reported that "In many cases, the unit has set out to seize a target for internment, but in others it has simply killed them without attempting to capture. The logs reveal that TF 373 has also killed civilian men, women and children and even Afghan police officers who have strayed into its path.

https://www.google.com/amp/s/amp.theguardian.com/world/2010/jul/25/task-force-373-secret-afghanistan-taliban

Nem um pio...
Imagem de perfil

De Vorph Valknut a 01.05.2019 às 09:55

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 01.05.2019 às 10:05

Os defensores do Maduro andam sempre com os EUA na boca. Este que postou, anda atrasado 15 anos e esquece-se que as atrocidades cometidas pelos soldados americanos em tempo de guerra foram denunciadas, os responsáveis foram julgados e condenados. O que lhes pesa é que o comunismo seja em que parte do mundo for, nunca é escolhido pelo povo de livre vontade. É sempre imposto pela força das armas, seja na Venezuela, Cuba, China, URSS, Coreia Norte etc. É triste ver o povo venezuelano violentado desta maneira. O caso da Venezuela devia ser ensinado nas escolas como paradigma das consequências da ditadura comunista face ao mundo livre.
Imagem de perfil

De Vorph Valknut a 01.05.2019 às 10:32

Claro, ao fim de 15 anos os crimes prescrevem…

Porque será que:

Tribunal Penal Internacional é "ilegítimo" e "perigoso", dizem os EUA

https://www.jn.pt/mundo/interior/tribunal-penal-internacional-e-ilegitimo-e-perigoso-dizem-os-eua-9827896.html

Estados Unidos e CIA acusados de crimes de guerra

https://www.dn.pt/mundo/interior/procuradora-do-tribunal-penal-internacional-indicia-estados-unidos-e-cia-por-crimes-de-guerra-no-afeganistao-8931383.html


"cometidas pelos soldados americanos em tempo de guerra foram denunciadas, os responsáveis foram julgados e condenados"


Só se foi o Snowden e o Manning…






Sobre os ataques com WMD, de Bashar e Saddam… e então estes:

https://www.theguardian.com/world/2014/jun/19/us-depleted-uranium-weapons-civilian-areas-iraq


US forces fired depleted uranium (DU) weapons at civilian areas and troops in Iraq in breach of official advice meant to prevent unnecessary suffering in conflicts, a report has found

----------------------------------

https://www.theguardian.com/world/2003/dec/14/iraq.military

Depleted uranium shells used by British forces in southern Iraqi battlefields are putting civilians at risk from 'alarmingly high' levels of radioactivity.

-----------------------------

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/23729095

Iraq is suffering from depleted uranium (DU) pollution in many regions and the effects of this may harm public health through poisoning and increased incidence of various cancers and birth defects. DU is a known carcinogenic agent. About 1200 tonnes of ammunition were dropped on Iraq during the Gulf Wars of 1991 and 2003. As a result, contamination occurred in more than 350 sites in Iraq. Currently, Iraqis are facing about 140,000 cases of cancer, with 7000 to 8000 new ones registered each year. In Baghdad cancer incidences per 100,000 population have increased, just as they have also increased in Basra. The overall incidence of breast and lung cancer, Leukaemia and Lymphoma, has doubled even tripled. The situation in Mosul city is similar to other regions. Before the Gulf Wars Mosul had a higher rate of cancer, but the rate of cancer has further increased since the Gulf Wars.


Nem um pio...




Sem imagem de perfil

De O sátiro a 01.05.2019 às 15:05

Os maiores assassinos no Iraque pós invasão foram moqtad al sadr e os seus carniceiros xiitas com os bombistas suicidas.
Nem sequer os países muçulmanos do médio Oriente negam

Aliás as próprias TVs ANTI EUA davam essas matanças tão óbvio eram os autores

Mas sendo V Ex um STALINISTA TRESLOUCADO defensor dos assassinos MAO e STÁLIN culpados de cerca de 150 milhões de vítimas inocentes

PERGUNTE AOS CURDOS XIITAS DO IRAQUE. ..COMO SOFRERAM COM O SADDAM E COMO ESTÃO AGRADECIDOS AOS EUA...

PERGUNTE AO POVO PACÍFICO DO TIBETE AS ATROCIDADES COMUNISTAS DE PEQUIM

PERGUNTE ÀS MULHERES NO IRAN AFEGANISTÃO MALDIVAS SOMÁLIA. O QUE SENTEM AO VER OUTRAS MULHERES APEDREJADAS ATÉ À MORTE.....E COMO ESPERAM QUE OS EUA AS LIBERTEM DESSAS MATANÇAS QUE BEM HITLER FEZ
Há grupos na net.....e há exilados na Europa.

V Ex é um verne execrável que foge das maiores atrocidades para copiar FAKE NEWS contra a civilização

desdenha dos EUA e mundo Ocidental
Ótimo
Abandone os luxos capitalistas de sofá e vá viver para a Venezuela do maduro. CUBA. Rússia China Laos Coreia do Kim Turquia
E critique NESSES PAISES as atrocidades que eles cometem

Mas Va Ex é um COVARDE ASQUEROSO. ... nrm tem coragem para ir viver com os seus amigos assassinos

Imagem de perfil

De Vorph Valknut a 01.05.2019 às 16:04

"Os maiores assassinos no Iraque pós invasão"


Pois, pós invasão, tem razão….

Ouçamos o sensato Trump :

Donald Trump: There Were No Weapons Of Mass Destruction In Iraq

https://www.youtube.com/watch?v=urhZBpyRRoE

Ouçamos Scott Ritter

Former UN weapons inspector in Iraq comments on Security Council resolution

https://www.youtube.com/watch?v=ycLUo6kQQCQ

Washington DC - November 8, 2002

Scott Ritter, former UN weapons inspector

"I think the United States has one outcome in mind and that's war. And they're going to use this resolution and use the return of inspectors as a trigger for war."


"PERGUNTE AOS CURDOS XIITAS DO IRAQUE. ..COMO SOFRERAM COM O SADDAM E COMO ESTÃO AGRADECIDOS AOS EUA…"

https://www.telegraph.co.uk/news/worldnews/middleeast/iraq/1359802/Iraqs-chemists-bought-anthrax-from-America.html

https://www.globalpolicy.org/component/content/article/168/34666.html

Veja Rumsfeld apertando a mão a Saddam 15 meses após o massacre dos curdos:

https://www.youtube.com/watch?v=WCBDNaxCEeA

Rumsfeld: "Where did you get this video?"

Sem imagem de perfil

De O sátiro a 01.05.2019 às 20:56

Milhares de CURDOS que viviam em aldeias beberam água envenenada pelos CARNICEIROS do SADDAM chefiados por Ali o químico. .
Idem com os XIITAS

Eu já falei com vários líderes CURDOS que sabem isto e agradecem aos EUA.

V.Ex.com o seu desespero ANTI EUA, demência mental, continua a defender o SADDAM
Posso fazer o favor de o apresentar a esses curdos....como o vão tratar. ...é assunto k me escapa.

Tb pode levar as mulheres da sua família para viver nas tribos talibãs. Visto que bate nos EUA por causa do Afeganistão
Quantas centenas de pedras vão utilizar para as matar... é assunto k me ultrapassa pq VEx é o paradigma dos direitos humanos. . E sabe tudo

São conselhos que NÃO TEM CORAGEM DE SEGUIR. ..PQ É COVARDOLAS ASQUEROSO A VIVER NOS LUXOS CAPITALISTAS
Imagem de perfil

De Vorph Valknut a 01.05.2019 às 23:09

Tb pode levar as mulheres da sua família.....


Não tinha lido esta parte. Já fui ao teu site mas n encontro email. Envia-mo por favor.
Imagem de perfil

De almaparva a 07.05.2019 às 14:16

Saddam ter sido um déspota sem escrúpulos não torna aceitável o descrito na ligação do Público que envio e de que deixo um pequeno excerto.

A menos que se concorde com Madeleine Albrigth que, quando questionada no " 60 minutos " se a morte de 500 mil crianças iraquianas, era um preço aceitável para derrubar Sadam respondeu : " foi uma escolha difícil mas acho que valeu a pena ". O senhor tem filhos, sobrinhos ou netos?

" O povo que se pretendia libertar morreu às centenas de milhares (segundo alguns estudos, são mais de dois milhões os mortos), conheceu o terrorismo da Al-Qaeda, que ali se desenvolveu para combater os EUA até se tornar no Daesh que aterrorizou sírios e iraquianos. O mundo, definitivamente, não ficou menos perigoso."

https://www.publico.pt/2018/03/20/mundo/noticia/15-anos-depois-do-choque-e-pavor-sobra-violencia-corrupcao-e-sectarismo-1807271
Sem imagem de perfil

De O sátiro a 01.05.2019 às 21:12

Portanto apertar a mão é sinónimo de conluio
Na guerra fria os EUA eURSS apertavam a mão nas cimeiras

TRUMP apertou a mão ao KIM

MPLA apertou a mão a Savimbi....e matou o....

Fidel apertou a mão a muitos cubanos que mandou fuzilar
STALIN apertou a mão dezenas ou centenas de vezes aos camaradas do politbureau que o beria matou

Saddam e os ayatollahs apertaram a mão antes da guerra IRAN IRAQUE.

dar relevância a esse gesto só ignorância crassa. Ou demência mental
Sem imagem de perfil

De João Silva a 01.05.2019 às 16:15

Senho Sátiro:
Ponha mais letras maiúsculas senão ninguém o ouve.
Imagem de perfil

De almaparva a 01.05.2019 às 20:52

A taxa de mortalidade infantil em Portugal é de 3,2 por 1000 nascimentos há países com taxas de 2 e mesmo de 3 dígitos.

Estas mortes que acontecem fora de Portugal e que não aconteceriam aqui, são contabilizadas na conta das vítimas do capitalismo ou este sistema não tem responsabilidade nesses nºs?

Longe de mim desvalorizar as vítimas do socialismo, que são muitas como é sabido, mas já agora convém lembrar que não há vítimas só de um lado da barricada e uns seriam santinhos papudos e outros execráveis ogres. .
Imagem de perfil

De almaparva a 01.05.2019 às 20:33

Também não me contenho e massacro o teclado mas sei que é "chover no molhado" com pessoas na posse de "alternative facts".

" As pessoas acreditam no que querem apesar de todas as evidências" - Winston Churchill.
Imagem de perfil

De Vorph Valknut a 01.05.2019 às 10:34

https://www.youtube.com/watch?v=XWuAct1BxHU

According to his book, Perkins' function was to convince the political and financial leadership of underdeveloped countries to accept enormous development loans from institutions like the World Bank and USAID. Saddled with debts they could not hope to pay, those countries were forced to acquiesce to political pressure from the United States on a variety of issues. Perkins argues in his book that developing nations were effectively neutralized politically, had their wealth gaps driven wider and economies crippled in the long run. In this capacity Perkins recounts his meetings with some prominent individuals, including Graham Greene and Omar Torrijos. Perkins describes the role of an EHM as follows:

Economic Hit Man (EHMs) are highly paid professionals who cheat countries around the globe out of trillions of dollars. They funnel money from the World Bank, the U.S. Agency for International Development (USAID), and other foreign "aid" organizations into the coffers of huge corporations and the pockets of a few wealthy families who control the planet's natural resources. Their tools included fraudulent financial reports, rigged elections, payoffs, extortion, sex, and murder. They play a game as old as empire, but one that has taken on new and terrifying dimensions during this time of globalization.

Perkins charges that the proposed conditions for this debt forgiveness require countries to privatise their health, education, electric, water and other public services. Those countries would also have to discontinue subsidies and trade restrictions that support local business, but accept the continued subsidization of certain G8 businesses by the US and other G8 countries, and the erection of trade barriers on imports that threaten G8 industries.

In the book, Perkins repeatedly denies the existence of a "conspiracy." Instead, Perkins carefully discusses the role of corporatocracy.


Foi precisamente o que sucedeu na Venezuela nos anos 1950-70
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 01.05.2019 às 16:41

Você é um excelente poliglota - e isso dá-lhe alguma autoridade moral para defender este regime só porque os USA cometeram crimes além fronteiras ao longo da sua História? Você parece o Joãozinho, que, reprimido pelo pai, se lamenta da injustiça, porque o Zezinho, tendo feito algo parecido, não mereceu igual repreensão. É tão infantil que mete dó. Mas é o que é: o BE é um partido de crianças - a maioria já com com barba branca e rugas, mas insofismavelmente crianças. Os USA não são anjinhos mas também não cometeram estas atrocidades contra o seu próprio povo. Nos USA ou no reino unido não há revoluções nem contrarrevolucoes. Porque será?Analise a dignidade ou a a falta dela pelo seu valor intrínseco e não pelo relativismo moral de quem acha que há sempre alguém pior a quem apontar o dedo: a propósito, já viu o "Bananas" do Woody Allen?
Imagem de perfil

De Vorph Valknut a 01.05.2019 às 10:39

O caso da Venezuela devia ser ensinado nas escolas como paradigma das consequências da ditadura comunista face ao mundo livre….É sempre imposto pela força das armas

..peço desculpa, mas fiz uma pinguinha de chichi na cueca...leia mais camarada...não engula sem olhar para o prato
Sem imagem de perfil

De Maria Dulce Fernandes a 01.05.2019 às 11:09

Bendito ou bem dito ?
... oh pah, esqueço-me sempre daquilo da naftalina!
Sem imagem de perfil

De Maria Dulce Fernandes a 01.05.2019 às 10:36

Ontem fiquei pregada à tv. "É agora? É hoje?"
Afinal a realidade e a fantasia não estão assim tão distantes. Fiz-me a mesma pregunta na noite de Domingo, enquanto aguardava que alguém conseguisse furar a barreira dos mortos vivos, aqueles que seguem incondicionalmente um tirano que não conhecem e sem perguntar porquê, e obliterasse de vez o Night King, para que a vida continuasse sem sombra de morte.
A Venuezuela não é Winterfell, é pior.
Em Winterfell os vivos conseguiram exterminar o mal e sair da Longa Noite. Já os Venezuelanos não podem prever quando acabará o sofrimento ou se algum dia a liberdade e a justiça conseguirão furar a escuridão e abrir as portas à luz.

Imagem de perfil

De Pedro Correia a 01.05.2019 às 19:28

Na Venezuela está em curso um 25 de Abril. Curiosamente, nesta mesma caixa de comentários, não falta quem prefira o 28 de Maio.
Sem imagem de perfil

De Makiavel a 02.05.2019 às 09:58

Pare um bocado para pensar antes de escrever coisas.
Sem imagem de perfil

De jo a 01.05.2019 às 11:19

O problema parece ser que Guaidó tem mais apoios nas embaixadas estrangeiras do que entre o próprio povo.

O golpe parece ser um caso extremo de falta de "vaga de fundo". Parece que a oposição esperava uma grande mobilização popular que não aconteceu. Sem ter garantido o apoio do exército, se houvesse uma repressão sangrenta por parte do governo teriam apoio internacional, mas à custa de muitos mortos.

Os problemas da Venezuela estão no governo e na oposição ao mesmo tempo.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 01.05.2019 às 12:12

O problema da Venezuela é a ditadura. Ponto.
Sem imagem de perfil

De jo a 01.05.2019 às 12:55

Vejo que concorda comigo. Não se impõe uma democracia pelas armas a partir de fora.
Sem imagem de perfil

De O sátiro a 01.05.2019 às 16:12

Mas defender um assassino corrupto execrável com armas de fora já é possível ? ? ?

O que seria do Chávez MADURO sem os 15 mil mercenários cubanos. As atmas russos o dinheiro da China Turquia Iran. ...etc. ?

Pode se matar o POVO à FOME e esmagado por tanques com ajuda de outros assassinos. ..
Mas libertar é proibido ?
Como se fez a libertação da Alemanha NAZI ?
Foi o povo alemão que se revoltou ?

Curioso como tudo se inventa para esmagar o povo e defender assassinos
Sem imagem de perfil

De jo a 01.05.2019 às 19:33

Os últimos anos têm sido férteis em exemplos da democracia imposta:
O Iraque
O Afeganistão
A Síria
A Líbia

Sempre com resultados espetaculares.

O bloqueio ao que resta da economia venezuelana deve ser para alimentar devidamente o povo. Ele é que não gosta e junta-se às caravanas que partem das democracias centro americanas em direção ao Norte.
Imagem de perfil

De almaparva a 01.05.2019 às 21:24

"...Quando escuto que há que se fazer o que for preciso para que o governo Maduro acabe, lembro-me de quando diziam que o Iraque tinha armas de destruição em massa, e que não havia outra solução (os EUA lideraram uma invasão). Em algum momento a oposição venezuelana teve um candidato único para ir às eleições? Não se chegou esse ponto, e por isso não houve um acordo. É muito estranho que uma vez que todos queriam a saída eleitoral, a oposição, que obviamente para tentar ganhar tem que ir unida, não se tenha unido em torno de um candidato."

https://oglobo.globo.com/mundo/ex-premier-espanhol-condena-sancoes-venezuela-defende-dialogo-23073096

Como cada cacique sonha com dias gloriosos nos salões do mundo não se unem em torno de um candidato único para vencer Maduro.

Se Maduro é o problema e estão tão sentidos com as condições de vida da população não seria o mais razoável?

Ah pois, as eleições são falseadas. Menos quando elegeram a assembleia da qual Guaidó é presidente e que a oposição ganhou e por muitos votos.

Com Maduro fora da corrida todos imaginam ter a sua chance daí que o ideal era mesmo os EU fecharem-no numa cela mas, melhor ainda, enforcarem-no ou largarem-no só no meio de um bairro rico de Caracas.
Imagem de perfil

De almaparva a 02.05.2019 às 11:16

"...Quando escuto que há que se fazer o que for preciso para que o governo Maduro acabe, lembro-me de quando diziam que o Iraque tinha armas de destruição em massa, e que não havia outra solução (os EUA lideraram uma invasão). Em algum momento a oposição venezuelana teve um candidato único para ir às eleições? Não se chegou esse ponto, e por isso não houve um acordo. É muito estranho que uma vez que todos queriam a saída eleitoral, a oposição, que obviamente para tentar ganhar tem que ir unida, não se tenha unido em torno de um candidato."

https://oglobo.globo.com/mundo/ex-premier-espanhol-condena-sancoes-venezuela-defende-dialogo-23073096

Como cada cacique sonha com dias gloriosos nos salões do mundo não se unem em torno de um candidato único para vencer Maduro.

Se Maduro é o problema e estão tão sentidos com as condições de vida da população não seria o mais razoável?

Ah pois, as eleições são falseadas. Menos quando elegeram a assembleia da qual Guaidó é presidente e que a oposição ganhou e por muitos votos.

Com Maduro fora da corrida todos imaginam ter a sua chance daí que o ideal era mesmo os EU fecharem-no numa cela mas, melhor ainda, enforcarem-no ou largarem-no só no meio de um bairro rico de Caracas.
Sem imagem de perfil

De O sátiro a 01.05.2019 às 14:44

Wikipédia ?
Coitadinho do tresloucado
Sem imagem de perfil

De O sátiro a 01.05.2019 às 14:43

MADURO é um verme execrável.
Anda a MATAR o POVO à FOME há vários anos
Há fotos Imagens de cidadãos em carne e osso deitadoa nas ruas para alguém lhes dar de comer.

Era isso que mereciam oa defensores do maduro....PCP....BE...e os desgraçado s da net

Maduro família Chávez e os outros assassinos tem contas de milhões pagos por Rússia. China. Turquia Iran porque comoram o petróleo da Venezuela ao preço da chuva.

Há quem invoque o tribunal penal Internacional.
Sem qualquer credibilidade
nunca fez um processo ao Saddam por envenenar curdos
Nunca dez um processo aos CARNICEIROS do estado islâmico
Nunca fez um processo aos KIM da Coreia
Nunca fez um processo aos que APEDREJAM mulheres até à morte
Nunca fez um processo ao Chávez Maduro ou Fidel
Nunca fez um processo aos assassinos comunistas de Pequim pelo genocídio do POVO do Tibete. ...povo pacífico que não se faz explodir em Pequim e por isso é esquecido pelos media

Emitiu mandados de captura a cerca de uma dúzia de CARNICEIROS do Sudão pelo genocídio racista islâmico no DARFUR. ..pois foi há perto de vinte anos...mas esses criminosos incluindo o presidente Omar al Bashir. viajavam à vontade por África participavam TODOS os anos na conferência dos Estados islâmicos. .....mais de 50......sempre com total à vontade

A Venezuela é o exemplo perfeito do desprezo total cinico dos novos stalinistas e nazis do séc XXI..

o POVO procura comida no lixo....morre à FOME deitado nas ruas. ...mas CHINA Rússia Turquia IRAN Cuba PCP BE e outros vermes só querem o petróleo baratinho à venda para quem deposita milhões nas contas dos execráveis assassinos. .

Ver partidos media intelectuais defender estes nazis é muito estranho

DEVIAM SER INVESTIGADOS OS MOVIMENTOS FINANCEIROS DESSA ESCUMALHA
A começar por PCP e BE
Sem imagem de perfil

De João Silva a 01.05.2019 às 16:17

Assim não vai lá. Ponha mais maiúsculas.
Sem imagem de perfil

De Makiavel a 02.05.2019 às 16:29

Ehehhheh
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 01.05.2019 às 15:42

"... O mundo inteiro indignou-se. Todo? Não, todo não. Para Catarina Martins, coordenadora do BE,..." partido escolhido por meio milhão de portuguêses e cuja voz deve estar a dar muito que pensar a todos os portuguêses, ao povo e aos generais Venezuelanos.
Por fim, tarde ou cedo. a médio ou a longo prazo, serão estes (que nem morrem de amores pelas esquerdas, nem pelas direitas, mas apenas pelos lucros do petróleo) quem dirá a última palavra. Deviam todos ouvir as sábias afirmações da Catarina?.
Tarde ou cedo, Forças Armadas. E se ainda não saíram do quartéis é porque já perceberam que "Maduro foi-se".
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 01.05.2019 às 21:32

Tem razão. Lá nos quartéis da Venezuela estavam todos ansiosos pelas palavras da Catarina Martins. Já nem podiam, com tanta espera.
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 01.05.2019 às 16:59

Nos últimos oito anos, os venezuelanos perderam em média oito quilos

A muitos isso é capaz de ter feito bastante bem em termos de saúde. A mim, e ao Pedro Correia, certamente faria.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 01.05.2019 às 19:23

Se acha que a dieta venezuelana faz bem à saúde, tem bom remédio: há voos directos para Caracas.
Regressa de lá muito mais saudável.
Sem imagem de perfil

De Fernando Antolin a 01.05.2019 às 20:58

Você tem ao menos a noção da barbaridade deste comentário, Luis Lavoura ?

Se não tem, ou é inconsciência total ou abstenho-me de o qualificar, por um respeito que nem sei bem se você merece. Mas os venezuelanos merecem, sim.

Comentar post


Pág. 1/2



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D