Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Andam a gozar à nossa custa

por Sérgio de Almeida Correia, em 23.05.14

 

Ainda não fez uma semana que a troika se despediu dos régulos que tomam conta do "Protectorado" e já um ilustre autarca se prepara para cumprir uma promessa eleitoral. Inadiável, digo eu. Sim, porque quando se considera estruturante um investimento de € 100.000,00 (cem mil euros) para construir uma "pista pedonal para cumprimento de promessas em nome de Madre Rita", quem o promove deve ter direito a fotografia na primeira página. Para que  todos os portugueses a quem são pedidos esforços e sacrifícios possa ver a cara do "pagador de promessas" e agradecer convenientemente o investimento quando com ele se cruzarem na rua ou, quem sabe, numa procissão pré-eleitoral.

Para um tipo que foi secretário de Estado do Sr. Passos Coelho, num executivo onde também estava aquele senhor a quem chamavam "doutor", que ia fazer a reforma das autarquias, da RTP e de mais um montão de coisas, para poupar dinheiro aos contribuintes, acabar com as gorduras do Estado e reduzir a despesa pública, penso que seria importante incluir este cavalheiro nas medalhas para o Dez de Junho. Oxalá que o Presidente da República não se esqueça dele.

Autarcas destes, dos que cumprem promessas e anunciam investimentos estruturantes em honra das santinhas da terra a 72 horas de um acto eleitoral, já escasseiam. Com a generosa protecção do partido ainda menos.  

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Sem imagem de perfil

De sampy a 23.05.2014 às 15:09

Já vai sendo costume, de cada vez que o autor destila a sua indignação num post, ter de usar de extrema cautela na leitura da notícia que estará na origem de tal extravaso. De facto, a ingenuidade com que o autor se deixa convencer por um título ou uma frase bombástica é a prova mais evidente de que o jornalismo de sarjeta tem um futuro risonho à sua frente.

Afinal, o que vai ser construído? A própria notícia linkada lá acaba por dizê-lo: uma estrada a ligar a Casa-museu à igreja paroquial de Ribafeita, e ao lado um caminho tipo ecopista, o tal corredor pedonal que servirá, quer para o cumprimento de promessas, quer para outros efeitos, ao longo do ano.
E quando vai ser construída? A tempo de estar pronta no final de Julho, em que se realizará uma peregrinação internacional (e a inauguração da Casa Memorial).
E estava prevista a sua construção? Sim, constava do programa eleitoral do candidato à presidência da Junta de Freguesia que ganhou as eleições.

Claro que o autor do post podia ter-se dado ao trabalho de recolher mais informações e cruzá-las. Mas isso implicaria uma séria mudança de hábitos...
Imagem de perfil

De Sérgio de Almeida Correia a 23.05.2014 às 17:49

O autarca até pode chamar "auto-estrada" a um "caminho pedonal". E o leitor acreditar. Mas no português pré-acordo um "caminho pedonal" é isso mesmo. A não ser que para o leitor um aeroporto que receba um voo do estrangeiro por semana, na época alta, também mereça o estatuto de "aeroporto internacional" e justifique o investimento.
Ah, e quanto a promessas de candidatos a presidentes de junta, vai ver que se ler o programa com atenção ainda encontra lá a nota de que se tratou de uma recomendação do Além. Uma recomendação "estruturante".

P.S. Se houver "derrapagem" na obra e tiver notícia do valor não se esqueça de pedir ao presidente da junta para nos informar. Hoje em dia não nos podemos fiar nas notícias.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D