Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ambiente de trabalho II

por Teresa Ribeiro, em 22.10.18

postura_imagem_profissional_capa.jpg

 

Creio que tudo começou com a glorificação das chamadas soft skills. Em teoria, um profissional vale mais se, além de conhecimento técnico, revelar qualidades como empatia, iniciativa e dedicação, entre outras tantas características fofinhas. O pior é quando, cientes dessa sobrevalorização, emergem no mercado de trabalho pessoas cujo maior talento é o da capacidade de autopromoção. Conheço gente que faz voluntariado não porque tenha qualquer vocação para tal, mas porque pode fazer a diferença num currículo. Fazer MBAs e pós-graduações tornou-se, por este motivo, um desporto de alta competição, em que a suposta sede de conhecimento não passa de um engodo para potenciais empregadores.

A indústria do "parecer" está pujante, as fake skills em alta. É por isso que a pouco e pouco, em todos os sectores, encontramos os melhores performers em lugares de topo. Há pessoas destas, com funções executivas, que saltam de área em área de actividade, sem possuir os mais elementares conhecimentos relativos às matérias sobre as quais tomam decisões. Por mais hábeis e inteligentes que muitas sejam, é claro que nestas circunstâncias os erros tornam-se inevitáveis.

Há uma incompetência larvar que tem a ver com isto e está a minar todos os sectores e a destruir os mais vulneráveis. 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


23 comentários

Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 25.10.2018 às 10:26

Depende das pessoas, mas não acho que fazer voluntariado ou ter formação seja negativo nem comparável.

Mesmo que seja para pôr no CV, não vejo qq problema em fazer voluntariado? É preciso ter " vocação"? Na minha opinião não! São pessoas que abidcam do seu tempo livre a investir na sociedade e no seu CV. Não vejo mal nisso, sinceramente.
Quanto à formação, depende do que cada um aproveita, mas existem as notas finais que permitem graduar o empenho dos alunos.
As pessoas têm que se diferenciar umas das outras, mas porque é um "engodo". Pela nota final, a instituição e numa entrevista logo se vê o que vale.

Percebo e conheço casos em que a autopromoção não passa de fogo de artificio. Pessoas que têm um bom CV mas não sabem nada, vivem da imagem e se aproveitam do trabalho e ingenuidade dos outros e presumo que o texto se refira a uma pessoa dessas com quem a autora se deparou. Mas isso é das sortes - há de tudo.
Mas não podemos tomar o todo pela (má) parte.
Imagem de perfil

De Teresa Ribeiro a 26.10.2018 às 18:51

É dessas pessoas que tem CV e não sabem nada, a que alude, de que eu falo também. "Não podemos tomar o todo pela parte", diz. Claro. Haverá sempre gente séria e decente. Mas o que eu comento é o "l'air du temps" e esse está cada vez mais contaminado por gente que apenas se empenha em parecer.
O voluntariado em si, claro que nada tem de mal. Este post não critica o voluntariado, mas sim as pessoas que o praticam sem alma, apenas para constar no currículo. Pura hipocrisia disfarçada de generosidade. É disto que falo.
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 28.10.2018 às 20:16

Ainda assim e percebendo o teu ponto, prefiro uma "pura hipocrisia" do que nada.
Mas pior que isso é falsificar o CV e colocar algo que não se fez.

Comentar post


Pág. 2/2



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D