Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Alguém tinha que dizer-lho

por José António Abreu, em 08.07.15

A intervenção de Guy Verhofstadt no Parlamento Europeu esta manhã.


26 comentários

Sem imagem de perfil

De T a 08.07.2015 às 17:43

Na onda do "quem não disser agora que se cale para sempre?"
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 08.07.2015 às 18:01

Exatamente. As pessoas têm que ser consistentes nas suas críticas. Se Verhofstadt critica o atual PM grego por não fazer reformas, também deveria ter criticado o anteriores PMs gregos por não as fazerem, e também deveria criticar os PMs de outros países por também não fazerem reformas similares.
Não pode ser só criticar os tipos que são de famílias políticas afastadas enquanto que não se diz uma palavra sobre os tipos das famílias políticas amigas.
Imagem de perfil

De Manuel a 08.07.2015 às 19:38

Ele diz igual a : "tu estás caindo na mesma armadilha que o PASOK caiu".
Imagem de perfil

De José António Abreu a 08.07.2015 às 19:48

É verdade. Mas também é verdade que não menciona a Nova Democracia, que lhe está politicamente mais próxima... :)

Seja como for, é natural que um político estrangeiro se permita este tipo de discurso apenas perante circunstâncias absolutamente excepcionais. Com a tendência para as acusações de ingerência e para os clamores por soberania que por aí andam...
Imagem de perfil

De Manuel a 08.07.2015 às 20:08

Pois...ele teve foi tomates para igualar os dos gregos. Ele falou com razão e com coração e mostrou a Tripsas que ele tem de fazer uma escolha entre dois mundos. Todos sabemos que existem duas grandes correntes. Uma diz que as dívidas não são mais do que esquemas fraudulentos para os banqueiros escravizarem os povos. Outra diz que as regras são para ordenar no sentido de organizar as sociedades para que evoluam no sentido da Paz e da prosperidade.
Não é fácil tomar partido quando ambas as correntes passam o tempo a descobrir os podres uma da outra.
Imagem de perfil

De José António Abreu a 08.07.2015 às 18:20

Exacto. A que se segue um casamento infeliz.

Comentar post



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D