Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Alguém tinha que dizer isto

por Pedro Correia, em 15.11.18

«Cada vez mais os jornalistas estão a transformar-se numa classe odiada e odiosa, estão a funcionar no terreno como matilha, acossando as pessoas, os familiares dos suspeitos, e tornando-se absolutamente intoleráveis.»

David Borges, jornalista, falando há pouco no Jornal da Noite da SIC

Autoria e outros dados (tags, etc)


62 comentários

Imagem de perfil

De Tudo Mesmo a 15.11.2018 às 20:56

Há jornalistas e Jornalistas.

A verdade é que já me tenho interrogado a mim própria como certas pessoas chegam à carreira: para ler um teleponto (quando são jornalistas) qualquer um/a o faz.

Agora Jornalistas é outra "massa" que leva tempo a "Crescer"!
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 15.11.2018 às 23:10

Há jornalistas e jornalistas.
Como há advogados e advogados.
E engenheiros e engenheiros.
E médicos e médicos.
Etc.
Imagem de perfil

De Tudo Mesmo a 15.11.2018 às 23:23

Permita-me: "Há jornalistas e Jornalistas." Letra minúscula e maiúscula. E é aí que faz a diferença, para mim.
Há excelentes Jornalistas, cujos artigos me deliciam. Têm o dom da palavra escrita.
Nas profissões que descreveu são pessoas que, supostamente levam anos a estudar e, por exemplo, no caso dos Médicos têm que estar constantemente em formação para estar actualizados, caso contrário, acontece o que não queremos.
Obrigada.
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 16.11.2018 às 12:00

os Médicos têm que estar constantemente em formação para estar actualizados

No futuro boa parte dos médicos serão robôs. É muito mais fácil atualizar esses.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 16.11.2018 às 20:52

É como na lavoura. Qualquer dia só veremos robôs de enxada.
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 16.11.2018 às 11:59

ler um teleponto qualquer um/a o faz

No futuro próximo será, aliás, feito por robôs.
Imagem de perfil

De Tudo Mesmo a 16.11.2018 às 20:41

Hoje foi o tema ao almoço: robôs e Web Summit.
Versão resumida minha: nada supera a inteligência humana. Não "voto" em robôs.
Imagem de perfil

De Fernando Sousa a 15.11.2018 às 20:57

É verdade, envergonha-me admiti-lo. Esperemos que não se transformem mesmo. Há tantos novos jornalistas bons, excepcionais até! Podia nomeá-los aqui mesmo mas não ficaria bem.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 15.11.2018 às 22:29

Quem são os jornalistas bons? Será você!
Imagem de perfil

De Fernando Sousa a 15.11.2018 às 22:52

Não seja injusto. Há muito bons jornalistas a trabalhar. Ouça ou leia o melhor que ainda se faz ouvir e ver, e circula, e terá de reconhecer que generalizou, e isso é um erro.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 15.11.2018 às 23:10

E há os bons e maus anónimos.
Alguns dos maus são péssimos.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 15.11.2018 às 22:57

Eu gostaria de falar com os jornalistas bons, podia indicar alguns?
- Eles cumprem o Código Deontológico?
- Eles não publicam "lixo"?
- Eles não censuram?
- Eles não divertem o povo?
Imagem de perfil

De Fernando Sousa a 15.11.2018 às 23:07

Já percebi que não vou mudar a ideia que tem dos jornalistas. Poupemos portanto o nosso tempo.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 15.11.2018 às 23:11

Este comentador prepara-se para ultimar o Código Deontológico dos Anónimos.
Regra número um: nunca assinarás.
Imagem de perfil

De Fernando Sousa a 15.11.2018 às 23:23

Precisamente. É dos bons que nunca dão a cara.
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 16.11.2018 às 12:03

Uma pessoa não assinar ou assinar "Fernando Sousa" ou "Pedro Correia" faz pouca diferença.
Quando estive na Alemanha tive uma professora chamada Marita Mueller, que teve o cuidado de esclarecer imediatamente a classe que deveria haver na Alemanha milhares de mulheres com esse exato nome.
Imagem de perfil

De Fernando Sousa a 16.11.2018 às 12:38

Eu sei lá se Luís Lavoura é nome do próprio ou pseudónimo de alguém devotado à abertura de sulcos e ao plantio de batatas! De todo modo é um nome e não um passa-montanhas a remeter para a clandestinidade. E tem todo o direito a ele. Em lugar de Luís Lavoura até se podia chamar Alberto Caeiro, Ricardo Reis ou até Luís Mueller em homenagem à sua professora que eu não levava a mal.
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 16.11.2018 às 14:59

é um nome e não um passa-montanhas a remeter para a clandestinidade

Mas um nome pode ser um passa-montanhas a remeter para a clandestinidade! Pode ser um nome falso, como "Alberto Caeiro" ou "José Régio" ou "Lady Gaga", ou então pode ser um nome tão vulgar que ninguém possa ter a certeza de a quem se refere. Por exemplo, "Fernando Sousa" ou "Pedro Correia"...
Imagem de perfil

De Fernando Sousa a 16.11.2018 às 15:16

A volta que você deu para chegar ao óbvio: qualquer nome pode remeter para a clandestinidade, excepto o nome que nem nome é e faz do mandar a pedra e esconder a mão uma filosofia de vida. Vá, não percamos mais tempo.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 15.11.2018 às 23:18

Eu acredito em factos concretos e mudo quando tiver de mudar. Indique nomes de jornalistas bons ou alguma pista?

O argumento que usou não é correcto, é fugir à pergunta.
Imagem de perfil

De Fernando Sousa a 15.11.2018 às 23:19

Tem toda a razão: não lhe vou responder. Pensei que já tivesse percebido isso.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 15.11.2018 às 23:26

Eu gostava de indicar o nome de um anónimo bom. Mas não tenho nenhuma pista.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 15.11.2018 às 23:33

"Eu gostava de indicar o nome de um anónimo bom. Mas não tenho nenhuma pista."
Então eu, Pedro?
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 15.11.2018 às 23:38

Hum. No seu caso admito abrir uma excepção.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 16.11.2018 às 09:19

O problema é quando a exceção confirma a regra.

Então está preocupado com um simples anónimo!
Eu esperava que estivesse preocupado com o que é importante. Quer que eu diga que o meu nome é João e fica contente. Ou será Manuel. Ou talvez Rui.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 16.11.2018 às 11:09

Já percebi que não sabe muito bem como se chama. Tem dias, não é?
A partir daí, qualquer coisa que escreva vale zero.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 16.11.2018 às 11:29

Uma coisa não tem nada a ver com a outra, mas eu sei que alguns vêm o que lhes interessa ver!

Seria o mesmo que dizer que uma vez que os media praticam a censura às escondidas, não podemos acreditar em nada do que publicam, qualquer coisa que escrevam vale zero.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 16.11.2018 às 20:54

Não percebi nada. Aprenda a escrever simples.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 16.11.2018 às 12:16

Ver aqui alguns comentários interessantes!
https://24.sapo.pt/opiniao/artigos/jornalista-uma-profissao-de-risco
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 16.11.2018 às 20:56

Profissão de risco. Em certos casos, de alto risco.
Imagem de perfil

De Vorphastro a 15.11.2018 às 21:04

Esse David Borges, das poucas vezes que o ouvi, parece ter ligação directa para cima...um aristocrata do esférico...o Manuel Alegra da Bola
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 15.11.2018 às 23:12

Considero isso um merecido elogio.
Imagem de perfil

De jpt a 16.11.2018 às 17:13

O David Borges tem uma boa voz Quando eu vivia em Moçambique às vezes ouvia-o falar sobre temáticas africanas. As pessoas (principalmente as que "saem" de casa em registo anónimo) nem perceberão o quão refrescante é ouvir um jornalista com tino e algum saber, comparativamente ao vácuo generalista habitual.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 16.11.2018 às 20:58

Dizem-me que é benfiquista. Tanto me faz. Gosto sempre de o ouvir falar, sem qualquer espécie de clubite. Tem autoridade natural e exerce-a sem complexos. Em perfeito contraste com uns pigmeus que por aí pululam.
Imagem de perfil

De Vorphastro a 15.11.2018 às 21:06

….espere aí...falava do Sócrates, do Ricardo Espirito Santo...ou do Brunno d´Carvalho? O futebol move mais paixões, que a politica..é pena
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 15.11.2018 às 23:13

Falava de tudo. E com razão.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 15.11.2018 às 21:45

Eu ouvi-o a dizer isto. Mas já tenho criticado os media aqui e em geral não concordam comigo, parece que acordaram agora!

Não contem comigo para tapar o sol com uma peneira. Há muito jornalixo porque o povo gosta disso. Os media publicam o que vende, portanto os grandes culpados não é quem produz, mas quem consome.

Já pararam para pensar que parece que os jornaleiros só tem direitos, nada de deveres. Eles até têm o direito de nos enganarem!

Depois parece que há muita falta de regulação, uma espécie de terra sem lei onde vale tudo!
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 15.11.2018 às 21:57

Enquanto não houver uma Ordem dos Jornalistas, continuará a valer de tudo.
Se há pessoa que tem criticado a forma como se exerce o jornalismo entre nós, sou eu. O arquivo deste blogue é prova disto. Com nomes, dados, números.

As críticas só fazem sentido quando mencionam situações concretas e autores concretos. E também quando não são anónimas.
Imagem de perfil

De Sarin a 15.11.2018 às 22:09

E ainda quando não se dirigem aos que abordam temáticas para o anónimo supérfluas, acusando-os de perderem tempo precioso que deveriam dedicar a outros debates.

Claro que esta faceta poderá ser pertença de um outro anónimo, mas, sei lá, são tão parecidos que se torna difícil perceber qual é o filho de quem.
Imagem de perfil

De Sarin a 15.11.2018 às 22:13

Mas gostei da atitude "eu é que sou o presidente da junta"

Atitude que confirmo, e que afianço não ser nem exclusiva nem nova. E por isso achar o título algo desadequado, perdendo em rigor o que ganhou em força.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 15.11.2018 às 22:37

Mas eu pergunto-lhe se alguma vez viu a lista de acontecimentos com interesse público que os media censuram? Não nunca viu! Nunca viu porque eles não as publicam, fazem tudo isso às escondidas.

Mas não fala nisso. Há alguns que acreditam que o mundo é perfeito, tudo gente fixe!

Depois com a verdade me enganas!
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 15.11.2018 às 22:42

Faltou dizer que está a ver mal o caso, o problema não é não haver ordem dos Ordem dos Jornalistas porque há outras entidades que fiscalizam (ou deviam fiscalizar) o que os media fazem. O problema é mesmo falta de regulação na lei.

Depois você confiava numa eventual Ordem dos Jornalistas?
Se confiava ainda tem umas coisas a aprender!
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 15.11.2018 às 23:08

Quando entro em casa de alguém, apresento-me.
Você acaba de entrar em minha casa - isto é, no meu blogue - deixando a identificação do lado de fora. Ou seja: não cumpriu uma elementar regra de civilidade.
É extraordinário que tenha a pretensão de debater comigo deontologia profissional dos jornalistas sem cuidar de algo tão básico como isto.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 15.11.2018 às 22:51

Vai ser bonito, vai....

Segundo informação fidedigna o ministério da Justiça, irá abrir concurso publico para a transmissão directa e em exclusivo do julgamento: "A toupeira /Benfica ...incluindo os 798 comentaristas encartados....

Serviu de ideia o bom trabalho televisivo do caso : Terrorismo Alcacheoteiro...

Amendes
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 15.11.2018 às 23:17

Há discriminação de género quando se apelida de "toupeira" aqueles horrorosos bichinhos.
Porque não chamar-lhes toupeiros?
Imagem de perfil

De Albano Leão a 16.11.2018 às 00:27

Na minha opinião o jornalismo está a ficar podre.
Já é o vale tudo.
Mas há quem faça bom jornalismo, mas no geral está cada vez mais a se tornar podre.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 16.11.2018 às 09:19

O jornalismo deixou-se contaminar pelas chamadas "redes sociais" e tenta fazer-lhes concorrência.
Publica primeiro e verifica depois.

Vai perder esta guerra.
Imagem de perfil

De Albano Leão a 16.11.2018 às 10:52

Exactamente.
Sem imagem de perfil

De WW a 16.11.2018 às 08:22

Tarde piou...
No tempo dos donos da bola é que era bom quando o representante do patrão se gabava de poder vender presidentes como quem vendia sabonetes.
Acho que o melhor a fazer é mesmo privatizar a RTP por um euro.

WW
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 16.11.2018 às 09:17

Isso é um facto. As televisões vendem presidentes (e primeiros-ministros) como sabonetes.
A TVI vendeu Marcelo, a SIC vendeu Santana, Sócrates e Costa,
Imagem de perfil

De jpt a 16.11.2018 às 17:14

"anunciados na tv"
Perfil Facebook

De Rão Arques a 16.11.2018 às 08:48

Tenho que dizer isto:
Não ajuda nada a credibilizar o panorama ver jornalista da bola a debitar sobre justiça, tanto como politicos de capa a chutar para a bancada.
Se é para alimentar ignorâncias e distrair atenções estão aprovados.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 16.11.2018 às 09:16

O que nada "credibiliza o panorama" é ver deputados de vários partidos perorarem horas a fio sobre bola na pantalha.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 16.11.2018 às 11:22

Temos de ficar preocupados com o que se sabe, mas principalmente com o que NÃO se sabe.

Alimentar ignorâncias e distrair atenções serve para ajudar as esconder o que não se sabe.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 16.11.2018 às 08:58

O David Borges nem os tempos verbais correctos sabe aplicar.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 16.11.2018 às 09:15

Um génio comparado contigo, que nem o teu nome sabes escrever.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 16.11.2018 às 12:18

Génio não, minimamente educado sim.
Mesmo para com pessoas que não conheço.

(cuidado, há quem queira banir as touradas)
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 16.11.2018 às 15:51

"que nem o teu nome sabes escrever." Muito bem Pedro, porrada nos anónimos. Havemos de acabar com eles, eu colaboro.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 16.11.2018 às 21:00

Porrada, não. Novas Oportunidades. E Registo Civil.

Comentar post



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D