Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




"É urgente retomar a liberdade de podermos voltar a festejar o carnaval".

 


8 comentários

Sem imagem de perfil

De joão a 17.02.2015 às 23:30

É urgente e imperativo. O que se passa com o carnaval é o mais negro fascismo. Querer preservar os cidadãos desse direito fundamental é uma clara violação dos direitos elementares do cidadão. Recordo aqui que já os Beastie Boys cantavam que é preciso lutar pelo direito à festa. Já para não falar da grande Cindy Lauper quando dizia que as moças só se querem divertir. E hoje a repressão impede-nos de gozar de tais direitos.
Sem imagem de perfil

De am a 18.02.2015 às 07:21

É verdade , amigo João

É uma tristeza ver os festivais de música às moscas!...

Até o Rock in Rio / Lisbon!!!
Sem imagem de perfil

De rmg a 17.02.2015 às 23:37



Se se perdem as eleições seguintes tirando o Carnaval é natural que se ganhem as eleições seguintes dando o Carnaval, tenha lá paciência...
Sem imagem de perfil

De João Nuno a 17.02.2015 às 23:59

O carnaval festeja-se, o governo é que não quer nada com o Carnaval. Querem que se trabalhe porque, segundo eles, os portugueses trabalham pouco e como tal, foi tudo para o trabalho. Trabalhou-se e bem, a ver os corsos carnavalescos!...
Sem imagem de perfil

De Isto Agora Vai a 18.02.2015 às 08:14

Temendo enfrentar um chumbo do seu pacote de reformas de liberalização económica, o Governo francês resolveu retirá-lo de votação e aprová-lo por decreto. Oposição de centro direita avança com moção de censura, cuja votação está agendada para a próxima quinta-feira.


A imprensa francesa chama-lhe uma aprovação "à força". Temendo enfrentar um chumbo da maioria dos deputados no Parlamento, o Governo francês resolveu retirar o polémico pacote de reformas da agenda, e aprová-lo por decreto. O anúncio foi feito esta tarde pelo primeiro-ministro Manuel Valls, durante a sessão na Assembleia Nacional onde era suposto submeter as medidas à votação dos deputados.

O projecto de lei Macron, como foi baptizado, numa alusão ao nome do ministro da economia que o propôs, será aprovado de forma "administrativa", com recurso a um expediente constitucional que permite ao governo fazer passar uma proposta de lei sem a sujeitar a votação, isto desde que no espaço de 48 horas não seja aprovada uma moção de censura.

(Jornal Negócios)
Sem imagem de perfil

De A vida costa... a 18.02.2015 às 09:54

A política do Costa faz-se dessas com licença m3rdas.

Aqui em Lisboa, a CML lembrou-se, 50 anos depois da morte de Humberto Delgado, de dar o seu nome ao aeroporto da Portela. O que, tanto tempo passado, pareceria um bocado estranho não fosse o caso de se tratar de um mero instrumento de oposição à privatização da TAP.
Sem imagem de perfil

De Marquês Barão a 18.02.2015 às 11:09

Para carregar ou aliviar? É a mão do Costa á socapa no cartaz do 44 da senhora?
Sem imagem de perfil

De Desdentado a 18.02.2015 às 19:33

E foi mascarrado de Gandhi do Intendente, eheh...

Comentar post



O nosso livro



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D