Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Abaixo de tudo

por jpt, em 30.06.18

marX.jpg

 

Uma fotografia destas dá pano para mangas? um texto a la semiologia, sobre a reapropriação simbólica? uma invectiva comparativa (Paulo Portas de punho erguido a debitar o FMI do Zé Mário Branco)? uma crónica de café sobre o como os portugueses "inscrevem", qual José Gil? Um peludo e carnal palavrão, como se em blog individual? Ou um postal de facebook, como o bloguista jpt: 

"Quem nos deu a esponja para apagar o horizonte? (...) Não sentimos o cheiro da putrefacção divina? (...) Com que água nos poderíamos lavar?" (...) Que ritos expiatórios, que jogos sagrados teremos de inventar?", retirei de um livro de auto-ajuda, julgo que de Pedro Chagas Freitas (tenho a minha nota de leitura referência incompleta, não posso agora afiançar). Sim, sei que milhares pulam ali. E trauteiam. Ainda assim? Não, é mesmo por isso mesmo. Esta merda (sim, os Xutos. E o resto ...) está mesmo morta. Está é mesmo mal enterrada.

Mas não, uma foto destas não é pano para mangas. É um rolo de papel higiénico. Imundo, usado.

 

Adenda: os meus CDs dos Xutos acabam de ir pela conduta do lixo abaixo. Aqui no Delito de Opinião deixei um textito em homenagem ao Zé Pedro, no 1 de Dezembro de 2017, aquando da sua morte. Apaguei-o agora.

Autoria e outros dados (tags, etc)


74 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 30.06.2018 às 13:33

Que vergonha!
Imagem de perfil

De jpt a 30.06.2018 às 14:05

urghh!
Sem imagem de perfil

De O Gajo a 30.06.2018 às 13:37

É ridículo naquilo que os Xutos se transformaram. Venderam-se ao estilo de vida que criticaram nos seus saudosos e genéticos dias. Havia por lá sinceridade. Havia gente que lhes ouvia os hinos como expiação de dias dissolventes.Havia gente que os ouvia como desculpa de uma vida sempre a perder. Hoje os Xutos estão vencidos. Reduzidos a uma ironia do que um dia foram. Quanto aos políticos, são como as marcas mainstream que instrumentalizam símbolos de reclamação populares e os transformam em reclames eleitorais
Imagem de perfil

De jpt a 30.06.2018 às 14:02

Pois. Eu só mudaria que eles, os ex-xutos, estão "reduzidos a um sarcasmo do que um dia foram".
Imagem de perfil

De Sarin a 30.06.2018 às 17:22

E não é isso que acaba por acontecer a todos? com a fama acomodam-se nas varandas que antes eram andaimes de desconstrução... Gajo, não há como o tempo para provar que Darwin não tinha razão: o mais bem adaptado não sobrevive, vive; quem sobrevive são os outros, os teimosos com coluna e carapaça.

Quanto aos homens do leme... porra, 'tá bem que um Rock in Rio não é um Vilar de Mouros, um Super Bock Super Rock nem um EntreMuralhas, mas esperava-se o quê de rockeiros de fato e gravata?? (Venha de lá o ataque ao preconceito...)
Sem imagem de perfil

De O Gajo a 30.06.2018 às 19:06

Darwin tinha razão. Os valores das indignações dependem do degrau da escada onde se está.
As filosofias pessoais, mais os seus manifestos, são subterfúgios para que a culpa caia no outro e não na nossa própria cabeça. A dor mais insuportável é termos a consciência que a culpa do pouco que somos advém da nossa própria fraqueza. E para continuarmos vivos é absoluta a necessidade de acreditarmos na nossa própria ficção apologética . Assim podemos continuar vivos, bem adaptados, à nossa própria condição. "Os outros é que são o diabo, que não viram em mim a genialidade "

E não faltam exemplos contrários aos Xutos. Por exemplo os Pearl Jam, os Faith no More, Alice in Chains, Nirvana, Guns Roses, Ac/Dc , Burzum, Kvist, Marduk, Dead Can Dance, Heroes fel Silencio, Dark Funeral....pessoal que nunca se vendeu.
Imagem de perfil

De jpt a 01.07.2018 às 20:32

Gajo, eu estou no vão da escada. Não faço ficção sobre os outros, envelheci. Mas ainda me irrito.
Sem imagem de perfil

De O Gajo a 01.07.2018 às 20:45

Jpt respondia à Sarin!
Imagem de perfil

De jpt a 01.07.2018 às 21:05

Sim, mas aproveitei para deixar bem claro que estou no escuro (fundiu-se a lâmpada aqui nas escadas, e o malandro do senhorio é daqueles que nos querem por fora para meter franceses)
Sem imagem de perfil

De O Gajo a 01.07.2018 às 22:34

Procure uma saída de emergência, jpt!
Imagem de perfil

De jpt a 02.07.2018 às 00:09

Pois, tento, mas sou muito dado à nictalopia (fui ao google, que já nem sabia o nome da maleita)
Imagem de perfil

De Sarin a 01.07.2018 às 22:35



Estar às escuras não significa perder a visão.

E agora podia falar de chakras e Ajna, mas isso poderia asneirar; já basta o que bem basta...
Imagem de perfil

De jpt a 02.07.2018 às 00:10

Eu, quando ouço falar de chacras e reikis puxo da pistola ... (eu sei, não devemos glosar o Horror, mas ai que apetece, nestas coisas, apetece)
Imagem de perfil

De Sarin a 02.07.2018 às 00:18

Eu nem sei bem o que são - uma vez perguntei a um iogui (parece-ne sempre iogurte!) se (ele) tinha os xâmanes desalinhados... eu sei, fui bera mas o fulano era uma seca.
Imagem de perfil

De Sarin a 01.07.2018 às 21:44

Caríssimo senhor Gajo, os exemplos que deu são aquilo a que Mendel chamava mutantes: a excepção que confirma a regra.
Que sobrevivem à memória mas antes sucumbem à sua própria intensidade que não à fama... não vivem todo o seu tempo.
As teorias darwinistas aplicam-se na Natureza - não às suas Forças...

As escadas têm o problema de nem todas serem para o céu: o degrau mais baixo pode ser o que mais nos conduz às entranhas. Da Terra ou de cada um de nós.
A dor mais insuportável é perceber que se perde gravidade por falta de matéria. Talvez por isso estes lastros da fama...
Sem imagem de perfil

De lucklucky a 02.07.2018 às 13:41

Quando se usa a palavra Indignação e quando se usa a palavra Raiva...?

O que é isso de "se vender"?
Dizer coisas que os jornalistas e o suposto "publico" gostam de ouvir por exemplo?

Os "rebeldes" têm de seguir um script muito cuidado...
Imagem de perfil

De jpt a 01.07.2018 às 20:52

Gajo, os xutos não são uma ironia do que foram. São um sarcasmo ...
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 30.06.2018 às 15:37

Não me parece que Marcelo precise disto para conquistar votos.
Nem me parece que seja essa a sua intenção.
Mas também me parece que às vezes exagera.
Seja como for, prefiro de longe esse exagero à sacralização hipócrita do poder político.
Essa, sim, manipuladora do povo.
João de Brito
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 30.06.2018 às 17:15

Há..(a meu ver) exagero na actuação e muito exagero nos comentários.
mas..sejam felizes caramba e deixem os "homens" descontrair!
Devem critica-los pelos grandes pecados...deixem os pecadinhos!
Imagem de perfil

De jpt a 01.07.2018 às 20:33

Não se trata nem de sacralizar o poder nem mesmo do poder. Trata-se dos músicos.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 30.06.2018 às 16:27

Entre faltar ao enterro de Saramago e este filme, venha o diabo e escolha...
Imagem de perfil

De jpt a 01.07.2018 às 20:53

O Diabo veio, estava ali no palco.
Sem imagem de perfil

De Cristina M. a 30.06.2018 às 16:53

que me desculpem... não estou a destrinçar o papel da banda na figurinha que aqueles senhores e aquela senhora estão a fazer...
Imagem de perfil

De jpt a 01.07.2018 às 20:54

A pergunta é ao contrário, que papelzinho é que a banda faz naquele trio
Sem imagem de perfil

De Cristina M. a 01.07.2018 às 21:01

questão de ângulos e perspetivas.
ficam, pois, duas perguntas.
Imagem de perfil

De jpt a 01.07.2018 às 21:06

E responda quem puder ...
Imagem de perfil

De Sarin a 30.06.2018 às 17:31

Injusto, deitar os CD fora.
A música perdura, o seu contexto é história, a sua vivência memória.

Injusto, apagar o texto sobre o Zé Pedro.
O Zé Pedro não esteve em palco ontem.
E os textos publicados deixam de pertencer apenas a quem os publicou...

Injusto, culpar Marcelo ou Ferro Rodrigues ou Medina.
Os Xutos já estavam acomodados antes de ontem.

Injusto, culpar os Xutos.
Aquelas três almas não precisam de convite...
Imagem de perfil

De jpt a 01.07.2018 às 20:56

Tanta injustiça? Cada um como cada qual, vive e deixa viver. Os avôzinhos quiseram ser "tios"? Ok, é com eles. Conduta abaixo? É atirar por cima do ombro. Mas em tempos de civismo e de preocupações ecológicas o lixo não se deixa desabrigado.
Imagem de perfil

De Sarin a 01.07.2018 às 21:23

Tanta, não sei, mas qb para disparar os alarmes.

Não gosto de ver rasgar a história; arrumá-la num canto, cheio de coros bem, como fizeram os Xutos, é uma forma de estragar o presente e o futuro - mas o passado fica na memória, e os Xutos são um bom naco de passado, presumo. Ou a raiva seria menor.

E ufa, a conduta era metafórica!

Por mim, já há algum tempo que aos Xutos via a carga metida em contentores.

Vive e deixa viver? Acho que os tempos estão mais para live and let die.
Imagem de perfil

De jpt a 02.07.2018 às 00:12

Resmungão sim, mas também nem tanto ...
Imagem de perfil

De Sarin a 02.07.2018 às 00:15

Se assim o diz, confio
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 30.06.2018 às 17:52

Gaguejando que melhor não sei.
Um presidente deveria sê-lo de todos os grupos musicais e de todos os falecidos integrantes. Guitarristas,bateristas,pianistas,violoncelistas.Tal como de todos os públicos adeptos dos Xutos,dos GNR,do Quim Barreiros,do Carreira,do Dino Meira,da Amália,do Paredes,do Telectu,do Araripa,do Opus Ensemble,dos Gulbenkian.
Poderá alguma vez lembrá-los todos em cantantes e dançantes cerimónias públicas? Não pode. E pode substituir Zé Pedro por Celso de Carvalho ? Não pode.
O mesmo se diria do 1º ministro de todos os músicos e de todos os públicos.
Imagem de perfil

De jpt a 01.07.2018 às 21:01

O presidente não tem que "ir a todas". Este tem esse horizonte, mas é coisa dele. Agora um músico é que não tem que "aceitar todos". É essa a questão.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 02.07.2018 às 04:03

Em sumo, os dois não tinham nada que lá ir.
Imagem de perfil

De jpt a 02.07.2018 às 09:42

Nem isso, acho muito bem que as figuras do Estado vão a uma homenagem a um artista, ainda para mais póstuma. Penso é muito mal que os músicos façam disso uma pantomina populista. E quando falo em populismo falo dos músicos.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 03.07.2018 às 00:58

É as duas,penso de que,e não só eu.
O horizonte presidencial não é o da junta de freguesia.Não deve ser.
E o mesmo digo do "presidente do conselho".
Se os pontapés se fazem ao piso político mais uma razão para dar saída.
"eu sou o meu comité central" dizia o outro.
Parece que já há Acunpunctura em Odemira e Odeceixe,na Rua Rabo de Peixe.
Saúde.
Sem imagem de perfil

De Irra a 30.06.2018 às 18:56

Tanto fel, jpt!

Resolva lá isso, homem, que assim vai novo. Não pode ser, faz cá falta.

Beba umas cervejas, coma uns tremoços, sei lá!

Faça qualquer coisa, raio!

O de Carvalho até já marchou e continua nisso?
Imagem de perfil

De jpt a 01.07.2018 às 20:57

Novo já não vou, que já fui. O Bruno já foi. Algumas se ganham, por cá.
Sem imagem de perfil

De Irra a 11.07.2018 às 18:36

Só porque li algures que pega na pistola assim que lê "reikis" e assins, e por me apetecer (confesso) moer-lhe as ideias, deixe-me lá que lhe diga que sendo Caranguejo, com Plutão em Capricórnio (oposto a caranguejo) de 2008 a 2025, com especial destaque para 2013 (pum! um tiro), isso deve ir praí uma raia que não lembra ao diabo!

Para que saiba, gosto de lê-lo. Tenho a leve, ténue, desconfiança, que deve ter um temperamento de canil. Sim, canil. A grande m**** é que acho um piadão a um mau feitio encartado...!

Beba mais um copo, diga uns palavrões, coma umas gauffres, seja criativo. Desenrasque-se. Mas aguente-se nas canetas, seu escriba do demónio..!

Coisinhos de parabéns atrasados, seu rezingão! ;-)

Namastê, ou o c********o. ;-)
Sem imagem de perfil

De Irra a 12.07.2018 às 17:14

jpt, migo, estive aqui a trocar umas impressões (gosto de si, p****!) com malta que percebe à brava daquilo dos planetas e dos coisos (pum! outro tiro!) e cheguei a um nome. Luís Resina. Luís Resina é o The Man. O The Man que vai es***açar-lhe as cenas das convicções. Gajo culto, dizem-me, um alegre debitador de conhecimento, fala Línguas e isso. Chic a valer ao que consta.
Vá! Monte-se nas pernas, dê ao dedo e ala para uma AstroConsulta.
Paga-me a sugestão com textos ácidos sobre os de Carnide. Isso das borlas, já se acabou. Pensava o quê? ;-)
Sem imagem de perfil

De Costa a 30.06.2018 às 18:59

Cuidado ao pensar que se bateu no fundo. Ainda é só lodo.

Costa
Imagem de perfil

De jpt a 01.07.2018 às 20:58

Sim, há sempre pior do que o que está.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 30.06.2018 às 19:21

Jpt, se eu gosto de o ler.
Opiniões são o que são e respeito.
Uma homenagem é o que um homem quiser que seja, onde quiser que seja, quando quiser que seja, como quiser que seja, com quer quiser que seja.
Que sentimento democrático avassalador foi esse que o fez jogar os CDs no lixo ?
Pior, apagar uma elegia ao Zé Pedro, que infelizmente não esteve lá, no palco da sua fúria... foi triste de ler, o jpt é uma das pessoas mais esclarecidas que aqui escrevem, caramba.
Lamento.
Imagem de perfil

De jpt a 01.07.2018 às 21:00

Bem, o sentimento democrático foi o de deitar fora uma propriedade minha. Está nos fundamentos da teoria ... Obrigado por isso do "esclarecido", exagero por simpatia, acho.

Comentar post


Pág. 1/2



O nosso livro





Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2016
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2015
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2014
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2013
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2012
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2011
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2010
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2009
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D