Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A rábula

por jpt, em 25.10.19

livre.jpg

A rábula na Assembleia da República mostra mesmo o estado da criatura do eixo Barnabé/Jugular: está deslumbrada. Vai ser uma orgia demagoga. Ao princípio divertirá os beatos daquela sacristia. Depois até a esses cansará. Entretanto estes joanasamaraisdias distribuirão alguns financiamentos. E aparecerão na tv.


27 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 25.10.2019 às 19:28

"Cabaré da Coxa"......

A.Vieira
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 27.10.2019 às 11:31

Bem observado. "Cabaré da Coxa"......
Giríssimo e animado vai ser este ano parlamentar.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 25.10.2019 às 19:29

Order! Order! Order!

A.VIeira
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 25.10.2019 às 20:22

VIVÓ REGIME!!! ( Adjectivação por conta do freguês...).



JSP



Sem imagem de perfil

De Anónimo a 25.10.2019 às 20:31

realmente! e pensar que são estes "modernaços" que a comunicação social portuguesa promove...triste futuro o desta Nação !!! são os guias espirituais de Lisboa...é urgente mudar de Capital!!
Sem imagem de perfil

De Carlos Duarte a 25.10.2019 às 20:58

Quem é o sarcedote?
Sem imagem de perfil

De kika a 25.10.2019 às 21:15

Estas criaturas estão a fazer um jogo perigoso para eles.
A criatura branca sai assim da sombra ( digo eu porque ignoro quem seja ) ,
e a outra já não bastava o handicap da fala era necessário chocar os parolos .
Nem todos os portugueses passam os tempos livres a ver os miseráveis talk show's das Cristinas e dos Gouchas . Contrariando o Sr.Presidente da República,
não acredito que o nosso país esteja melhor. O que observo é um total desrespeito das mais elementares regras . A Assembleia da República não é ou não deveria ser , um plateau de uma qualquer televisão ou o palco de um teatro amador . Se querem teatro ,o que eu também não desprezo , alguém tem que os
informar que o Tuk Tuk tinha o GPS avariado .
A Joacine como é gaga arranjou forma de pôr os outros a falar .

Sem imagem de perfil

De kika a 25.10.2019 às 21:24

Sou gaga a escrever. Queiram desculpar.
Sem imagem de perfil

De zazie a 25.10.2019 às 22:42

O Circo Tavares & sus monstrinhos amestrados
Sem imagem de perfil

De Anonimus a 26.10.2019 às 00:03

"Assessor da deputada do Livre terá feito um statement de que chegaram realmente novos tempos à Assembleia da República"

Feito um quê? Ainda querem que respeitemos a "imprensa de referência".
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 26.10.2019 às 02:50

O Rafael Esteves Martins, doutorado pela Universidade de Oxford, disse 'visto-me sempre assim, em Londres ninguém repara'.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 26.10.2019 às 09:20

Sempre passou despercebido até agora.
Nada contra, nada a favor.
Já não posso dizer o mesmo das propostas económicas para o país: 900€ ordenado mínimo, 30 dias de férias, entre outras "faltas de senso".

CarlosC.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 26.10.2019 às 13:32


Mas, as propostas são de 30 dias de férias, dias úteis ou dias de calendário e os 900€ são pra já ou durante a legislatura?
Com certeza que as faltas de censo é saberem que só têm um deputado, não é assim?
Sem imagem de perfil

De Anonimus a 26.10.2019 às 15:32

A falta de censo é a causa da abstenção?
Sem imagem de perfil

De Nuno a 26.10.2019 às 23:04

Sim, porque 900€ em 4 anos, 50% de aumento, é razoável, claro.

E as pensões também sobem? E o IAS? E os escalões do IRS?
Sem imagem de perfil

De Nuno a 26.10.2019 às 23:10

Quanto é que o ordenado mínimo passa a pagar de IRS se não de mexer nos escalões e no IAS (do que depende a isenção)? Quanto é que o estado perde receita se se mexer nos escalões?

Quanto sobe o custo de vida (sobretudo serviços prestados) se se subir o ordenado mínimo 50%? Como pagam as pessoas que recebem pensões baixas e quem depende de apoios sociais se não se actualizarem as pensões e o IAS? Como pagamos todos a despesa extra de se subirem as pensões e os apoios sociais com menos receita?

Subir o ordenado mínimo 50% em 4 anos não uma coisa que se decide assim.

É razoável que suba acima da inflação? Espero que bem que sim. Será sinal de desenvolvimento. Não é razoável decidir que tem que subir 50% em 4 anos.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 26.10.2019 às 10:24

,,,em Londres ele entra no Parlamento???
Sem imagem de perfil

De V. a 26.10.2019 às 14:32

É provável — eles lá são todos meio rabetas

Comentar post


Pág. 1/2



O nosso livro



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D