Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A pergunta que ainda falta fazer

por Pedro Correia, em 23.01.19

transferir.jpg

 

A propósito dos distúrbios que têm ocorrido nos últimos dois dias em quatro concelhos - Lisboa, Setúbal, Loures e Odivelas - assisto a inúmeras peças jornalísticas que procuram associar a pobreza à delinquência, o que é uma injúria lançada a todos os pobres. Lamentavelmente, em muitas destas peças sobra em propaganda política rasca o que falta em jornalismo. No tal "bairro da Jamaica" pertencente ao município do Seixal, de onde virão alguns destes alegados desordeiros, vivem 600 pessoas em condições miseráveis, ocupando prédios que se encontram inacabados há quase meio século.

Não será esta a ocasião de questionar a Câmara Municipal do Seixal - que desde 1976 tem sido gerida ininterruptamente pela CDU - por que motivo não realoja estas pessoas, atribuindo-lhes habitação condigna? É uma pergunta simples. Mas que, no entanto, continua por fazer. 


58 comentários

Imagem de perfil

De Pedro Correia a 23.01.2019 às 18:44

Paleio típico de burguês abastado, residente no confortável perímetro alfacinha. Um "progressista" com imenso horror aos subúrbios da Margem Sul, onde há gente a dormir em prédios esventrados nos municípios de maioria CDU, que gostam de proclamar o "direito à habitação" quando desaguam nos comícios em Lisboa.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 24.01.2019 às 10:51

Alguém que não está de acordo da maneira como o nosso dinheiro é gasto é logo "enchido" de nomes bastante jeitosos e jocosos. Porque se tem de dar casa a quem construiu de forma ilegal? Porque se tem de dar casa a quem não se quer integrar na sociedade? Porque se tem de dar algo a alguém que trafica droga, rouba, agride, incendeia e provoca constantemente as autoridades e não respeita nada nem ninguém? Bem, se calhar, nem todos os moradores desses bairros serão assim, ou praticam actos desta natureza... Mas não será necessário escrutinar quem terá direito a ajuda social? Ou é só dar casas e afins e nem haver "estudo" de cada caso»?
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 24.01.2019 às 11:46

Concordo com Luís Lavoura, qual o dever de uma Câmara Municipal de alojar pessoas que vieram de fora e resolveram ocupar um prédio que se encontrava abandonado? A única obrigação da Câmara era a de já ter demolido esses edifícios há muitos anos e não a de arranjar casas a preço da chuva para pessoas que nem sequer trabalham, vivendo apenas de subsídios do Estado, subsídios esses que existem à custa dos impostos de quem trabalha e que nunca vandalizou bens alheios! E Pedro Correia, não ataque quem discorda do seu fanatismo acéfalo pois nem todos são ceguinhos!
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 24.01.2019 às 13:52

Tens interesses imobiliários no concelho do Seixal, anónimo?

Comentar post



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D