Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A pergunta que ainda falta fazer

por Pedro Correia, em 23.01.19

transferir.jpg

 

A propósito dos distúrbios que têm ocorrido nos últimos dois dias em quatro concelhos - Lisboa, Setúbal, Loures e Odivelas - assisto a inúmeras peças jornalísticas que procuram associar a pobreza à delinquência, o que é uma injúria lançada a todos os pobres. Lamentavelmente, em muitas destas peças sobra em propaganda política rasca o que falta em jornalismo. No tal "bairro da Jamaica" pertencente ao município do Seixal, de onde virão alguns destes alegados desordeiros, vivem 600 pessoas em condições miseráveis, ocupando prédios que se encontram inacabados há quase meio século.

Não será esta a ocasião de questionar a Câmara Municipal do Seixal - que desde 1976 tem sido gerida ininterruptamente pela CDU - por que motivo não realoja estas pessoas, atribuindo-lhes habitação condigna? É uma pergunta simples. Mas que, no entanto, continua por fazer. 

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Sem imagem de perfil

De Justiniano a 23.01.2019 às 13:21

Eu acrescentaria, eventualmente, mais 150 perguntas! A começar pela questão da natureza jurídica daquele "bairro"!! (espero que se não importe aquele passatempo nacional em França, incendiar automóveis. Fiquemo-nos pelos caixotes do lixo)
Há depois outras questões que se prendem com a imigração, assunto escaldante da actualidade, vantagens e desvantagens, em que a mera questão, por quem a colocar, fora do paradigma, progressista e esmaga nações, do direito subjectivo universal à migração, vence, no mínimo, amargo opróbrio!!

A indigência desembraiada do jornalismo não pára de me surpreender! Hoje, no editorial do Público, Manuel Carvalho numa óde à cobardia e sucumbência! Começa por enunciar, à laia de mestre escola, a ortodoxia da prudência e do bom juízo que nos insta a uma análise crítica, ressalvando, com as dúvidas que as imagens parciais lhe suscitam, ser mister apurar a natureza do sucedido. De seguida, impaciente, e sem mais, balda-se e conclui, porque sim "Só há uma forma de travar esses maniqueísmos e de proteger a necessária integridade da PSP: condenar sem reservas actos como o destes dias e exigir que tudo se esclareça."
Sim, queimar antes de ler, é um bom principio, Carvalho!!


Imagem de perfil

De Pedro Correia a 23.01.2019 às 14:31

Eu insisto na pergunta, dirigida aos autarcas da CDU: porque é que a Câmara do Seixal permite, tolera, autoriza e avaliza que centenas de pessoas neste concelho que sempre votou nesta força política vivam em condições infra-humanas?
Parece-me uma pergunta elementar. Lamentavelmente, ainda não a vi ser feita por ninguém. Será tabu fazer uma pergunta destas a responsáveis autárquicos comunistas?

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D