Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A pátria em chuteiras

por Pedro Correia, em 01.07.18

 

Onde estavas tu, Éder, quando tanto precisávamos novamente de ti?

 


6 comentários

Sem imagem de perfil

De Costa a 01.07.2018 às 15:33

E pronto, os rapazes espalharam-se. Acontece. Acontece a todos. No caso deles e deste espalhanço, não creio que as suas contas bancárias, casas de sonho, férias exóticas, barcos, aviões e colecções de automóveis de luxo (em grau maior ou menor, entre eles; e francamente acima do que podemos conceber, no caso de um deles), tenham saído minimamente beliscadas.

Deve ser bom poder falhar e ficar tudo, na pior hipótese, na mesma. Numa confortabilíssima mesma. Nós, os outros, quando falhamos - e nós, os outros, até podemos ser, e somos, patrioticamente nomeados voluntários para falhar, massivamente, em nome do interesse pátrio (entenda-se, o de outras vedetas também largamente intocáveis) - regra geral damos um fortíssimo tombo nas nossas vidas que, não raramente, acaba com o estado (o fisco, a segurança social; e também a banca e...) diligentemente a garantir que nem uma camisa possamos ter em nosso nome.

De modo que agora, com os rapazes de volta logo à noite, e depois da previsível turba invasora do aeroporto, rasgando as vestes em ululante desagravo pela injustiça do tamanho do mundo vilmente derramada sobre a "nossa" selecção, e sobre o único orgulho universalmente reconhecido de ser português, agora, depois disso e nestes tempos em que a austeridade - e de forma tão exuberantemente demonstrada - acabou, talvez seja boa altura para pegar no livrinho cuja capa de reproduz acima, à direita, abri-lo na página 225 e ler o texto que lá está (com a licença do autor, pela referência que faço e que presumo e agradeço).

É que, mutatis mutandis, está lá tudo. E mudou tão pouco...

Costa

Comentar post



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D