Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A óptica do utilizador

por Ana Cláudia Vicente, em 14.04.18

Bola e escola: estes devem ser os dois mundos profissionais sobre os quais mais gente teima em achar que alguma experiência de juventude chega para formar opinião especializada.

Autoria e outros dados (tags, etc)


8 comentários

Imagem de perfil

De Sarin a 14.04.2018 às 20:34

Em nome da ótica, diminuirem o volume seria serviço social.


Mas sim, todos sabemos algo sobre o assunto. Se pertinente, é outra questão.
Confesso que vejo muitos especialistas apostados em arredar do discurso escola os utilizadores, alheando-se da óptica destes - é de fibra, impor unilateralmente gigabytes de regras e objectivos sem atender à banda larga dos que os terão de cumprir.

Embora todos sejamos consumidor, pelo menos que o utilizador possa clicar likes e postar-se de sentinela a muito especialista de silicone.

Quanto à bola, é redonda e por isso intersecta muitos planos.
Imagem de perfil

De Ana Cláudia Vicente a 14.04.2018 às 22:22

Parece-me que viver uma experiência (com a bola ou na escola) implicará sem sombra de dúvida reter uma impressão. Essa impressão é respeitável e deve ser considerada, sobretudo se disser respeito a algo que todos os cidadãos pagam (o ensino público).
Sem prejuízo disto, penso que para saber realmente 'algo sobre o assunto' será preciso bastante mais do que a nossa memória de uma experiência mais ou menos singular. No caso da escola: compreensão e anos de trabalho no que funciona ou não funciona na transmissão do conhecimento; estudo e prática do que podem ser a relação didáctica e pedagógica contextuais; acumulação de informação sobre o que se pretende que seja uma organização escolar, etc,etc,etc. Isto poderá gerar uma tal "opinião especializada", acho.
Imagem de perfil

De Sarin a 14.04.2018 às 23:48

Concordo e subscrevo, Ana!

Apenas alertei para o hermetismo de alguns especialistas, o seu-deles autismo perante críticas de utilizadores-beneficiários-alvos que não especialistas (por vezes até especialistas, vejam-se as muitas reformas do ensino e as ondas de contestação), a sua-deles veleidade de únicos autorizados a pronunciarem-se sobre as matérias.

Porque quando dizem Escola eu penso pedagogia experimentação descoberta raciocínio ciência arte cidadania. E, acima de tudo, penso "urge alterar os programas e a abordagem; é preciso interdisciplinariedade, que se lixem os feudos" - tudo isto sem ser professora.
O que me garante um lugar não no pelotão da frente mas na frente do pelotão. De fuzilamento, claro; e ainda assim penso o mesmo.
Sem imagem de perfil

De Vlad, o Emborcador a 14.04.2018 às 21:01

Experiência da juventude, eis para mim um mistério
Imagem de perfil

De Ana Cláudia Vicente a 14.04.2018 às 22:25

Acumulamos alguma coisa mais intensamente nessa época da nossa vida do que, precisamente, experiência?
Sem imagem de perfil

De Vlad, o Emborcador a 14.04.2018 às 23:26

Não há outra experiência senão a deste instante. ...deste que já passou. ...e duma outra ...numa outra vez.
Sem imagem de perfil

De Vlad, o Emborcador a 14.04.2018 às 21:05

Ao olharmos a nossa juventude vê -mo-la sob filtro do olhar velho que somos e não como a vimos na realidade.
Imagem de perfil

De Sarin a 14.04.2018 às 23:58

Daí haver o verbo olhar e o verbo recordar.

Olhamos com olhos velhos, recordamos com filtro.

O tempo e o espaço podem ser repetíveis, Vlad, mas no multiverso, não aqui onde estamos. *

* aqui: universo, agora, estádio de conhecimento

Comentar post



O nosso livro





Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2016
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2015
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2014
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2013
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2012
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2011
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2010
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2009
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D