Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A luz ao fundo do túnel

por Pedro Correia, em 30.12.15

Portugueses gastaram mais 289 milhões de euros em compras de Natal

Autoria e outros dados (tags, etc)


8 comentários

Sem imagem de perfil

De Reaça a 30.12.2015 às 10:06


"Quem cá fica que o ganhe", e "o último a sair que feche a porta"

Um povo que não sabe usar tostões, como se vai governar com milhões?
Está tudo louco.

Agora esta dos milhões para os futebóis simultaneamente com os 530 € do salário mínimo, é de dar a loucura a qualquer povo, com presidentes futebolísticos e políticos tresloucados.

Já é muita sorte que os refugiados não querem vir viver connosco.
Sem imagem de perfil

De pSalaberth a 30.12.2015 às 10:36

Também me pareceu ver mais carros na estrada (e não só ao Domingo). Será indicador fiável? Seriam emigrantes a gozar férias?
Já não se fazem indicadores como dantes... É triste.
Sem imagem de perfil

De amendes a 30.12.2015 às 11:33

O verdadeiro milagre Centeno dos Milhões

Em meia dúzia de dias põe o país gastar mais 289 milhões!!!
Esperemos pelo Carnaval -- Pascoa, e as auguradas Férias...
Quanto somará tudo isto?



Madame Lagard responde.

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 30.12.2015 às 13:17

Eu nem votei neste governo, mas que culpa tem o Ministro, que os acéfalos dos portugueses andem a esbanjar dinheiro em compras??'? Se gastam é porque têm!
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 30.12.2015 às 15:44

Caro Anonimo

Não percebeu a ironia?

Se os portugueses, como diz, tinham (têm) dinheiro para gastar ele foi acumulado durante 4 anos de austeridade!

Boas Entradas
Sem imagem de perfil

De Alexandre Carvalho da Silveira a 30.12.2015 às 12:54

Devemos atribuir este resultado ao governo da frente de esquerda, estão há um mês no poder e é o que se vê. Não há dúvida que nos espera um futuro radioso...pelo menos na 1ª página do DN ou do Publico.
Sem imagem de perfil

De isa a 30.12.2015 às 13:42

Ainda esta semana, li que a poupança dos portugueses diminuiu, como se fosse algo inesperado, quando tudo é feito para atingir esse fim, até pela UE. Nada acontece por acaso porque quando se fomenta um globalismo financeiro, baseado em dívida e, com juros negativos, a pequena poupança parece estar condenada ao castigo, nos juros e, com Bancos que parecem cair "como tordos", seja aqui, na Itália, na Espanha...

Basta pensar que a nova lei da UE, a partir de Jan/2016, se um Banco falir, só ficarem salvaguardados depósitos abaixo dos 100.000 euros e, aqui, nunca nos devemos fiar muito naquilo que dizem porque, depois de termos assistido ao total confisco de depósitos no Chipre, às filas nos multibancos da Grécia, a única coisa que tenho a certeza é que, a UE não quer que os cidadãos tenham poupanças e aqui, acendem imediatamente, todas as minhas "luzinhas de alarme" porque, olhamos para outros países, sejam europeus ou até o Brasil com uma inflação a galope, uma economia em recessão, começo a pensar que isto da economia europeia estar a melhorar... talvez, com tantos incentivos negativos, seja apenas, o gasto das poupanças que os cidadãos não querem ver "voar".

Quando Draghi insiste que desce juros para aumentar a inflação, deve pensar que somos todos idiotas porque depois de, incentivarem o gasto das poupanças, entrarmos, novamente, em recessão ou vir uma hiperinflação, só faço a pergunta. Qual a finalidade? De certeza que não vai incentivar a economia do consumo, mais a mais que, essa, à partida, com os recursos finitos do Planeta, nem sequer é viável e depois, (da tanga) com "as suas preocupações climáticas", menos industrialização, perda de postos de trabalho, não só aqui mas, comprovadamente, com o desenvolvimento da tecnologia... onde estará "o gato" escondido?

Sabemos que têm de limpar o sistema financeiro de tanta dívida impagável (não a do cidadão comum) mas, de tanta "orgia" irresponsável, na compra e venda de ações e outros ativos tóxicos que não valem absolutamente nada, portanto, cidadãos na miséria ficam dependentes, ficando dependentes, até podem usar aquela técnica de distribuir uma quantia para subsistirem mas, aqui começam os meus neurónios a recordar o aviso de George Orwell e o seu livro 1984, olho para cidadãos dependentes... de quem?
De uma elite, maioritariamente de grandes famílias de Banqueiros, vejo os avanços tecnológicos, um plano que, para salvar o Mundo, (The UN Plans To Implement Universal Biometric Identification For All Of Humanity) até 2030 todos os seres humanos, neste Planeta, têm que ser identificados, numerados... cartão ou chip?

Depois de terem controlado os orçamentos dos Países, presos numa dívida que fomentaram, ter cidadãos dependentes e controlados por uma tecnologia que, muitos, ainda pensam ser ficção científica... francamente, quem não vê o caminho por onde vamos... vai descobrir que afinal, existe um Partido que consegue ser tudo ao mesmo tempo... Totalitário, controlador e omnipotente onde, a dependência, significa que, o que dão, também podem tirar em qualquer momento... e os meus neurónios só acendem o cartaz de escravidão... curiosamente, muito ao gosto dos Partidos de esquerda mas, com a particularidade dos redistribuidores acabarem por ser os donos do capital... e assim, vai ser fechado o círculo do poder onde, os extremos, acabam sempre por se tocar.

É claro que muitos gostarão deste novo sistema (receber sem trabalhar), terem uma espécie de paizinhos para toda a vida, pena que nunca venham a conhecer o verdadeiro significado da palavra Liberdade porque, se foi para isto que se deu o 25 de Abril, parece mais, uma "pescadinha de rabo na boca".
Quem estiver a ver este caminho e, não fale sobre este assunto, presumo que só esteja interessado nos ricos empregos subalternos desta futura calamidade para os seres humanos que, tão facilmente, são apanhados nas armadilhas do facilitismo, "deixarem outros, pensar por eles" e, na sua vida adulta, nunca queiram agarrar o seu destino nas suas próprias mãos...
À conta de amedrontar adultos infantilizados, até esta última fronteira de liberdade que é a net, está em vias de ser censurada, com leis que vão saindo na Europa, "grãos de areia" que um dia, irão formar "montanhas intransponíveis"...

Luz? Escuridão? ou... Ilusão?
Sem imagem de perfil

De lucklucky a 30.12.2015 às 14:25

Dá 28.9 euros por Português incluíndo crianças.

Comentar post



O nosso livro





Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2016
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2015
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2014
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2013
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2012
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2011
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2010
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2009
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D