Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A ler, com urgência

por Pedro Correia, em 08.08.18

 

Monchique, eucaliptos e espantalhos. Do Henrique Pereira dos Santos, imprescindível como sempre. No Corta-Fitas.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


42 comentários

Sem imagem de perfil

De Tiro ao Alvo a 08.08.2018 às 20:42

Também já li e gostei. Receio é que o nosso Primeiro não leia, que se fique pelas notas dos assessores. Infelizmente.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 09.08.2018 às 15:52

"Exceção que confirma o sucesso"... Nao dá mais, mesmo assessorado...

Jorg




Perfil Facebook

De Rão Arques a 08.08.2018 às 20:52

Serviço publico de informação, em original ou divulgação é aqui, e por cá deixo o meu sintético mas revoltado comentário sobre a figura sinistra que nos assola como uma persistente praga:
Costa lá se apresentou já com as nalgas a queimar e mais uma vez na forma do costume, carregando um pulverizador com cinzas e água suja para se regar a ele próprio.
Que grande reservatório de descaramento este trampolineiro transporta.
Fazer-lhe um furo no bidão é preciso.
Imagem de perfil

De João Sousa a 08.08.2018 às 21:59

Costa, no ano passado, reagiu aos incêndios encomendando uma sondagem ao impacto daqueles na popularidade do governo. Costa, este ano, reagiu aos incêndios encomendando umas fotografias encenadas num gabinete.

Costa, no próximo ano, reagirá aos incêndios derramando algumas lágrimas em directo na TV e guardando-as num frasquinho.
Perfil Facebook

De Rão Arques a 09.08.2018 às 11:19

Brutamontes de excepção bem colada ao cadáver resgatado das próprias cinzas.
Cilindrado nas urnas içado chefe de governo, bruta e apalhaçada excepção que confirma a regra do regabofe.
Sem imagem de perfil

De Betinha Adinne de Vasconcellos a 08.08.2018 às 21:56

Vergonhoso é também haver destes "profissionais "que, não esperam pela extinção do fogo, para criticar quem anda ainda no terreno. Há aqui muitos Interesses políticos. Muito jogo sujo.

"Uma “estratégia e táctica” que “não estão a dar resultados”, “má coordenação de homens e meios” e uma “desorganização total em que ninguém se entende” – Fernando Curto, presidente da Associação Nacional de Bombeiros Profissionais (ANBP).

Sem imagem de perfil

De V. a 09.08.2018 às 10:00

"Vergonhoso é também haver destes "profissionais "que, não esperam pela extinção do fogo"

É boa... Só exigem cavalheirismo quando é a seu favor. Eles deviam era ser corridos a pontapé. Ainda melhor era aproveitar a noite para enfiar uma máquina de "rasto" na sede da "autoridade". Revoltem-se, estúpidos!
Sem imagem de perfil

De Betinha Adinne de Vasconcellos a 09.08.2018 às 11:48

V. esperemos por um Relatório, finalizado o Fogo,e aja-se em conformidade.
Sem imagem de perfil

De V. a 09.08.2018 às 13:02

O meu relatório está feito. A culpa é do Governo: a protecção civil não devia existir porque é um mecanismo político que atrapalha os bombeiros e quem quer apagar os fogos. Os fogos são para apagar, não são para gerir. Vão brincar com a pilinha dos amigos deles lá nas casinhas da Expo e nos Audis de luxo e deixem as pessoas em paz. Aliás, deixem o País em paz, a gente cá se arranja. Párem de sugar na mama, desabitem, vão lá para Londres ou coisa assim, que é a terra do caril e das carnes sangradas como mandam os profetas dos barbudos.
Sem imagem de perfil

De Betinha Adine de Vasconcellos a 09.08.2018 às 14:52

"Mais uma acha
Acha, acha…
que a verdade também arde
na vontade cinza dos cemitérios"

Prazeres, 1985, tarde, 15h

O ministro da Agricultura reiterou hoje a ideia que deixou ontem no Parlamento, quando afirmou que "em Portugal não se sabe atacar fogos florestais". Apesar de manter a afirmação polémica, Sevinate Pinto assegura que "jamais pretendeu atribuir aos bombeiros a responsabilidade dos trágicos acontecimentos deste ano".

https://www.publico.pt/2003/11/05/sociedade/noticia/sevinate-pinto-reafirma-que-bombeiros-tem-pouca-formacao-1174058
Sem imagem de perfil

De Betinha Adine de Vasconcellos a 09.08.2018 às 14:59

"os fogos são para apagar, não são para gerir. Vão brincar com a pilinha dos amigos deles lá nas casinhas da Expo e nos Audis de luxo e deixem as pessoas em paz. Aliás, deixem o País em paz, a gente cá se arranja. Párem de sugar na mama, desabitem"

Lembrando, recordando….

Meu patê de gambas

Eras indiano, assim me aparecias
Mas para mim eras sueco
De mãos rectas e fecundas
Pátria marítima, sensação muda
Calçadas de cálculo

Olhar de zimbro
Ouvido de timbalão
Ah, eras um gatão
miau...miau
Mas faltando-te a espada
Calcei-te as botas do bichano


Foz do Moncorvo, numa noite de trovoada, 1982.


Sem imagem de perfil

De V. a 09.08.2018 às 17:56

Eu cá não sou de intrigas, mas "Olhar de zimbro" é um grande verso. Uau. Estou a falar a sério. Hmm, isto não é de um artolas qualquer.
Sem imagem de perfil

De Betinha Adinne de Vasconcellos a 09.08.2018 às 21:01

V.que te pousas de manso no quarto da lua
Busca desenfreada nesta língua nocturna
És tu que ouço na água de prata?
Rua de alma e marfim
Descansa da tua inversa certeza.

Pinhal de Leiria, amores núbeis, 1971.
Sem imagem de perfil

De Betinha Adinne de Vasconcellos a 08.08.2018 às 22:05

Atenção aos espantalhos!! Ou, é isto mau jornalismo?

E se houver um cartel do fogo, que ateia os incêndios e lucra com a tragédia? E se o pior dia do ano para uns, tiver sido o melhor negócio da vida de outros? Uma grande investigação TVI mostra-lhe um negócio de milhões sob suspeita, entregue a empresas privadas e que conta com a conivência do próprio Estado. Conheça os Governos que protagonizaram os negócios mais ruinosos pagos pelo contribuinte.

Uma grande reportagem de Ana Leal, com imagem de Pedro Soares e edição de Miguel Freitas, para ver no Jornal das 8, segunda-feira, 30 de outubro

http://tviplayer.iol.pt/programa/reporter-tvi/53c6b3483004dc006243bd77/video/59f332d30cf2a3bc49b3ee81

Tal como o PCP aponta baterias ao capitalismo verde, outros poderão "desviar-se" em nome do negócio .
Sem imagem de perfil

De lucklucky a 09.08.2018 às 04:26

É mau.

Escreva aí os preços e a que industrias se consegue vender madeira ardida vs industrias a que se consegue vender madeira não ardida...
Sem imagem de perfil

De Betinha Adine de Vasconcellos a 09.08.2018 às 11:16

A Máfia do Pinhal

http://tviplayer.iol.pt/programa/reporter-tvi/53c6b3483004dc006243bd77/episodio/t5e10
Sem imagem de perfil

De Justiniano a 09.08.2018 às 09:03

O jornalismo da TVI, meu caro, é renomado pela sua indigência moral e preguiça! A reportagem que refere, do ano passado, é o maior exemplo do pior jornalismo!!
O Tribunal Judicial da Comarca de Leiria, se não estou em erro, há-de proferir um juízo definitivo sobre essa peça de incendiarismo jornalístico!!
Sem imagem de perfil

De Betinha Adinne de Vasconcellos a 09.08.2018 às 11:57

https://www.google.pt/amp/s/www.sabado.pt/opiniao/convidados/joao-brandao-ferreira/amp/o-negocio-dos-incendios

https://www.google.pt/amp/s/www.publico.pt/2016/08/11/sociedade/noticia/a-industria-do-fogo-da-dinheiro-a-muita-gente-admite-secretario-de-estado-1741037/amp

Hernâni Carvalho: «Há uma indústria do Fogo escondida dos portugueses»

https://youtu.be/iUOv2NS_6QA
Sem imagem de perfil

De V. a 09.08.2018 às 12:03

Arranjam sempre desculpas para a sua própria incompetência e por andarem a destruir Portugal desde 1910. Não vêem que é por demérito próprio??

Inventam relâmpagos, calor no verão, árvores, eucaliptos, máfias, os "populares" (os que verdadeiramente apagam os fogos porque mais ninguém o faz), todo o tipo de coisas menos o óbvio: as autoridades do Estado, viciadas na política e no poder socialista que distribui benesses pelos amigos (essa é a verdadeira máfia portuguesa) estão dotados de uma incompetência assassina e deviam ser todos despedidos por terem destruído os centros operacionais locais que existiam e funcionavam bem. Já o ano passado mataram mais de 200 pessoas e este ano só não morre gente porque agora arrastam as pessoas de casa —obrigando-as a deixar os animais morrerem queimados nos currais— sem poderem defender o que é seu. Porque é que haveriam de sair se sabem que mais ninguém vai ficar a ali a tentar apagar o fogo?

Onde está o PAN e os auto-intitulados amigos dos animais e essa merda toda quando é preciso? Canalhas. Cobardes. Estúpidos. Estúpidos. Nunca vi gente tão estúpida.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 09.08.2018 às 12:13

E os negócios dos aviões/avionetas/ Siresp.... Com ganhou (ganha) com as negociatas?

É uma autentica loucura e descaramento ouvir os responsáveis dizerem-nos:

... Mil e tal combatentes / centenas de viaturas...
O patético é falarem em "dezenas de maquinas de arrasto....
Seus parvalhões sem qualquer pingo de vergonha:
- As maquinas de arrasto deveriam ter aberto os caminhos.... muito antes do fogo....! Na serra não havia uma única torre de vigia!

Betinha, Betinha... não seja mais papista do que o PapaCosta!

Amendes
Sem imagem de perfil

De Betinha Adine de Vasconcellos a 09.08.2018 às 13:17

Águas roubadas
Esperanças desfeitas
Degraus inacabados

Águas furtadas
Comida já feita
Companhia já desfeita

(Ouve-se um bater de janela….será o vento, ou o António?)


Ao almoço, Lisboa, Martim Moniz, 1964

Sem imagem de perfil

De António a 08.08.2018 às 23:36

Alguém se lembra do que disse o PR no ano passado?
Não me recordo bem se disse que se houvesse outro incêndio assim se demitia, ou se houvesse outra tragédia assim se demitia.
O PR é muito ardiloso com as palavras que usa - embora até agora não haja tantas vítimas, para mim isto é uma tragédia na mesma, para ele talvez não. Não o vejo com vontade de se demitir.
E mais uma vez temos o PM de férias e ao fresco enquanto o país arde - não é que faça cá falta, o problema é que há-de voltar.
O que tenho lido nos media é mau demais. Planos de prevenção embrulhados na burocracia, o 112 a desejar boa sorte, em 3 dias só haver 3 pessoas a atender no 112 para a metade sul do país - que no Verão é a mais populosa. Só falta os bombeiros também tirarem férias, e deviam fazê-lo, são eles que dão o corpo ao manifesto da incompetência dos políticos.
Eu creio que o país se está a desintegrar à vista de todos. Não vou dizer que a culpa é de agora, mas não vejo este trio harmonia que nos governa(...) fazer nada para impedir, pelo contrário. Enquanto não arderem algumas sedes e palácios em Lisboa não se passa nada.
Quando isto terminar virão os discursos de meter nojo, a merda dos afectos, os planos de ajuda que não se cumprirão, os planos para que isto não se repita que ficam na gaveta, os apelos à população para fazer uns donativos que desaparecem, ou seja, Pedrógão 2.0. E depois a vida continua, e haverá um novo OE, e os impostos subirão, e inventam-se mais uns, porque já se percebeu que é sacar enquanto não rebenta. Mas já rebentou.
O pessoal ainda não se convenceu todo, mas já rebentou.
Sem imagem de perfil

De Betinha Adinne de Vasconcellos a 09.08.2018 às 00:32

Comentário da semana
Sem imagem de perfil

De Justiniano a 09.08.2018 às 08:34

Subscrevo, frisando "não é que faça cá falta, o problema é que há-de voltar."
Sem imagem de perfil

De Bea a 09.08.2018 às 08:54

A tão clamada preparação para fogos, a verba disponibilizada e gasta em meios e prevenção, a basófia desregulada de um governo que quer tirar dividendos de verão anormalmente fresco mas por fazer, condições ambientais que apelam à catástrofe... e temos mais um incêndio terrível para quem o vive na pele, nova machadada no já tão mutilado ambiente de nós todos. O que fica? Para além da desgraça de duplo nível, a certeza de que este governo não serve, em cada catástrofe mais se revela a mesma incompetência. Já merecíamos um conjunto de pessoas idóneas e justas que lutassem por nós que é para isso que são pagos dos nossos bolsos e eleitos pela maioria. Nem bons profissionais sabem ser. Deviam demitir-se.
Sem imagem de perfil

De António a 09.08.2018 às 12:55

Sim, mas alguém recorda o que disse Marcelo?
Sem imagem de perfil

De V. a 09.08.2018 às 16:26

O PR é muito ardiloso com as palavras que usa

E a mais ardilosa é comp'tividade. Para ele é semelhante a potlatch.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 09.08.2018 às 08:03

Melhor ainda, o mais recente:
https://corta-fitas.blogs.sapo.pt/a-estupidez-pode-ser-uma-fatalidade-mas-6694825
Sem imagem de perfil

De Justiniano a 09.08.2018 às 09:09

Em grande forma, o caríssimo Henrique Pereira dos Santos!!
Um bem haja,
Sem imagem de perfil

De Justiniano a 09.08.2018 às 08:14

Vai daqui um grande bem haja ao Henrique P. dos Santos!!
E que não lhe doam as mãos!!
Sem imagem de perfil

De Justiniano a 09.08.2018 às 08:18

Óde aos gebos!

"Não, não é um problema do Governo, deste ou doutro qualquer, a única coisa um bocadinho mais específica deste Governo é a ridícula tendência para governar como se os governados estivessem sentados à espera de um espectáculo de ilusionismo, nos fogos ou noutra coisa qualquer."

Henrique Pereira dos Santos, Antologia - Público, 9 Agosto de 2018
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 09.08.2018 às 08:23

E ainda mais excelente:
https://www.publico.pt/2018/08/09/sociedade/opiniao/excepcoes-e-espantalhos-1840499
Sem imagem de perfil

De Justiniano a 09.08.2018 às 08:31

Henrique Pereira dos Santos, Antologia...Público...hoje

"...e o Governo estivesse a sofrer uma inominável injustiça é deprimente."
Deprimente é, sem dúvida, a palavra certa!!

Não me canso de louvar o Henrique P. dos Santos, é o meu pequeno contributo de alento e forteza, que bem necessitará!
Conhecendo a chusma que nos desgoverna, especialmente o Cabrita que se empoleira a cabo de armas da congregação, não descansará enquanto o não calar ou desacreditar!!
Sem imagem de perfil

De António a 09.08.2018 às 09:54

Este Cabrita é o cretino que pôs os seguranças fora de casa porque lhe incomodavam os cães?

Comentar post


Pág. 1/2



O nosso livro





Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2016
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2015
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2014
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2013
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2012
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2011
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2010
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2009
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D