Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A Europa rendida ao medo (4)

por Pedro Correia, em 29.01.15

A BBC recusa utilizar a palavra "terrorista" em relação aos assassínios do Charlie Hebdo e outros actos criminosos por ser um termo "valorativo" que suscitaria dúvidas sobre a "imparcialidade" da estação entre autores e vítimas dos atentados.


3 comentários

Sem imagem de perfil

De B(ig) B(ad) C(ow) a 29.01.2015 às 12:27

Essa é declaradamente uma estupidez. Se aqueles não eram terroristas, não há terroristas à face da Terra. Imparcialidade entre autores e vítimas? Mas que m3rda é esta?
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 29.01.2015 às 15:15

Se aqueles não eram terroristas, não há terroristas à face da Terra.

Não me parece líquido.
Se se disser que o terrorismo consiste em ações com visam lançar o terror ("terror" é a origem de "terrorismo") através de ataques indiscriminados, então o ataque ao Charlie Hebdo não constitui terrorismo, dado que esse ataque teve por objetivo assassinar pessoas bem identificadas e, na ótica dos assassinos, culpadas de certos crimes bem definidos, mas não assassinar quaisquer outras pessoas.
Assim, se um homem-bomba num autocarro constitui indubitavelmente terrorismo, pois que é um ataque indiscriminado que visa lançar o terror sobre toda uma comunidade, um assassinato de pessoas específicas, pelo contrário, não constitui terrorismo.
Portanto, não é nada evidente que o ataque ao Charlie Hebdo tenha sido terrorista.
Sem imagem de perfil

De Bic Laranja a 30.01.2015 às 02:04

A estupidez pode ser aterradora, mas o estúpido é simplesmente digno de dó. O Lavoura até como terrorista é um falhado.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D