Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A esquerda cega e surda

por Pedro Correia, em 28.02.15

12012313-khbF-U10622705795M9C-1024x683@GP-Web[1].j

 Boris Nemtsov, opositor de Putin, ontem assassinado no centro de Moscovo

 

Na Rússia de Putin é assim: esmaga-se o pluralismo, segregam-se as minorias religiosas, discriminam-se os homossexuais, silenciam-se os jornalistas incómodos, armam-se milícias para invadir países estrangeiros, anexa-se a Crimeia à margem do direito internacional. E matam-se os opositores políticos, a dois passos do Kremlin, com quatro tiros nas costas.

Na Venezuela de Maduro é assim: fecham-se canais de televisão e jornais críticos, transforma-se o poder judicial numa delegação do poder político, condena-se a população à maior penúria do continente americano. E prendem-se "preventivamente" os opositores políticos. Incluindo os que foram  eleitos pela população.

Rússia e Venezuela: duas lamentáveis manchas no mapa político internacional. Que continuam, apesar disso, a merecer o aplauso e o apoio de uma certa esquerda, que integra o bloco da  Esquerda Unitária Europeia no Parlamento Europeu. Uma esquerda cega e surda aos sinais dos tempos e à inapelável evidência dos factos.


42 comentários

Sem imagem de perfil

De Manolo Heredia a 28.02.2015 às 23:13

Também acho que não se deve "argumentar" a tiro, é preferível fazê-lo a missil Tomahawk. Pode ver-se isso na florescente democracia que impera hoje na Líbia...
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 28.02.2015 às 23:22

Truque gasto: desviar as atenções do assassínio do maior opositor político de Putin, falando de outra coisa qualquer. Como fizeram os apaniguados de Salazar quando se soube que Delgado tinha sido assassinado.
Há sempre quem assobie para o lado e finja não ver.
Sem imagem de perfil

De William Wallace a 01.03.2015 às 02:57

Então mas já está provado que foi o FSB ou alguém do GRU que assassinou o "líder" da oposição russa ?

Cá para mim que não vou em modas foi uma vendetta das antigas, de algum oligarca que deve ter perdido fortunas nalguma privatização falhada dos anos de ouro da máfia soviética em que o falecido era figura de proa do regime instalado sobre os escombros do comunismo

Já agora diga-se de passagem que está muito fraquinha (a oposição), visto que as ultimas sondagens (já este ano e depois dos efeitos das sanções no "tigre de papel") dão uma taxa de aprovação de 85% a Putin !

Putin não é de esquerda ou direita, isso são conceitos arcaicos, utilizados para confundir o povo, Putin, tal como Merkel, Tsipras ou Cameron são NACIONALISTAS, cada qual com as nunces inerentes ao seu País.

Já agora se ainda não sabe aqui fica:

http://www.polisblog.it/post/300544/manifestazione-lega-nord-roma-salvini-sabato-28-febbraio


E como estou generoso fica aqui mais um link e a respectiva citação (balde de água fria) lol......

"Intanto, gli ultimi sondaggi premiano Syriza che si colloca al 42% dei consensi: 16 in più rispetto alle elezioni del 25 gennaio. Aggiungiamo, inoltre, che Tsipras ha una popolarità del 55% contro appena il 13% di Samaras, ex capo del governo di Nuova Democrazia. Percentuali, queste, che danno una certa serenità all'esecutivo per continuare nel lavoro appena incominciato. "


http://www.polisblog.it/post/300672/grecia-krugman-sondaggi-premiano-governo-syriza




E NOTICIA DO DIA é mais uma OBLITERAÇÃO MENTAL do nosso 1º Ministro !
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 01.03.2015 às 10:35

Eu se fosse a si evitava esse discurso do "ajuste de contas". Faz lembrar a tese de Salazar e dos salazaristas: Humberto Delgado foi assassinado em 1965 por "ajustes de contas" na oposição ao regime.
Você também está convencido disso?
Essa incapacidade de reconhecer os crimes dos regimes "amigos" comprova precisamente a minha tese.
Sem imagem de perfil

De William Wallace a 01.03.2015 às 12:31

Como bom "torcedor" que é, responde há minha tese de ajuste de contas que para sabe interpretar textos apareceu no comentário como uma simples divagação e decidiu IGNORAR os RESTANTES FACTOS que salientei.

Boa sorte, Pedro Correia, boa sorte para si e todos os que por acção e ou silêncio destroem todos os dia mais um bocadinho Portugal e a sociedade Portuguesa.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 01.03.2015 às 14:35

Obrigado, William Wallace. Boa sorte para si também. Bem precisa dela.

Comentar post



O nosso livro



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D