Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




À espera do Nobel da Literatura

por Pedro Correia, em 07.10.16

amos-oz-1-e1358859986566[1].jpg

 Amos Oz

1445245789533[1].jpg

 John Le Carré

rubem-fonseca[1].jpg

  Rubem Fonseca

 

Aberta a época da distribuição dos prémios Nobel (apelido que a maioria dos jornalistas televisivos em Portugal continua a pronunciar erradamente com acento no o, quase emudecendo o e da sílaba tónica em sueco), faço desde já um desafio aos leitores do DELITO DE OPINIÃO: deixem aqui os vossos vaticínios sobre quem será o escritor que vai receber o galardão destinado a distinguir a literatura. Só o conheceremos no próximo dia 13, mas a gente arrisca. Ao contrário do outro, que só fazia prognósticos no fim.

Tomo a liberdade de antecipar desde já três escritores que a meu ver há muito mereciam receber o Nobel: Amos Oz, John Le Carré e Rubem Fonseca. Ainda vão a tempo, embora eu duvide do critério da academia de Estocolmo, que em 1978 - só para dar um exemplo - excluiu Graham Greene e Jorge Luis Borges.

Quem vos parece que vai ganhar?

Autoria e outros dados (tags, etc)


104 comentários

Imagem de perfil

De Pedro Correia a 07.10.2016 às 11:05

Não é nada natural que Nobel seja pronunciado de forma incorrecta. Aliás se fosse pronunciado à portuguesa, com acentuação natural na última sílaba, estaria correcto pois é assim mesmo que se diz.
Basta abrir a página Nobel na wikipédia para ficar a saber-se, em poucos segundos, qual é a forma correcta de pronunciar: vem logo na primeira linha.
https://en.wikipedia.org/wiki/Alfred_Nobel
Mas opta-se reiteradamente pela forma incorrecta, excepto na RTP onde há a preocupação de respeitar nomes estrangeiros e pronunciá-los da forma certa. Lá não se ouve dizer Mârcâl", como se tornou moda na SIC (outro disparate que parece ter pegado como fogo em palha lá na redacção).
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 07.10.2016 às 11:25

se fosse pronunciado à portuguesa, com acentuação natural na última sílaba

A acentuação natural das palavras em português é com o acento na PENúltima sílaba e não na última!
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 07.10.2016 às 11:51

Então não é? Claro que sim. Por isso se diz FÁRnel, PÍNcel e BÁbel. E também DÉdal, ÂNzol e FÚnil.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 07.10.2016 às 14:41

Nobel para ser pronunciado á portuguesa terá o acento na última (como dizia o Saramago). Se fosse palavra grave teria um acento no o uma vez que termina em l.
E o que dizer da pronuncia dos nomes russos, sendo que, ao contrário do sueco, a língua russa é conhecidíssima?
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 07.10.2016 às 16:32

Não cumprem os mínimos. Ainda há dias, quando cá veio o Legia de Varsóvia jogar, com a tradutora polaca a pronunciar "Lé-guia" de forma bem audível, todos os jornalistas futebolísticos iam papagueando "Lé-gia".
Nada a ver.
Sem imagem de perfil

De JP a 08.10.2016 às 17:46

Oh, e o eterno Xélsia, o Laiséster entre outros.
Não se interessam minimamente. Custa dizer "Txélsi" e "Léster"?
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 09.10.2016 às 21:42

E há os que lêem o G sempre à inglesa, com o som 'dj'. Nas situações mais absurdas.
Volto ao exemplo do Legia de Varsóvia. Lê-se 'Léguia'. Pois aqui, nomeadamente na SIC, não faltou quem lesse 'Ledgia'. Vá lá saber-se porquê.
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 07.10.2016 às 16:34

Fui à wikipedia ouvir a pronúncia sueca de Nobel, conforme recomendado pelo Pedro Correia mais acima. E a minha conclusão é que tanto em português como em sueco o acento é colocado na sílaba "bel". A diferença não está aí. A diferença está em que os portugueses pronunciam a sílaba "No" com o aberto, enquanto que os suecos pronunciam-na "Nô". Como os portugueses pronunciam o "No" aberto pode dar a ideia que essa é a sílaba tónica, mas não é - continua a ser o "bel". Em sueco, com o "Nô", torna-se muito mais claro que o acento está em "bel".
Já agora, se fosse uma palavra portuguesa ler-se-ia, evidentemente, "nubel". O "o" ler-se-ia "u", tal como, por exemplo, em "tonel".
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 07.10.2016 às 16:54

Nobel não é uma palavra portuguesa. É um apelido sueco.
Pronuncia-se como deve pronunciar-se. Ponto final.
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 07.10.2016 às 17:29

Nobel não é uma palavra portuguesa. Pronuncia-se como deve pronunciar-se.

Experimente ir explicar a um norte-americano que Soares é um apelido português e que se pronuncia como se deve pronunciar, e ele manda-o às malvas...

Ou experimente vir explicar que Wroclaw é uma cidade polaca e que se pronuncia "vrotsuav", e verá quem o ouve... Ou que outra cidade polaca se chama "crácuv" embora se escreva Kraków... Ou que o conhecido jogador polaco Blaszczikowski tem por apelido "buástchicovsqui"...

Prontos, ficamos a saber que Nobel se pronuncia "nôbel", o que até nem é difícil de aprender. Discussão encerrada (por mim).
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 07.10.2016 às 20:00

Só agora encerrou? Já estava encerrado há muito tempo.

Comentar post



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D