Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A entrevista de Passos Coelho.

por Luís Menezes Leitão, em 07.04.17

A entrevista de Passos Coelho à SIC foi um monumental vazio político. É perfeitamente espantoso que perante a desastrada governação do actual governo, o líder da oposição passe o tempo a justificar-se a si próprio, nada tendo para dizer de relevante ao país. A única mensagem efectiva desta entrevista foi para o interior do PSD, ao dizer que não se demite se tiver um mau resultado autárquico. Passos Coelho parece continuar convencido de que ainda é primeiro-ministro, onde de facto faz sentido que não abandone o governo por causa de eleições autárquicas. Só que Passos Coelho, apesar do pin da bandeira nacional que insiste em pôr na lapela, é neste momento apenas um líder partidário. E um líder partidário que não consegue ganhar eleições que utilidade tem para o seu partido?

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Sem imagem de perfil

De isa a 07.04.2017 às 10:04

"um líder partidário que não consegue ganhar eleições que utilidade tem para o seu partido?"

Também gostava de fazer uma pergunta porque se a política do país, tirando meros detalhes, está completamente condicionada a ordens vindas do exterior, qual a importância, relevância ou urgência em mudar os líderes dos Partidos políticos?

Mudar líderes só para fazer tipo publicidade que, agora, com o novo ingrediente X o meu detergente passa a lavar melhor do que o teu? Ou será, apenas, ganhar para ir rodando "tachos"?
Até nas políticas locais a UE começa a "meter a colher" e, com Parlamentos cujos orçamentos têm de ser aprovados por Bruxelas, euro-deputados que não podem propor ou vetar leis que mais será preciso, para ver que "alguém, algures" controla, por mais que ganhe o A ou B? Ganhar para quê? A dívida continuará a aumentar com o respectivo aumento da subserviência e submissão.

Estou mais preocupada com os "fabricantes" do dinheiro que, no fim de cada ciclo económico e, quando já compraram praticamente tudo, precisam de uma guerra bem grande para destruir o mais possível e voltarem ao negócio.
Parece que, com ou sem populismo, nada se alterou mas, já seria de esperar, quem tem triliões compra tudo e todos e, já temos um primeiro mau sinal que poderá servir para começar outra guerra mundial.

Mas isto sou eu a pensar, completamente fora da mentalidade partidária porque me preocupa mais o Todo do que as Partes porque, para outros, nada é relevante, para além dos países continuam entretidos e devotados, à insignificância, de rodar líderes, tachos e benesses.

Há muito tempo que já passámos a fase "caseira", hoje as preocupações vêm de fora porque quem controla o dinheiro controla a política dos países, só falta (com guerra ou inflação) controlar o fornecimento de comida para controlarem as populações e, estas, ""voluntariamente"", aceitarem o "resto" e, quem não questionar nada sobre qual será esse "resto", acabará por fazer ou reagir, exactamente, como está previsto na continuação do "Programa".

https://www.youtube.com/watch?v=ER3Xlpq0rmc
BREAKING: US Strikes Syria, Russia Set to Respond
Sem imagem de perfil

De campus a 07.04.2017 às 12:32

Não consegue ganhar eleições ? A pós verdade é um espanto.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D