Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Delito de Opinião

A crise da habitação

Luís Naves, 28.11.23

painéis2.jpeg

Não há dúvida de que o país está mal. Muitos sectores descontentes, médicos, militares, professores, trabalhadores de todas as profissões, agricultores, classe média. A maioria sente que não há dinheiro para nada, rendas proibitivas, comida caríssima, salários estagnados, empresas em dificuldades. Depois, os ricos andam numa festa que ninguém entende, há sinais exteriores de riqueza e bolha de satisfação, mas é só para clientelas. Os socialistas estão a desperdiçar o último grande pacote comunitário em ilusões de energias não testadas. Não se fala muito disso, mas não haverá mais abundância de fundos. Depende do que irá acontecer na Ucrânia, mas as elites europeias já decidiram que vão financiar outro grande alargamento, o que significa que Portugal será a curto prazo contribuinte líquido da UE. Os socialistas criaram um sistema de pensamento mágico que consumiu os recursos escassos do país. As sucessivas crises da III República desperdiçaram as poupanças da população, depois o capital, agora estão a gastar o derradeiro dinheiro europeu. Estoiraram com a habitação e com as pequenas empresas, não há indústrias e os jovens não têm perspectivas. Este será um país de velhos, com painéis solares nas marquises e a vergar a mola no turismo.

imagem: IA, Bing image creator

12 comentários

Comentar post