Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A CP no seu melhor

por Teresa Ribeiro, em 16.10.18

Inter-Regional_865_Pala_Portugal_14800282175.jpg

 

Linha do Douro. Apanho de manhã o comboio em Ferradosa para seguir até ao Pinhão e mergulho na janela para um banho de beleza inesquecível. Esta linha tem a responsabilidade imensa de revelar ao mundo um dos nossos maiores tesouros paisagísticos. Em termos de interesse turístico, está no top.

Tirei da mochila uma daquelas barritas de cereais com mel, práticas para trazer em viagem. Com o calor estava peganhenta, de modo que quando terminei o meu frugal repasto decidi passar pelos lavabos do comboio para lavar as mãos. Este é o momento em que tenho de me desculpar por não me ter lembrado de voltar para trás, tirar o telemóvel da mochila e fazer uma foto para provar que o que descrevo a seguir é em rigor o cenário que se me deparou mal abri a porta: No chão jazia a tábua da sanita. O rolo de papel higiénico parecia ter sido desenrolado por um gato. A olho diria que estavam dois metros de papel espalhados pelo chão. O cheiro era tão nauseabundo que optei por travar a porta com o pé, para não ter que snifar aquele concentrado de urina em ambiente fechado. Cereja no bolo: água? Não havia.

Note-se que fiz este passeio de manhã, estava o comboio em circulação há um par de horas, se tanto. Por isso nem o argumento da sobrecarga de utentes pode valer à CP uma boa desculpa. Simplesmente vergonhoso! 

Autoria e outros dados (tags, etc)


25 comentários

Sem imagem de perfil

De alex.soares a 16.10.2018 às 13:56

Mas os comboios são "nossos"
(talqualmente como os aviões da TAP) por isso também tens o direito de fazer a sua limpeza. Força.
Imagem de perfil

De Teresa Ribeiro a 16.10.2018 às 17:12

Pois são nossos. Pagos com o nosso dinheirinho que pelos vistos não chega para tudo. Paga as imensas benesses dos funcionários da CP, mas já não estica o suficiente para assegurar serviços mínimos de manutenção dos wc dos comboios. Questão de prioridades...
Sem imagem de perfil

De Pedro a 16.10.2018 às 14:08

A Teresa não entende. O estrangeiro gosta deste nosso país, porque visitá-lo é como viajar ao passado, ou seja experienciar "coisas" apagadas pelo desenvolvimento dos outros países europeus….é assim como regressar a uma Londres do sécXVIII, ou viajar para um destino o exótico do Oriente, mas à beira do Atlântico plantado. Portugal é fixe. Portugal é pícaro!

Deveria haver uma petição publica para que o buço nas mulheres voltasse. Ou seja deveria haver quotas obrigatórias para mulheres de buço. Seria bom para o turismo….

E as bandeirinhas da mãe pátria...é demais...até parece que o país se encontra num levantamento militar...cada lar, um quartel...é lindo, parece a Suíça
Imagem de perfil

De Teresa Ribeiro a 16.10.2018 às 17:09

Esperava que a onda do turismo tivesse reduzido drasticamente essas "atracções turísticas" do cardápio tuga. Afinal, nem assim...
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 16.10.2018 às 15:41

Bah, basta um único utente para fazer esse serviço.
Eu no outro dia, numa casa de banho de uma universidade, encontrei um rolo inteiro (dos grandes) de papel higiénico, ainda perfeitamente enrolado, atirado para dentro de uma sanita. Obra evidente de um engraçadinho qualquer.
Imagem de perfil

De Teresa Ribeiro a 16.10.2018 às 17:07

Mesmo que alguém tivesse desenrolado o papel e atirado com a tampa da sanita para o chão poucos minutos antes de eu deparar com a cena, como se explica o cheiro concentrado de urina logo pela manhã? E a falta de água? Também os comenta com um "bah"?!
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 16.10.2018 às 15:43

Uma vez, há uns 30 anos, estava eu num avião da Aeroflot a voar de Moscovo para Tbilisi. Às tantas fui à casa de banho. Encontrei lá a sanita com um belo e grande cagalhão humano pousado na borda (no sítio onde é suposto as pessoas sentarem-se).
Sem imagem de perfil

De Pedro a 16.10.2018 às 16:44

Um cagalhão humano? Num avião? Não me acredito….bahhhh
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 16.10.2018 às 17:39

Quem é o cagalhão humano?
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 16.10.2018 às 21:04

Les beaux esprits...
Sem imagem de perfil

De Pedro a 16.10.2018 às 17:38

A Teresa que me perdoe! Mas ando aqui às voltas com o cagalhão humano. Humano porquê? Dotado de linguagem? Vertebrado? Alguém me explique
Sem imagem de perfil

De Pedro a 16.10.2018 às 19:11

De tal paradoxo, relembrando-me aquele da Tartaruga de Zenão, chego à conclusão final, como todas as boas conclusões :

Se o cagalhão era humano obviamente que o local natural para sentar-se seria no mesmo sítio onde as pessoas o fazem
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 16.10.2018 às 16:36

E que tal o gosto.... mr Lavoira?

Já não me lembro onde o lavoira escreveu o mesmo comentário, acrescentando::
- " E o "cagalhão" tinha um forte sabor a Vodka"...

Am
Sem imagem de perfil

De Pedro a 16.10.2018 às 17:35

Coprofilia, portanto. Taradices liberais, portanto
Sem imagem de perfil

De Anonimus a 16.10.2018 às 18:30

Oh, CP.
Mal habituada, está.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 16.10.2018 às 19:54

Infelizmente vêm-se coisas destas que têm a ver com a falta de estar.Em Agosto do Porto para Coimbra, um dos WC estava imundo e vomitado. Certamente que em casa as pessoas também o fazem. Isto para não falar até nos hospitais que deveriam ser centros de excelência higiénica.
Imagem de perfil

De João Campos a 16.10.2018 às 21:20

Tive essa experiência no início do Verão, no Intercidades para o Alentejo. Infelizmente, neste caso a imundície dos lavabos em questão não se resumia ao fedor a mijo; aquilo fez as velhas WC da rodoviária de Odemira de há 20 anos parecerem limpas.
Imagem de perfil

De Teresa Ribeiro a 17.10.2018 às 13:12

Há uns anos, também era frequente deparar com idêntico espectáculo em casas de banho de restaurantes e cafés. Com o tempo o padrão elevou-se. Penso, João, que muito por obra e graça dos Zomatos e quejandos, que habituaram as pessoas a pontuar e comentar os sítios por onde passam. Pena não haver o mesmo rastreio para os transportes. Podia ser que ganhassem vergonha.
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 17.10.2018 às 14:48

Com o tempo o padrão elevou-se. Penso, João, que muito por obra e graça dos Zomatos e quejandos, que habituaram as pessoas a pontuar e comentar os sítios por onde passam.

Erro da Teresa. As casas de banho dos cafés estavam sujas, não porque os donos dos cafés não as limpassem, mas sim porque os clientes dos cafés as sujavam. Por mais que se pontuasse, o dono do café dificilmente podia fazer algo contra clientes porcos.

As casas de banho hoje em dia estão mais limpas pela mesma razão pela qual os condutores portugueses estão mais respeitadores dos peões: porque o nível de civismo aumentou (embora ainda esteja longe do ideal).
Imagem de perfil

De Teresa Ribeiro a 17.10.2018 às 17:19

Lavoura, não pretendo, como é óbvio, desculpar quem suja. Mas quem tem instalações sanitárias abertas ao público deve limpá-las e desinfectá-las diariamente, idealmente mais do que uma vez ao dia. E não é preciso ser um grande especialista na matéria para se perceber, de imediato, se um espaço que está sujo é, ou não, limpo com frequência.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 16.10.2018 às 22:39

Esse wc está em concordância com o serviço prestado pela cp
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 17.10.2018 às 09:33

Tal como é costume dos portugueses, neste post culpa-se as autoridades (no caso vertente, a CP) pela sujeira que é feita pelos portugueses.
Ou seja, os portugueses sujam, ninguém os critica, critica-se mas é as autoridades, que tinham a obrigação de limpar.
Se a casa de banho do comboio está suja, não se diz a verdade "os portugueses são um povo incívico", diz-se que a CP é que tinha a obrigação de limpar.
Imagem de perfil

De Teresa Ribeiro a 17.10.2018 às 13:18

Pensa que os portugueses são mais porcos que outros povos? Não me diga que nunca viu turistas oriundos de lugares supostamente mais civilizados fazerem porcaria no nosso país. Sabe por que o fazem? Porque o ambiente condiciona muito o comportamento das pessoas. Laxismo e falta de limpeza convidam ao desleixo. Isto por um lado, por outro, se a CP nos cobra o serviço e nele está incluído a serventia de lavabos, tem que zelar para que estejam sempre apresentáveis. Como é que isso se faz? Limpando e supervisionando com regularidade. Não tem nada que saber.
Sem imagem de perfil

De Tiro ao Alvo a 17.10.2018 às 13:41

Teresa, não perca tempo com o Lavoura, ele não é de cá e só quer chatear. Feitios...
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 17.10.2018 às 14:54

o ambiente condiciona muito o comportamento das pessoas. Laxismo e falta de limpeza convidam ao desleixo.

É verdade. Então se quiser eu modifico a minha argumentação: os portugueses são um povo muito incívico e porco quando estão em Portugal. Não é um problema genético, é um problema cultural. Mas é um problema deles, na mesma. Não é um problema das autoridades.

Comentar post



O nosso livro





Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2016
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2015
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2014
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2013
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2012
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2011
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2010
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2009
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D