Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Leitura obrigatória

por Jorge Assunção, em 14.09.09

Without painful overhauls, euro-zone countries such as Spain, Italy, Greece and Portugal seem set for years of meager growth, making their debts harder to pay.


23 comentários

Imagem de perfil

De Jorge Assunção a 15.09.2009 às 03:28

"ele disse-o no Michigan, e disse-o no Ohio em plena campanha eleitoral."

Disse-o, sempre achei uma medida errada e quando afirmou tal coisa a conjuntura económica não era propriamente a mesma. Na altura, aliás, admiti que eram declarações sobretudo de carácter eleitoralista, uma vez que nos dois estados em questão o proteccionismo encontrava forte apoio popular. Mas, e por isso o rótulo de inacreditável, a conjuntura também mudou desde então. Não me parece que medidas proteccionistas possam ser inseridas nas "políticas adequadas de gestão de conjuntura". Basta recordar a grande depressão e no quanto a Smoot-Hawley Tariff Act poderá ter contribuído para o acentuar/prolongar da mesma.

"E a verdade é que não existiam, até porque como saberás a Alemanha e a França não deixaram contrariamente à retórica de abril, de aquecer as respectivas economias."

Concordo, mas então explica-me este post:

http://ovalordasideias.blogspot.com/2009/09/angela-merkel-pior-conselheira-para.html

Também tu, por vezes, recorres excessivamente à retórica. E presumo que Adam Posen (sabes que não é bom aceitar de forma acrítica um artigo de opinião), tal como Krugman, não conhecia o estímulo alemão em Março de 2009. ;)

Mas recordo que Merkel, como Sócrates, tem umas eleições para ganhar, logo, tinha de apostar tudo no estímulo à economia.

"e tu sabes que 2009 sofreria sempre um agravamento por efeito dos estabilizadores automáticos."

Sei, mas sei que não explicam tudo e mais penso saber sobre o que irá acontecer se a economia continuar nos próximos anos com taxas de crescimento ridículas.

Comentar post



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D