Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Movimento anti-marquises

por Pedro Correia, em 28.08.09

 

Finalmente, uma ideia digna de aplauso: pôr fim ao pesadelo estético que é a proliferação de marquises, feíssimo fenómeno português sem paralelo na Europa e no Mundo. Se este senhor Luís Mesquita Dias fosse candidato autárquico em Lisboa, votava nele.

 

Imagens: Lisboa antes de ser invadida pela praga das marquises. Tinha muito melhor aspecto, não acham?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


41 comentários

Imagem de perfil

De João Carvalho a 28.08.2009 às 13:16

Quando as Avenidas Novas eram novas?
Sem imagem de perfil

De Luís Bonifácio a 28.08.2009 às 18:47

Só uma correcção.
As avenidas Novas são aquelas construidas por Ressano Garcia na zona da Avenida Fontes Pereira de Melo e Ressano Garcia (Hoje Républica). A construção da zona de Alvalade nunca mereceu o epíteto de Avenidas Novas, se bem que actualmente muita gente pense que o epiteto a elas se aplica.
Imagem de perfil

De João Carvalho a 28.08.2009 às 19:51

Refiro-me, obviamente, às duas fotos. Não são as Avenidas Novas?
Imagem de perfil

De Carlos Barbosa de Oliveira a 28.08.2009 às 13:26

É uma senhora, Pedro. Chama-se Luísa e é administradora da Unilever/Jerónimo Martins.
Ontem, lá no CR também saudei a iniciativa, mas se a medida for em frente, presumo que vai vagar uma casa na Rua do Possolo...
Sem imagem de perfil

De Desconhecido a 28.08.2009 às 14:51

Caríssimos,

Mas... E o Cacem, bom Deus, como será o Cacem sem marquises ? E Mem Martins ?

EU gostava de acreditar de que o problema dos arrabaldes desta capital fossem só as marquises.

But it's a start...

Melhores cumprimentos,
Imagem de perfil

De Carlos Barbosa de Oliveira a 28.08.2009 às 15:20

Peço desculpa, Pedro, eu é que estava errado. É mesmo Luís. Sorry!
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 29.08.2009 às 00:13

Pois, Carlos. É Luís. E mantenho a minha: este senhor mereceria o meu voto. E se restringisse o trânsito automóvel no centro de Lisboa, com um sistema semelhante ao de Londres, votaria duas vezes nele.
Imagem de perfil

De Carlos Barbosa de Oliveira a 29.08.2009 às 00:29

Então já éramos dois, Pedro. Para mim bastava que restringisse o trânsito automóvel no centro de Lisboa. O problema é que nunca seria eleito, porque o António Costa quer fazer algo muito semelhante ( em relação ao trânsito) e, mesmo sendo eleito, duvido qe consiga.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 30.08.2009 às 01:36

Carlos, se o António Costa tirasse em tempo útil os tapumes que se eternizam na via pública (aliás uma das promessas eleitorais dele em 2007) já faria alguma coisa. Infelizmente nem isso tem feito, como demonstrarei daqui a uns dia no DELITO. Muita parra, pouca uva.
Sem imagem de perfil

De João André a 28.08.2009 às 15:37

Já vi marquisees pelo menos em Belgrado e creio que em Barcelona, do comboio entre o aeroporto e a estação central, terei também visto umas quantas.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 29.08.2009 às 00:14

Mas não existem marquises como as tugas, João. Em quantidade e em (falta de) qualidade. Produto mais nacional não há: só o galo de Barcelos.
Sem imagem de perfil

De João André a 29.08.2009 às 14:51

Quanto à qualidade não avaliarei, mas se me referir apenas ao aspecto, confesso que as portuguesas são de facto (muitíssimo) mais feias...
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 30.08.2009 às 01:37

Carreguemos nesse superlativo, João. Muitíssiiiiiiiimo.
Sem imagem de perfil

De Manuel Leão a 30.08.2009 às 18:57

Pedro Correia, escreveu:

«Produto mais nacional não há: só o galo de Barcelos».

Esta é mais uma mistificação, Pedro Correia.
Produto regional, talvez.
O que tem o galo de Barcelos para ser um produto nacional, no sentido em que pretendem que represente o país?
É que o galo já está identificado com a França.
A caravela sim, deveria ser o nosso ícone de eleição. Não carece de explicação, sequer.
Abaixo o galo de Barcelos sem ofensa para os barcelenses.
Acima a caravela!
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 28.08.2009 às 16:31

Antes de se pensar mais no assunto é bom relembrar:
Fechar uma varanda com uma marquise sem autorização da CM é PROIBIDO!!!!!

Vivam as cidades sem marquises e com casas bem mais arejadas e luminosas
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 28.08.2009 às 19:11

Inteiramente de acordo, anónimo.
Sem imagem de perfil

De Luís Bonifácio a 29.08.2009 às 01:05

Exactamente por ser proibido é que a câmara não quer eliminar as marquises.

http://novafloresta.blogspot.com/2009/08/as-marquises-e-o-homem-elefante-do.html
Sem imagem de perfil

De ... a 28.08.2009 às 19:30

Lembro-me de uma notícia aqui há 2/3 anos, onde uma proprietária queria processar todos os vizinhos por estes terem marquises. O que ela queria era vender o apartamento e entendia que as ditas marquises dos vizinhos, lhes retirava valor.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 29.08.2009 às 07:31

Marquise tira valor a qualquer apartamento. Ao contrário de uma boa varanda.
Sem imagem de perfil

De Pedro Gomes a 31.08.2009 às 13:37

As pessoas gostam de comprar casas com varandas (aparentemente dão valor a este item no acto de compra). Depois apercebem-se da trabalheira que aquilo dá e arrependem-se das ditas, transformando-as em marquises (que sempre dão menos trabalho a limpar e servem como arrecadação). Mas aí também há culpas dos construtores, que durante anos construíram prédios sem arrecadações dignas desse nome.

Não tenho varanda, mas tenho um saguão aberto e não consigo mantê-lo limpo mais do que 2/3 dias... São penas e "tiros" de pombas, molas de roupa, beatas, migalhas e outras coisas piores. Muito do problema passa também pela falta de civismo dos vizinhos. Quantas vezes não viram vocês indivíduos a sacudir as toalhas de mesa para cima do vizinho de baixo, após uma refeição?
Imagem de perfil

De João Carvalho a 28.08.2009 às 21:22

Lisboa é a capital dos psiquiatras. A gente entra e eles dizem: "Deite-se na marquise."
Sem imagem de perfil

De àlex a 28.08.2009 às 21:58

esta foto é a esquina da João XXI com a Av. de Roma não é? Bons tempos... também para que raio os arquitectos fazem tanta varanda virada a Norte - sem exposição ao sol e sim à Nortada (no caso da gde Lx) que não tem qq utilidade?!!! Na dita foto não se aplica, mas em muitas sim. Outras vezes, devido à localização dos prédios, está-se a ver que ninguém vai utilizar varandas para nada, é uma forma de servir de pala para o sol, de ser área útil mas de construção mais barata, etc, etc
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 28.08.2009 às 22:03

Exactamente. Avenida de Roma, esquina com a João XXI (em cima), Avenida de Roma, só (em baixo). No tempo em que se construía com qualidade e boa visão urbanística. Esta zona, por sinal, é daquelas que menos se têm degradado em Lisboa - digo eu, que moro precisamente na Avenida de Roma.
Imagem de perfil

De João Carvalho a 28.08.2009 às 22:21

Totalmente de acordo, álex. Especialmente com a gde Lx sem qq.
Sem imagem de perfil

De zoe a 28.08.2009 às 22:08

Bem posso aderir ao movimento, sou a única do prédio que não tem a varanda da frente tapada. com muitas plantas e uma mesa para tomar as refeições, sou também a única a estar ao fresco, enquanto os outros estão a derreter. mas, reconheço que foi difícil resistir. durante anos fomos nós os estranhos, os desendinheirados
Imagem de perfil

De João Carvalho a 28.08.2009 às 22:23

Isso tem cura. Faça o favor de se deitar na marquise.

Comentar post


Pág. 1/2



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D