Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Coerência exemplar

por Pedro Correia, em 05.08.09

 

Em 1939, aplaudiram o pacto germano-soviético e a partilha da Polónia entre Hitler e Estaline.

Em 1956, festejaram a aniquilação do levantamento nacional em Budapeste, afogado num banho de sangue.

Em 1961, deram vivas à construção do Muro de Berlim.

Em 1968, vitoriaram o brutal esmagamento da Primavera de Praga pelos blindados de Moscovo. 

Em 1989, celebraram o massacre de Tiananmen.

Vestiram luto pela queda do império soviético.

Em 2009, defendem a mais repugnante ditadura que subsiste no planeta. Nestes termos exactos: "Hoje como há 60 anos, o povo coreano está na primeira linha dos alvos do imperialismo norte-americano, o maior inimigo dos povos e da paz mundial. O povo coreano tem o direito soberano de decidir o seu futuro, sem ingerências externas, nem agressões imperialistas. Tem o direito soberano de alcançar a reunificação pacífica da sua pátria, libertando-a da ocupação pelo imperialismo norte-americano."

Se há coisa que eu admiro nos comunistas é isto: a sua coerência exemplar.


10 comentários

Imagem de perfil

De João Carvalho a 05.08.2009 às 13:04

Uma coerência exemplar e, sobretudo, estranha: carpem muito sobre o direito ao contraditório, mas não sentem necessidade de saber o que pensará esse povo coreano a que se referem com tantas certezas.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 05.08.2009 às 13:08

Naquele tempo vê-se que não havia gripe A senão aqueles dois senhores não estavam a cumprimentar-se de aperto de mão..
Sem imagem de perfil

De Augusto a 05.08.2009 às 14:10

Fala-se muito do Pacto-Germano-Sovietico, mas ninguem fala das tentativas que os russos fizeram antes, para conseguirem um pacto com a Inglaterra e com a França,e assim criar uma barreira a Hitler.

A resposta não esquecer foi o Acordo de Munique, assinado por Deladier pela França e Chamberlain pela Inglaterra, com Hitler e Mussolini.

Isto é só uma precisão historica.

Quanto ao levantamento dito nacional na Hungria, é bom não esquecer que a Hungria foi um aliado de Hitler, e que este dito levantamento nacional, tinha no seu comando , não só democratas sinceros, como aliados dos nazis, talvez por isso quer a Inglatera, a França e mesmo os EUA, pouco fizeram para condenar a repressão, que se seguiu ao golpe. Mas os golpistas tambem tiveram as mãos sujas de sangue, de muitos homens e mulheres resistentes aos nazis, e que pagaram com a vida a sua opção comunista.
Se é verdade que em nome do cumunismo se cometeram muitas atrocidades, é bom não esquecer que nem tudo é preto e branco......
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 05.08.2009 às 14:23

Felicito-o, também a si, pela sua exemplar coerência.
Sem imagem de perfil

De Anonimo mas nao Otario... a 05.08.2009 às 14:59


Comparar um Pacto de Não Agressão - Munique - com um Partilhar de Despojos de Países Ocupados - Germano-Soviético - é, no mínimo enganador...

Ligar a sublevação da Hungria - em 1956 - ao papel da dita na Segunda Guerra - que acabou em 1945 - também não me parece muito brilhante...

E já agora lembre-se também dos "homens e mulheres resistentes aos nazis, e que pagaram com a vida a sua opção NÃO comunista" em Cuba, na Venezuela, na Coreia do Norte ou ainda todos aqueles que deram a vida a tentar passar o muro de Berlim...

Sem imagem de perfil

De Daniel Marques a 05.08.2009 às 15:44

Caro dito Augusto,

Os hungaros chamam-lha a revolucao de 1956 (56-os forradalom em Hungaro).

hu.wikipedia.org/wiki/1956-os_forradalom

Falar de "dito" levantamento nacional é como comecar a chamar o 25 de Abril de golpe de 1974.

Estes doutrinados ainda nao se aperceberam que ja ha liberdade desde 1989 no leste da Europa e que as historias que lhes contava o pai Estaline ja foram ha muito desmentidas.

Respeito aos Hungaros
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 05.08.2009 às 19:34

Faço minhas as suas palavras, Daniel.
Imagem de perfil

De João Pedro a 05.08.2009 às 16:04

Ainda há dias executaram uma mulher por andar distribuir a bíblia. Se me dá liçença, Pedro, deixo-lhe aqui o link de um post (que é na sua maioria uma transcrição) que deixei no Estado Sentido, que refere esse caso e ainda um livro de testemunho na coreia do Norte.

http://estadosentido.blogs.sapo.pt/845097.html
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 05.08.2009 às 19:33

Obrigado, João Pedro. Abraço.
Sem imagem de perfil

De Augusto a 06.08.2009 às 12:17

O Acordo de Munique assinado entre a França a Inglaterra, a Italia de Mussolini e a Alemanha de Hitler entregou a Hitler a Checoslováquia, e isto tambem é historia, por muito qur custe reconhecê-lo a certas pessoas.

Aquilo que eu disse e mantenho , sobre o levantamento da Hungria em 56, é que a par de muitos democratas sinceros, tinha tambem a dirigi-la muitos daqueles, que se aliaram com Hitler na segunda guerra mundial, a extrema direita hungara e os nazis hungaros ,que aproveitaram a revolta para semear o terror, e isso tambem é historia.

Tal como é historia, a atitude da França da Inglaerra e dos EUA, que se limitaram a ficar nas bonitas frases, mas se mantiveram fora do problema, porque sabiam das enormes contradições desssa revolta, e da possibilidade da extrema-direita, caso o movimento tivesse triunfado, poder voltar ao poder, e impôr na Hungria não uma democracia, mas uma ditadura de sinal contraria á que então vigorava.

E isto tambem é história, nem tudo é preto e branco.

Comentar post



O nosso livro



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D