Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Brincalhões

por Leonor Barros, em 31.07.09

Não é preciso ser-se génio para perceber que esta medida não leva a nada e que não constitui um real apoio ou incentivo à natalidade. O rendimento médio dos portugueses é um indicador fiável de que a necessidade de apoio é premente e que deve repercutir-se no imediato. Daqui a dezoito anos as necessidades são outras, 252 euros com juros, segundo a Deco, servirão para muito pouco. Apelidá-la de “medida divertida” é um eufemismo simpático para mais uma medida vã.


14 comentários

Imagem de perfil

De Ana Vidal a 31.07.2009 às 00:51

Não é divertida, é ridícula. Alguém vai ter um filho para ganhar 200 euros???
Imagem de perfil

De Leonor Barros a 31.07.2009 às 13:14

O Sócrates deve achar que sim, Ana.
Imagem de perfil

De Teresa Ribeiro a 31.07.2009 às 00:56

Gorjetas eleitorais...
Imagem de perfil

De Leonor Barros a 31.07.2009 às 13:14

Umas mais ridículas que outras, Teresa.
Sem imagem de perfil

De Amêijoa Fresca a 31.07.2009 às 09:42

As brincadeiras de políticos...

A verborreia eleitoral
de propostas risíveis,
enche o espaço sideral
de cheiros desprezíveis.

Há promessas divertidas
de políticos brincalhões,
cheias de razões incontidas
para prometer uns milhões.

São tantas banalidades
em locuções reveladoras,
carregadas de boçalidades
sobre políticas inodoras.

A parra abundante
da política vegetativa,
é marca trucidante
da verdade putativa.
Imagem de perfil

De Leonor Barros a 31.07.2009 às 13:15

O problema é mesmo a parra abundante, Amêijoa.
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 31.07.2009 às 09:44

"A necessidade de apoio é premente"? Homessa!!!

Apoiar as pessoas para que eleas façam aquilo que é mais básico a um ser vivo, reproduzir-se? Que disparate!

Não há falta de pessoas neste mundo. Aliás, parece que até são os mais pobres quem mais se reproduz. Quando faltar gente cá, há muita gente ansiosa por para cá vir.
Imagem de perfil

De João Carvalho a 31.07.2009 às 13:04

Há quem conviva mal com isso, mas reconheço que faz sentido.
Imagem de perfil

De Leonor Barros a 31.07.2009 às 13:13

Premente? De forma alguma! Ajudar as famílias? É que nem pensar nisso! O melhor é cortar-se inclusivamente com essa prova de imensa generosidade que é o abono de família. Não é só o apoio que é divertido. Há comentários que são uma anedota completa. Já lhe tínhamos sentido a falta por aqui.
Sem imagem de perfil

De Ana Mestre a 31.07.2009 às 16:21

Leonor, com estes valores apetece ter filhos com toda a certeza ;)
Abono de família para crianças e jovens:

1º escalão de rendimentos:
- crianças com idade igual ou inferior a 12 meses - € 174,72;
- crianças e jovens com idade superior a 12 meses - € 43,68;

2º escalão de rendimentos:
- crianças com idade igual ou inferior a 12 meses - € 144,91;
- crianças e jovens com idade superior a 12 meses - € 36,23;

3º escalão de rendimentos:
- crianças com idade igual ou inferior a 12 meses - € 92,29;
- crianças e jovens com idade superior a 12 meses - € 26,54;

4º escalão de rendimentos:
- crianças com idade igual ou inferior a 12 meses - € 56,45;
- crianças e jovens com idade superior a 12 meses - € 22,59;

5º escalão de rendimentos:
- crianças com idade igual ou inferior a 12 meses - € 33,88;
- crianças e jovens com idade superior a 12 meses - € 11,29 .
Abono de família pré-natal:
Escalões de rendimentos:
1º escalão - € 174,72;
2º escalão - € 144,91;
3º escalão - € 92,29;
4º escalão - € 56,45;
5º escalão - € 33,88.
;)
Sem imagem de perfil

De mdsol a 31.07.2009 às 17:05

Nesta altura... não havia necessidade, realmente...

:)))

Comentar post



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D