Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Tio, Sócrates & Smith (2)

por João Carvalho, em 24.01.09

José Sócrates, a quem se reconhece a preocupação constante com os detalhes, diz que não se lembra se o tio o contactou para receber interessados na Freeport. Não devem estar zangados por causa do outlet, que correu bem, mas devem estar zangados por algum motivo, quando não já teria facilmente preenchido esse lapso de memória.

Rui Gonçalves, secretário de Estado do Ambiente quando Sócrates era o ministro, diz que não se lembra dos participantes numa reunião para desbloquear os interesses da Freeport, além do então ministro, dele próprio e do ex-presidente da câmara de Alcochete, José Inocêncio. Não devem estar todos zangados por causa do outlet, que correu bem, mas devem estar zangados por algum motivo, quando não também já teria facilmente preenchido esse lapso de memória.

Falta saber se Charles Smith, figura aparentemente central da investigação do imbróglio por parte das autoridades britânicas, tem boa memória. Uma lição, porém, podemos começar a tirar deste caso «Tio & Associados»: é importante passarmos a recusar ministros de memória curta, a favor dos que tiverem a mania de escrevinhar e coleccionar papelinhos, tipo Paulo Portas.

Devemos ter sempre ministros com memória de elefante. E que defendam a união da família, o valor das velhas amizades e essas coisas todas, que dão boa nota da sua formação e dão um jeitaço quando é preciso.


5 comentários

Sem imagem de perfil

De anonimo a 24.01.2009 às 01:30

José Sócrates meteu os pés pelas mãos no comunicado.
Se a reunião foi a pedido da Câmara de Alcochete, no Ministério, envolvendo o Ministro, o Secretário de Estado e técnicos do Ministério , para que foi necessário ser marcada pelo tio de José Sócrates?
Ninguém acredita nisto.
Ao que se chegou em Portugal: Um tio do ministro é que marca reuniões oficiais!
A história está muito mal contada.
José Sócrates não conseguiu esclarecer minimanente essa história da cunha para uma reunião no Ministério.
Desculpas esfarrapadas.
Imagem de perfil

De João Eduardo Severino a 24.01.2009 às 01:34

E para quem foram os 4 milhões de contos?
Imagem de perfil

De João Carvalho a 24.01.2009 às 02:15

Não me lembro...
Imagem de perfil

De Paulo Sousa a 24.01.2009 às 08:45

Expresso, online
"José Sócrates garante que não conhece pessoalmente nenhum dos promotores do Freeport. "Tudo o que possa ter sido dito a esse respeito constituí uma mentira, um insulto e uma difamação", diz ainda no comunicado.
Um familiar do primeiro-ministro confirmou ao Expresso a existência de um encontro entre um intermediário do negócio do Freeport de Alcochete e o então ministro do Ambiente, José Sócrates."
Imagem de perfil

De João Carvalho a 24.01.2009 às 15:09

Se bem percebi, «José Sócrates garante que não conhece pessoalmente nenhum dos promotores do Freeport» com os quais teve uma reunião. Que deve ter sido por vídeoconferência, presumo...

Comentar post



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D