Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Legislativas (8)

por Pedro Correia, em 27.07.09

 

O CHARME DISCRETO DO NEOLIBERALISMO

 

Há dois anos, Miguel Vale de Almeida considerava que este PS desempenhava o papel de "feitor do neoliberalismo" e garantia que o discurso de José Sócrates era "do mais absoluto vazio". Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades. Agora o mesmíssimo ex-fundador do Bloco de Esquerda surge como estrela da lista de candidatos a deputados do PS pelo círculo de Lisboa - em lugar elegível, claro, para se poupar ao suspense do entra/não-entra, que pode causar danos ao sistema nervoso. Não há como o charme discreto do neoliberalismo para seduzir um bloquista arrependido.

Autoria e outros dados (tags, etc)


9 comentários

Imagem de perfil

De Teresa Ribeiro a 27.07.2009 às 09:44

A memória é uma coisa lixada :)))
Imagem de perfil

De Daniel João Santos a 27.07.2009 às 09:53

Um pequeno passo para um homem, uma enorme perceptiva de lugar para o futuro.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 27.07.2009 às 14:03

E "perceptiva" é o quê?
Imagem de perfil

De Daniel João Santos a 27.07.2009 às 14:28

Algo parecido com um anónimo, um lapso.
Sem imagem de perfil

De Virgínia a 27.07.2009 às 09:56

Mais vale um lugar elegível nas listas do PS, que dez lugares não-elegíveis nas listas do BE.
E a lealdade que vá para as urtigas, o que interessa é um emprego estável e bem remunerado.
É a vida!
Sem imagem de perfil

De M.Coelho a 27.07.2009 às 13:21

Até parece que os blogs de direita não estão cheios de arrependidos do maoismo ...
Imagem de perfil

De Carlos Barbosa de Oliveira a 27.07.2009 às 17:01

É sina deste país, Pedro. Lembro-me de algumas acções revolucionárias de Durão Barroso, dos discursos inflamados de, Pacheco Pereira, da inquebrantável Zita Seabra, (para apenas citar alguns exemplos de figuras muito gratas ao PSD) que de um momento para o outro trocaram o fervor militante por cargos de relevo. O PS, o PSD e até o CDS, imagine-se, estão cheios de arrependidos...
Sem imagem de perfil

De José Barros a 27.07.2009 às 17:55

É sina deste país, Pedro. Lembro-me de algumas acções revolucionárias de Durão Barroso, dos discursos inflamados de, Pacheco Pereira, da inquebrantável Zita Seabra, (para apenas citar alguns exemplos de figuras muito gratas ao PSD) que de um momento para o outro trocaram o fervor militante por cargos de relevo. O PS, o PSD e até o CDS, imagine-se, estão cheios de arrependidos...- Carlos Barbosa de Oliveira

MVA arrependeu-se em tempo record, mais precisamente no espaço de dois anos e em relação ao mesmo governo que criticava por ser neoliberal, arrogante para com os cidadãos e vazio de ideias. Conversão tão rápida e tão profunda é obra, convenhamos e não tem paralelo que lhe chegue aos calcanhares nos exemplos de Durão e Pacheco Pereira. Mas percebe-se a necessidade de justificação.
Imagem de perfil

De João Carvalho a 28.07.2009 às 00:27

«Um desafio de todo o tamanho» - diz o Miguel Vale de Almeida com graça.

Comentar post



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D