Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Delito de Opinião

A advertência

Paulo Gorjão, 08.07.09

A notícia sobre a advertência de Aníbal Cavaco Silva aos partidos políticos lembra-nos, caso fosse necessário, que em Belém também se faz política e que não se paira por cima da paisagem de forma asséptica. A Presidência da República, de forma deliberada, revelou o teor de conversas mantidas em privado com os representantes dos diversos partidos, com a intenção clara de condicionar a agenda. Manobra de dissuasão, pura e dura.

Não me lembro de uma situação semelhante, i.e. em que Belém tenha revelado -- ainda que de forma genérica -- o conteúdo de conversas mantidas em privado.

A Presidência não fez seguramente a advertência em abstracto. Cavaco Silva sabe quais são os diplomas que ainda lhe podem chegar às mãos nas próximas semanas. Pelo sim e pelo não, Belém envia o recado público, como quem diz desde já que depois não digam que não foram avisados. Política, pura e dura.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.