Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Com a graça de Deus

por Pedro Correia, em 22.01.09

 

Barack Obama, agora o homem mais poderoso do planeta, começou o dia mais importante da vida dele com uma missa. Já no Capitólio, recebeu a bênção do reverendo Rick Warren, conhecido pelas suas firmes posições contra o casamento entre pessoas do mesmo sexo. Prestou juramento com a mão esquerda sobre a Bíblia. Escutou nova prédica religiosa, desta vez do pastor Joseph Lowery, que foi colaborador de Martin Luther King. E no seu discurso de investidura mencionou seis vezes Deus e uma vez as Escrituras. "Esta é a fonte da nossa confiança – o conhecimento de que Deus nos chama para moldar um destino incerto", sublinhou, rematando a alocução com esta frase: "Que seja dito aos filhos dos nossos filhos que quando fomos testados recusámos que esta viagem terminasse, que não recuámos nem vacilámos; e com os olhos fixos no horizonte e a graça de Deus sobre nós, levámos adiante a grande dádiva da liberdade e entregámo-la em segurança às futuras gerações."

Nada laicista, este Presidente que a esquerda radical por cá venera e ovaciona. A mesma esquerda que o fustigaria se aqui escutasse sermão e missa cantada como escutou lá. A mesma esquerda que ainda hoje alude depreciativamente ao "católico Guterres" e é bem capaz de fulminar José Sócrates por se benzer em público. A mesma esquerda tolerantíssima.


11 comentários

Sem imagem de perfil

De Al Jarreta a 22.01.2009 às 15:37

Lembro-me bem do geronte Bochechas atacar o Bush por isso (é óbvio que a pouca gente ele deixa saudades, mas os ataques por esse motivo eram completamente ignorantes da realidade dos EUA).
Imagem de perfil

De João Carvalho a 22.01.2009 às 15:50

Do ponto de vista religioso, a nossa esquerda é do maior conservadorismo. Foi beber às fontes de Afonso Costa e ficou por lá: continua, ainda hoje, a ter necessidade de se afirmar através do distanciamento ostensivo da religião. Usam até a mesma máscara da Primeira República (já herdada dos séculos XVIII e XIX): laicos por fora, anti-clericais por dentro.

Por estas e por outras, os que se manifestam católicos são imediatamente rotulados e olhados como inferiores, como impreparados. Enfim: neste campo, a nossa esquerda dá uma bela lição de tolerância e, sobretudo, de progressismo, daquele progressismo perdido no tempo dos liberais de antanho...
Sem imagem de perfil

De tric a 22.01.2009 às 15:55

"A mesma esquerda que ainda hoje alude depreciativamente ao "católico Guterres" e é bem capaz de fulminar José Sócrates por se benzer em público. A mesma esquerda tolerantíssima."

eu tambem me recordo muito bem da Direita Judaica, do Judas Pedro Passos Coelho a criticarem com grande ferocidade, tal e qual a esquerda, destacando-se o grande ideologo do Judas , Pedro Marques Lopes! A Direita Judaica tambem é bastante tolerantissima...

aliás , não se percebe muito bem como alguns associam ou pretendem associar "Judeu" Pedro Passos Coelho a Obama! só se for no parlapiê e na criação de ilusões, mas ai tambem podemos associar Obama ao "Coveiro da Patria" , José Socrates


Imagem de perfil

De João Carvalho a 22.01.2009 às 16:07

Eu respondia, mas não deve ser para mim. Foi lapso ou acto falhado?
Sem imagem de perfil

De tric a 22.01.2009 às 16:21

"Foi lapso ou acto falhado?"

deixo isso ao seu critério
Imagem de perfil

De João Carvalho a 22.01.2009 às 16:43

O critério foi seu, homem.
Sem imagem de perfil

De CM a 23.01.2009 às 02:05

Análise certeira esse seu comentário.
Sem imagem de perfil

De peterofpan a 22.01.2009 às 16:36

Esse discurso mostra que, afinal, teocracias existem em qualquer parte do mundo.

Mas de facto lamento que à esquerda (que sempre pugnou por um estado laico) não repugnem essas declarações do Obama. Enfim, o que faz o estado de graça...
Sem imagem de perfil

De António P. a 22.01.2009 às 16:58

Boa tarde Pedro Correia,
Pois é ! Agora não convém referir este lado de Obama ( e de todos os presidentes americanos )... mas lá mais para a frente a "tolerância" transformar-se-á em intolerância.
Cumprimentos
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 22.01.2009 às 18:06

Também me parece, António.
Cumprimentos
Imagem de perfil

De Carlos Barbosa de Oliveira a 22.01.2009 às 23:33

Alguma esquerda, Pedro, ainda vive no tempo da pedra lascada, agarrada a estereotipos e a clichés. Tens toda a razão na obsevação que fazes, mas atrevo-me a dizer que alguns dos velhos jacobinos já não têm lugar nem na esquerda bloquista das causa fracturantes.

Comentar post



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D