Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Kiev, ontem. A notícia aqui

Autoria e outros dados (tags, etc)


27 comentários

Sem imagem de perfil

De Trabant a 09.12.2013 às 13:43

É impressionante o amor que os ucranianos nutrem pelos símbolos da defunta URSS, eles lá sabem porquê.
Imagem de perfil

De Ana Vidal a 09.12.2013 às 18:30

Eu vou ainda mais longe, Trabant: é impressionante a importância que as pessoas dão aos símbolos, ainda hoje. Derrubar estátuas é bem a prova disso.
Sem imagem de perfil

De am a 09.12.2013 às 14:21

Amanhã o PCP apresentará na AR mais um voto de pesar "morte" de Lenine!

Imagem de perfil

De Ana Vidal a 09.12.2013 às 18:31

Ou um voto de repúdio em relação a este acto dos ucranianos. É bem possível.
Sem imagem de perfil

De tric a 09.12.2013 às 16:40

Agora vão colocar uma de Napoleão Bonaparte...
Imagem de perfil

De Ana Vidal a 09.12.2013 às 18:33

Ou de Durão Barroso...
Sem imagem de perfil

De Vento a 09.12.2013 às 16:54

Aninha,

porra qu´o homem deu cá uma trambulheta!
Imagem de perfil

De Ana Vidal a 09.12.2013 às 18:35

E de cabeça. Um verdadeiro traumatismo ucraniano! :-)
Sem imagem de perfil

De Maria Dulce Fernandes a 09.12.2013 às 18:02

Sabe, eu tive o privilégio de conhecer Lenin pessoalmente, alguns ( bastantes) anos depois dele ter morrido. Recordo com ironia todo aquele ritual a que nos obrigavam para entrar no mausoléu. Estive em Moscovo em 1990 e tenho recordações inolvidáveis. Se regressasse um dia às ex USSR, iria direitinha a St. Petersburg... maravilha !
Resto de boa 2ª Feira.
Sem imagem de perfil

De Atalaia da Quinta a 09.12.2013 às 18:30

Qual St. Petersburg, qual carapuça: LENINEGRADO.
Sem imagem de perfil

De João Pedro a 10.12.2013 às 01:51

A brincar, a brincar...uma vez visitei um veleiro russo proveniente da cidade dos czares, e quando perguntei: "ah, vieram de S. Petersburgo", um marinheiro fuzilou-me com o olhar (um daqueles que só os russos conseguem) e disse secamente: "Leningrad!"
Sem imagem de perfil

De Maria Dulce Fernandes a 10.12.2013 às 15:43

Viva Atalaia.

Eu conheci Leningrad, como é óbvio. O mais engraçado é que os habitantes viviam em culto permanente a Pedro o Grande... grande ironia.
Adorei.
Até o cemitério memorial da II grande guerra e o museu foram marcantes, ao contrário do rigor e opulência de fachada que se via por toda a Moscovo- Muito mais pobre, creia. Vi PEDINTES no Gorky Park !!!!!!
St. Petersburg está na minha bucket list.
Saudações cordiais !
Imagem de perfil

De Ana Vidal a 09.12.2013 às 18:37

Não conheço Moscovo, mas tenho pena. Não quero desiludi-la, Dulce, mas parece-me que quem conheceu pessoalmente foi uma figura de cera...
Boa semana para si também. :-)
Sem imagem de perfil

De Maria Dulce Fernandes a 09.12.2013 às 23:59

Querida Ana. Excepto os senhores do SITAVA que acompanhavam o grupo, creio que não havia ninguém que não estivesse ciente da verdade acerca do Senhor Deitado. Apesar de já se viver na era Gorbachev, que tive a oportunidade de ver- este em carne e osso- muito ao longe no camarote presidencial do Bolshoi, a nossa entourage menos esclarecida( e mais velha também) via KGBs em cada esquina. Foi divertido, embebedávamos- nos com vodka logo de manhã, passámos fome em hotéis esplendorosos que eram só fachada , comíamos caviar á colher do tamanho de pequenos berlindes... Café só em sonhos... Enfim, nunca mais lá voltei, ao país de faz de conta, onde todas as maravilhas eram só fachada...
Imagem de perfil

De Ana Vidal a 10.12.2013 às 01:28

Dulce, não tenho dúvida de que isso foi divertido! Já estou com inveja desse programa de decadência chique soviética... :-)
Sem imagem de perfil

De beirão a 09.12.2013 às 19:09

Se o Ti Cunhal tivesse saído vencedor do ido '25 de Novembro', tenho cá para mim que a estátua do Marques de Pombal teria dado lugar a uma outra de Lenine e, como agora fizeram os ucranianos, que os lusos acabariam por fazer também o mesmo.
Todos os ditadores, mais tarde ou mais cedo, têm o destino traçado. Ponto.
Imagem de perfil

De Ana Vidal a 10.12.2013 às 01:37

Os portugueses não são muito desses extremos, beirão.
Sem imagem de perfil

De Isabel a 09.12.2013 às 21:44

Na política quando se é extremista, ou se é amado, ou se é odiado. Foi idolatrado, durante anos, chegou a hora do ódio.
Imagem de perfil

De Ana Vidal a 10.12.2013 às 01:35

Pois é, Isabel.
Imagem de perfil

De Ana Vidal a 10.12.2013 às 01:35

Que é mais do mesmo, Ana, só que agora tira-se partido da idolatria para facturar uns cobres. E estamos no séc. XXI...
Sem imagem de perfil

De João Pedro a 10.12.2013 às 01:48

Lá está: tal como os souvenirs de Marx em Trier, também Lenine origina movimentos capitalistas. é por isso que com todos os seus defeitos, o capitalismo acaba sempre por suplantar o comunismo.

A verdade é que basta andar pelos comentérios de jornais e ver a fúria com que os comunistas ficaram perante os manifestantes, a quem chamam de "fantoches do imperialismo".
Imagem de perfil

De Ana Vidal a 11.12.2013 às 15:22

Bem observado, até Lenine origina movimentos capitalistas. O que será que ele diria deste facto? :-)
Sem imagem de perfil

De lucklucky a 10.12.2013 às 01:25

Eu Anti-Comunista estou contra. Ninguém deve derrubar as estátuas dos outros. Construam as suas.
Sem imagem de perfil

De Спасибо! a 10.12.2013 às 10:02

Dos outros, diz bem. Não consta que Lenine fosse ucraniano.
Imagem de perfil

De João André a 10.12.2013 às 10:23

Como na línguas eslavas "u" (seja na versão latina ou cirílica) é normalmente a preposição "em", até fica bem. "Traumatismo (no) craniano" ou "traumatismo no crânio" ;).

Aliás, o próprio nome da Ucrânia implica isso mesmo: na versão russa significará algo como "na fronteira" e de acordo com algumas divergentes e mais recentes versões ucranianas significará "na terra", como que querendo dizer "nossa terra".
Imagem de perfil

De Ana Vidal a 11.12.2013 às 15:26

Obrigada pelo douto contributo, João André. Não conhecia a etimologia da palavra Ucrânia. E vem muito a propósito, até porque "na terra", e com alguma violência, foi onde foi parar o crânio do pobre Lenine. ;-)

Comentar post



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D