Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Insegurança social - VII

por Teresa Ribeiro, em 28.11.13

Não me esqueço do dia em que ao sentar-me para mais uma "entrevista", informando enquanto tirava um molho de papéis da mala que tinha vários assuntos a tratar, uma funcionária de olhos nos meus me diz em voz baixa: "Desculpe, mas eu vou ter que lhe pedir para não demorar muito tempo. É que eu fui aqui colocada pelo centro de emprego há poucos meses e tenho ordens para não perder mais do que 15 minutos com cada pessoa. A minha chefe não quer saber se atendo bem ou mal. O que não posso é baixar a média de atendimento de quatro pessoas por hora. Quando me avisou que tinha muitos assuntos para tratar achei melhor pedir-lhe desde já este favor porque é a manutenção do meu emprego que está em causa, entende?"

Foi surreal, mas entendi. Longe de mim comprometer o emprego da senhora. Entendi tudo: o stress dela e a suprema hipocrisia dos responsáveis pelos "serviços de apoio" aos contribuintes, onde o que contam são os índices de produtividade e não a qualidade da resposta que é dada aos utentes.


4 comentários

Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 28.11.2013 às 15:50

a qualidade da resposta que é dada aos utentes

Discordo.

Um parâmetro fundamental da qualidade da resposta é, precisamente, a rapidez no atendimento.

Se a Teresa demorasse mais do que 15 minutos, todas as outras pessoas que estavam na bicha atrás da Teresa ficariam furiosas e considerar-se-iam mal atendidas.

Eu uma vez, numa repartição de finanças, tinha um assunto relativamente rápido e comezinho a tratar mas tive que esperar mais de uma hora enquanto uma única pessoa era atendida. Fiquei, naturalmente, furibundo.

Se a Teresa tinha muitos assuntos a tratar, então o que deveria ter feito era tratar de um só deles e depois voltar para a bicha para tratar de cada um dos seguintes.

Tem que pensar nas milhentas outras pessoas que estavam na bicha, cada uma delas com apenas um assunto para tratar.
Imagem de perfil

De Teresa Ribeiro a 29.11.2013 às 12:55

É aborrecido esperar, mas mais aborrecido ainda é ser entendido por um funcionário que está mais preocupado com o tempo que vai perder connosco do que com o bom encaminhamento dos nossos assuntos.
Sem imagem de perfil

De amendes a 28.11.2013 às 16:53

Essa sua saga com a SS já me está a preocupar (desculpe se o termo não é apropriado), na medida em que, além de ser mal atendida, perde um tempo precioso.

Digo-lhe muito a sério:

Como reformado da SS, ofereço-me como voluntário para tratar dos seus assuntos ( não confidenciais) em qualquer repartição do Distrito de Lisboa.

Felicidades e paciência.
Imagem de perfil

De Teresa Ribeiro a 29.11.2013 às 12:50

Obrigada, amendes. Fica anotado. Lembro-lhe que nesta série tenho aproveitado para falar também de outros casos que tenho observado.
Não lhe chamaria saga, embora o que me leva à SS já se esteja a arrastar há vários meses.

Comentar post



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D