Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Portugal no caminho da glória.

por Luís Menezes Leitão, em 20.11.13

 

Vencemos. Somos os maiores. Apesar dos golpes baixos dos suecos, que nem sequer hesitaram em recorrer à magia negra, sob o alto patrocínio da água da mesma cor vendida pela Pepsi, Cristiano Ronaldo demonstrou que é um super-herói. Graças a ele Portugal redescobriu o caminho para as terras de Vera Cruz, imitando o feito de Cabral há mais de quinhentos anos. Perante a gloriosa exibição de ontem, não há dúvidas que no Mundial arrasaremos todos os nossos opositores. Quanto à crise financeira, podemos estar seguros que, com as nossas brilhantes capacidades futebolísticas, irá seguramente ser ultrapassada.  Quem é que depois da exibição de ontem pode duvidar que Portugal irá ter um sucesso glorioso no regresso aos mercados? Nunca jamais em tempo algum seremos sujeitos a um programa cautelar, quanto mais a um segundo resgate. Ooops!


9 comentários

Sem imagem de perfil

De am a 20.11.2013 às 10:58

Rui Manchete não diria melhor!
Sem imagem de perfil

De Vento a 20.11.2013 às 11:53

Não quero deixar de cumprimentar a Pepsi e os mercados apresentando-lhes e oferecendo-lhes as nossas garantias presentes e futuras (agarrem bem esta oportunidade, meus amigos!!!), que até têm um museu:

http://www.youtube.com/watch?v=B7IjuUwCVRk

Se há coisa que nós sempre fizemos na história foi erguer-nos muito bem em qualquer situação. Não há vudu que nos amarre as garantias.

Viva Portugal!
Sem imagem de perfil

De Ora Bolas a 20.11.2013 às 12:00

Uma coisa é uma coisa outra coisa é outra coisa.
Sem imagem de perfil

De Vasco a 20.11.2013 às 12:39

Estive a olhar em volta e só vi uma pessoa a misturar bola com política.
Sem imagem de perfil

De Vasco a 20.11.2013 às 17:55

Oh, pfft — esse não conta. Aliás, se o PM não dissesse nada caiam-lhe em cima na mesma por ser uma besta insensível; assim é só um oportunista descarado sem escrúpulos, provavelmente. Vocês, jornalistas, enfarilham esta gaita toda.
Sem imagem de perfil

De Liberato a 20.11.2013 às 14:04

Com tamanha dose de anestesia duradoura até Junho até podem lancetar-nos com programas cautelares ou segundos resgates que a dor será mínima. Mas se entretanto nos amputarem (o melhor do mundo) daremos urros de desconsolo e estrebucharemos de indignação.
Sem imagem de perfil

De da Maia a 20.11.2013 às 14:42

Não sabia da campanha da Pepsi.
Quando uma multinacional se dá a esse desespero, é porque o mercado anda muito mal mesmo. Não me lembro de nada similar.
O mercado, como sabemos, é uma feira, e tem todo o tipo de ciganos, e não estou a falar da etnia. E os feirantes têm um programa de festas para o seu negócio, se corre mal de um lado, não deixam de tentar noutro.
O futebol é um palco internacional que influencia a política, como tem salientado bem. Quando falta o pão, está aí o circo. Se falhasse o circo, não era garantia de pão, e assim pelo menos os olhos comeram três belos golos, e os vudus têm que questionar a sua crença no condicionar do futuro.
Sem imagem de perfil

De lucklucky a 21.11.2013 às 21:39

"Não sabia da campanha da Pepsi.
Quando uma multinacional se dá a esse desespero, é porque o mercado anda muito mal mesmo. Não me lembro de nada similar."

Não surpreende tal reacção. Não entende que as empresas são feitas por pessoas.

Comentar post



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D