Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Isto não é apenas sobre futebol

por Pedro Correia, em 24.10.13

Fredy Montero é uma das melhores aquisições do futebol português nos últimos anos. Natural da Colômbia, jogava nos Estados Unidos e foi descoberto em boa hora pelos olheiros de Alvalade. No Sporting, em oito jogos disputados esta época, fez 12 golos -- a melhor marca do género registada por algum jogador do clube pelo menos neste século, contribuindo em larga medida para que a equipa leonina seja de momento a que tem maior índice ofensivo a nível europeu, acima do Real Madrid, do Manchester City e do Barcelona. "O ataque mais mortífero da Europa", como titulou o Record, recorrendo à típica terminologia da imprensa portuguesa especializada em futebol.

Com ele em campo, ao contrário de quase todos os restantes jogadores do nosso campeonato, a notícia não é quando marca: é quando não marca.

 

 

Dir-se-á, para quem veja de fora: os adeptos sportinguistas devem andar eufóricos. A resposta só pode ser afirmativa.

Mas nem sempre foi assim. Recuemos três meses.

Montero acabara de chegar a Lisboa, tendo sido apresentado aos sócios no estádio José Alvalade. Tiraram-se as primeiras fotografias, já com o colombiano vestido de verde e branco, ao lado do presidente do clube, Bruno de Carvalho.

A esmagadora maioria dos sportinguistas nunca o vira jogar. Aguardou, portanto, com genuína expectativa, para o avaliar em campo.

Mas não faltou também quem desde logo começasse a dizer mal da escolha, ruminando argumentos contra o atleta colombiano e a escolha feita pela direcção sportinguista, duramente criticada em blogues que dizem ser leoninos e cujas caixas de comentários reflectem o desvario que por vezes se apodera de certos adeptos da bola, sejam ou não do Sporting.

Mantenho o meu arquivo sempre actualizado. E do arquivo desenterro frases como estas, então publicadas nesses blogues:

«O Ghilas [avançado entretanto contratado pelo FC Porto, onde não tem passado do banco de suplentes] é dez vezes superior a este Montero. Mas este dá uma comissão maior.»
«Parece um jogador mediano, penso que será mais para fazer número.»

«Ao contrário do que diziam, ele não é craque, longe disso.»
«Dado que Montero não é um jogador de área, temos aqui alguns problemas.»
«Para mim não é um verdadeiro goleador e tenho dúvidas que faça 15/20 golos numa época.»
«Troco Montero pelo Bruma [ex-jogador sportinguista entretanto transferido para um clube turco], esse é craque, é o único que me vai levar a ir a Alvalade.»
«Montero não mostrou instinto goleador.»

«Não vale a pena andar a contratar por contratar, sem dinheiro muito dificilmente se consegue qualquer acréscimo de qualidade.»

«No dia em que o Bruno [de Carvalho] contratasse mesmo um jogador a sério punha o Sporting nas primeiras páginas de toda a imprensa internacional.»

Gostaria de saber o que os ressabiados que escreveram tudo isto pensarão de Montero agora. Imagino que festejam  com a mesma satisfação que eu os golos marcados pelo avançado que tanto denegriram. E são até capazes de garantir nas conversas de café, muito à portuguesa, que anteviam desde o início que seria um excelente reforço. No momento em que a Europa do futebol já tem os olhos postos em Alvalade, à espreita das próximas prestações em campo do jovem colombiano.

O problema é que isto não sucede só no futebol.

A ignorância é muito atrevida. As palmas de aprovação e os polegares ao alto nas redes sociais são sempre mais prováveis quando se utilizam palavras contundentes. E dizer mal do que não se conhece -- sem conceder sequer o benefício da dúvida ao destinatário das críticas, por mais gratuitas que sejam -- é um verdadeiro desporto nacional.


16 comentários

Sem imagem de perfil

De Ora Bolas a 24.10.2013 às 13:14

E eu a pensar que era um produto da Academia de Alcochete...
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 24.10.2013 às 17:00

Da Academia do Sporting já saíram o melhor jogador da Europa (Luís Figo) e do mundo (Cristiano Ronaldo). Tomara você poder dizer algo semelhante do seu clube.
Sem imagem de perfil

De Ora Bolas a 24.10.2013 às 17:29

Azar, está enganado. O meu falecido Pai era do Sporting, quanto a mim desinteressei-me completamente do futebol quando incontáveis marmanjos de nunca se tinha ouvido falar começaram a chegar ao aeroporto, a vestir uma camisola, e passaram a ser "dos nossos", mesmo que aqui apenas pretendam um passaporte para os grandes clubes estrangeiros.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 24.10.2013 às 20:33

A minha homenagem à memória do seu Pai.
Sem imagem de perfil

De Peço a Deus a 24.10.2013 às 18:46

Parabéns! É de aproveitar enquanto durar.
Vamos lá ver se desta tiramos o primeiro exemplo de sucesso, em Portugal, da mudança de gerações num poder de igual ou de superior grandeza. Se tal acontece, a ver vamos como vai estar esse "reinado" daqui para uma meia dúzia de anos... Espero que este, que representa bem as novas gerações , seja menos mafioso que os velhos, aqueles daquela laia que ainda muito abunda. É só isso que eu espero, isto só para eu poder ter alguma esperança no futuro português.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 24.10.2013 às 20:34

Haja esperança, sim. Mas para isso é preciso não dar ouvidos às aves agoirentas que ainda esvoaçam nas bancadas de Alvalade e deixam estas frases tão clarividentes na blogosfera.
Sem imagem de perfil

De am a 24.10.2013 às 17:34

Caro Lagarto P.Correia
Faça o favor de acrescentar que, a maioria ( dos melhores) jogadores da nossa seleção... passaram pela Escola de Alcochete...

Lampião/ou/ Dragão... dói mas é verdade!
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 24.10.2013 às 20:39

Tem razão, AM.
Cristiano Ronaldo, Nani, Rui Patrício, João Moutinho, Varela, Miguel Veloso, Beto, Cédric, André Martins e Beto. Só para mencionar os nomes da última convocatória do seleccionador Paulo Bento.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 24.10.2013 às 18:40

Não estão exagerar um pouco na categoria do homem ? Eu diria que é o melhor ponta de lança da galáxia ...
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 24.10.2013 às 20:40

Não por acaso, Camões encerra 'Os Lusíadas' com a palavra inveja...
Sem imagem de perfil

De Peço a Deus a 24.10.2013 às 20:51

Prudência, prudência, tantos anos sem nada, qualquer coisinha, sobe logo à cabeça, e depois é só dá em merda.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 25.10.2013 às 00:21

Prudência não é uma das virtudes mais características do leão.
Sem imagem de perfil

De Deus a 27.10.2013 às 21:44

Eu bem vos aconselhei.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 27.10.2013 às 23:15

Quando forem jogar a Alvalade faz-se o balanço.
Sem imagem de perfil

De am a 24.10.2013 às 21:51


Peço a Deus
e ao Jesus não pede nada?

Eu pedia... raspa-te.... antes do julgamento de Pilatuns Filipium Vierum!

Comentar post



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D