Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




E agora, quando tiver que preencher um formulário, onde é que eu vou pôr 81 caracteres* da freguesia de nascimento e 74 caracteres* da freguesia de residência?

 

*Espaços incluídos


22 comentários

Sem imagem de perfil

De Carlos Azevedo a 01.10.2013 às 01:17

Vá lá, até tive sorte: com a união, a de nascimento e a de residência passaram a ser uma só; e, em todo o caso, são apenas 56 caracteres.
Imagem de perfil

De Ana Lima a 01.10.2013 às 02:12

Pois... O Carlos tem mais sorte. :)
Eu nem sei se a freguesia de nascimento altera ou continua a ser a que era à altura do nascimento...
De qualquer forma esta questão das designações das novas freguesias é complexa. Se em certos casos se definiram logo novas designações, noutros ficaram as "Uniões". Se tivesse havido interesse e capacidade para o fazer talvez se pudesse ter aproveitado para votar em novos nomes. Vamos ver o que irá acontecer.
Sem imagem de perfil

De Carlos Duarte a 01.10.2013 às 12:25

Cara Ana,

Não é assim. Para mudar o nome da freguesia "pré-eleição" tinha que haver concordância das juntas envolvidas em assembleia municipal. Nas que houve, o nome mudou.

Nas restantes, a mudança de nome fica a cargo de votação em Assembleia de Freguesia na primeira reunião da mesma. O que não implica que o nome venha a encurtar muito... admito que em muitos sítios se limite a perder o "união de freguesias de" e ficar os nomes (a minha, por exemplo, é bem capaz de ficar "Lordelo do Ouro e Massarelos").
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 01.10.2013 às 15:47

a mudança de nome fica a cargo de votação em Assembleia de Freguesia na primeira reunião da mesma

Calculo que não vá ser uma decisão nada fácil.

Em muitos casos, uniram-se numa freguesia duas ou mais aldeias com populações idênticas. Não se poderá dar à nova freguesia o nome de nenhuma delas sem que a outra fique terrivelmente despeitada.
Sem imagem de perfil

De Carlos Duarte a 01.10.2013 às 16:22

Daí achar que na maioria dos casos o que vai acontecer é o A, B e C (ordem alfabética)
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 01.10.2013 às 16:41

Provavelmente. Mas será uma péssima solução.
Já viu "freguesia de Aguada de Baixo e Barrô"? É ridículo e complicado.
O correto seria escolherem um lugar qualquer (mesmo que muito secundário) no meio das aldeias e porem à freguesia o nome desse lugar.
É por estas e outras que considero que esta união de freguesias foi um disparate. Não vai simplificar nada, só vai complicar.
A união de concelhos é que teria sido correta. Por exemplo, unia-se os concelhos de Águeda, Oliveira do Bairro e Anadia e chamava-se ao concelho resultante "Bairrada Norte".
Sem imagem de perfil

De Carlos Duarte a 01.10.2013 às 16:46

Estamos de acordo no disparate e, se era para poupar dinheiro, seria sempre com os municípios e não com as freguesias.
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 01.10.2013 às 16:53

Pois. Não vão poupar dinheiro nenhum porque, na prática, as freguesias manterão um local de atendimento em cada uma das aldeias. O número de edifícios e de funcionários manter-se-á - pela simples razão de que são necessários.
Perguntei nas Finanças como é que eles vão fazer para numerar as propriedades (rústicas e urbanas) de acordo com as novas freguesias. Responderam-me que não o irão fazer. Vão deixar tudo como está, com as freguesias antigas. Por aqui se vê os efeitos práticos da reforma...
Imagem de perfil

De Ana Lima a 02.10.2013 às 00:49

Se pensarmos na anterior reforma administrativa ainda hoje em dia há discrepâncias. No caso do centro de Lisboa, uma determinada localização pode ser uma freguesia para as Finanças e outra para a Conservatória do Registo Predial que nunca fez a alteração. Por exemplo aí ainda aparece a antiga freguesia do Marquês de Pombal que não existe há já bastante tempo.
Imagem de perfil

De Ana Lima a 02.10.2013 às 00:20

Obrigada pela explicação, Carlos. Teria que haver uma razão.
Mas não deve ser fácil chegar a acordo. Em Lisboa, por exemplo, onde os nomes foram definidos logo na apresentação da proposta da reorganização administrativa, ainda há quem não se conforme.
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 02.10.2013 às 12:02

Eu diria que em Lisboa a decisão foi muito fácil, porque os nomes anteriores das freguesias já de si não eram, na generalidade, nomes de bairros, mas sim de santos. Por exemplo, no caso da minha freguesia, uniram-se três freguesias que tinham nomes católicos e criou-se uma nova freguesia também com um nome católico. O cheiro é o mais ou menos o mesmo que anteriormente.
Mas em meios rurais vai ser um problema complicado, pois os nomes das freguesias eram nomes de aldeias. Se se suprime o nome de uma aldeia no nome da nova freguesia, isso terá o significado implícito de que essa aldeia é secundária em relação às restantes. Vai dar luta.
Imagem de perfil

De Ana Lima a 02.10.2013 às 12:46

Tem razão, Luís. Eu sei que, mesmo em Lisboa, há situações menos pacíficas. Mas nada que se compare às áreas rurais...
Sem imagem de perfil

De Fausto a 20.11.2013 às 01:12

Há aqui um lapso. Não é a Assembleia de Freguesia que tem competência para aprovar o nome para a freguesia, mas sim a Assembleia da República.
Imagem de perfil

De jpt a 01.10.2013 às 07:54

Questão letal, cara freguesa
Imagem de perfil

De Ana Lima a 02.10.2013 às 00:54

Bem, os nomes são muito importantes. Mas espero que não se chegue a situações tão complicadas assim...
Sem imagem de perfil

De Pacote a 01.10.2013 às 10:17

A conversa é como às cerejas...
Aproveito o
Falar em freguês( não formulário, mas "aldrabário")

Pago 40 e tal euros por mês à Zon -- pacote Iris
Note-se : - Quem aderir agora ao mesmo programa pagará 24,9 !!!!

Digam lá se isto não é pior do que preencher um milhão de formulários?

N´s, os clientes antigos é que suportamos a conta dos novos aderentes...

Será justo? Não ir ao Pacote?
Sem imagem de perfil

De Princesa Tagarela a 01.10.2013 às 11:36

Excelente questão !! :D
Sem imagem de perfil

De Liberato a 01.10.2013 às 14:02

Para encurtar podiam dar-lhes nomes de santos, por exemplo: S. Miguel ou S.Relvas
Imagem de perfil

De Ana Lima a 02.10.2013 às 01:00

S. Miguel deve haver várias por aí. Já S. Relvas me parece uma proposta sem créditos.
Sem imagem de perfil

De Carlos Cunha a 01.10.2013 às 17:25

como, por esse facto que relata, vão passar a ser mais longas as anedotas que fazem uso de nomes de localidades, não tarda vai ser aprovada legislação para que esses nomes das freguesias venham a ser encurtados, para reduzir os tempos de pausa de café e anedotas e de escrita / leitura de emeésses e imeiles desperdiçados pelos funcionários públicos, então agora que vão trabalhar 40 horas semanais.
(ah, já me esquecia que o álvaro já era).
Imagem de perfil

De Ana Lima a 02.10.2013 às 01:11

Então essa hora a mais não é exactamente para fazer comentários em blogues e publicar "coisas engraçadas" no facebook?

Comentar post



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D