Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Europeias (36)

por Pedro Correia, em 01.06.09

 

MEP: MAIS 'SUSTENTABILIDADE'

 

Li o programa do Movimento Esperança Portugal às eleições europeias.

 

Principais propostas:

- Convergência entre desenvolvimento económico e coesão social

- Transformar a UE numa entidade política com verdadeira influência e poder à escala mundial

- Aprofundar a dimensão humana do projecto europeu

- Reforçar o financiamento de programas que contribuam para a cidadania europeia

- Reforçar o orçamento comunitário

- Política europeia de integração de imigrantes e seus descendentes

- Política agrícola e política de pescas mais viradas para o mercado e menos subsidiadas

- Redução da dependência energética da UE face ao exterior

- Modernização da rede ferroviária europeia

- Construção de uma Europa solidária e interdependente com o resto do mundo.

- Alargamento da UE aos países balcânicos e à Turquia

- Reforço da cooperação da UE com os EUA

- Respeito pela esfera de soberania própria de cada país membro.

 

Comentários:

- Enfim, um programa digno desse nome.

- Aquele verde fica-lhes bem.

- O MEP é a primeira força política portuguesa nestas europeias, que eu tenha reparado, a citar Jean Monnet, o homem que sonhou ver a Europa unida e lançou os alicerces deste projecto.

- Fala-se - e muito bem - no drama da pobreza, "limitadora dos direitos de exercício pleno da cidadania".

- Gosto do slogan "Por uma Europa de rosto humano".

- Este documento não evita as fórmulas vazias e redundantes, do género "o MEP quer contribuir para a construção de um projecto de proximidade, de uma Europa das pessoas".

- Detesto a palavra 'sustentabilidade', de que se usa e abusa neste programa. 'Implementar' e 'governabilidade' também eram dispensáveis.

- Para partido estreante não está mal.


14 comentários

Sem imagem de perfil

De Pedro Gomes a 01.06.2009 às 18:46

Curiosamente, fiz o questionário do EU Profiler (http://www.euprofiler.eu/) há alguns dias e o resultado obtido aproxima-me do MEP:

http://economico.sapo.pt/forumbolsa/index.php?action=dlattach;topic=20881.0;attach=17514;image

Nem sequer conhecia as propostas eleitorais deste partido, agora já tenho uma ideia mais concreta graças ao de trabalho "de sapa" do Pedro Correia na análise dos diversos programas eleitorais. E de facto, não sei como fui parar próximo deste partido :)
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 01.06.2009 às 19:38

Até agora, foi o que me pareceu melhor, Pedro, como aliás se infere do que tenho escrito. Mas ainda me faltam quatro. Nove já estão aviados.
Sem imagem de perfil

De mdsol a 01.06.2009 às 21:28

E eu a ler também já vou em nove!

:)))
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 02.06.2009 às 00:05

Vai dar trabalho, mas chegarei ao fim, Maria do Sol.
Imagem de perfil

De Ana Vidal a 01.06.2009 às 21:59

A frase "Por uma Europa de rosto humano" lembra-me, inevitavelmente, a célebre: "O rosto com que fita é Portugal". Não sei se terá sido propositado, mas o efeito é garantido no aumento da auto-estima nacional e no possível papel que podemos ter na Europa.

Obrigada por mais este trabalho de casa que fazes por nós. Pouquíssimos terão paciência para ler os programas partidários, e eu confesso que não sou um deles.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 02.06.2009 às 00:06

Obrigado eu pelo incentivo, Ana.
Imagem de perfil

De João Carvalho a 01.06.2009 às 22:03

É o primeiro trabalho em que se empenham e é também um esforço interessante. Concordo que era escusada a terminologia da moda, bem como as abstracções. Mas reconheça-se-lhes a diferença que marcaram ao lado dos 'habitués'.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 02.06.2009 às 00:06

Penso o mesmo. E fiquei satisfeito por ter chegado a essa conclusão.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 02.06.2009 às 18:15

Alargamento à Turquia é má ideia.
Integração de imigrantes muçulmanos está condenado ao insucesso devido a profundas diferenças culturais.

GP
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 03.06.2009 às 00:46

Quanto a isso, entendo que nada deve ser decidido sem uma profunda discussão na Europa.
Sem imagem de perfil

De Luís Cardoso a 05.06.2009 às 17:44

"Transformar a UE numa entidade política com verdadeira influência e poder à escala mundial"
Isto só pode ser feito à custa da perda de soberania das nações da União. Ideia, no mínimo, parafederalista.
Contraria a última proposta.

"Reforçar o orçamento comunitário"
Isto só pode ser feito à custa do aumento da carga fiscal, se não da nossa da de outros povos europeus.
Em todo o caso, levará a um aumento do peso político da União, o que é indesejável.

"Alargamento da UE aos países balcânicos e à Turquia"
A adesão de países que não partilham da base cultural e civilizacional comum aos estados ocidentais, nomeadamente a que se nutre das raízes judaico-cristãs, é suicídio colectivo.
Sem imagem de perfil

De l.rodrigues a 06.06.2009 às 22:38

Pedro Correia,
Dado que detesta a palavra sustentabilidade, qual sugere para a substituir? Ou detesta antes a ideia de sustentabilidade?
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 06.06.2009 às 22:47

Olá, você por aqui? Seja bem-vindo.
Sem imagem de perfil

De l.rodrigues a 07.06.2009 às 18:31

Obrigado.
Vai responder ou aquilo era mesmo só embirração?

Comentar post



O nosso livro



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D