Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Delito de Opinião

a traição por um dia

Patrícia Reis, 04.09.13

A traição começa na cabeça, ele sabe, é um homem do mundo, nada de carências, é rápido e aceita o que há, seja lá isso o que for.

A traição começa no corpo e o corpo deixa-se ir, em movimentos sincopados, sem cadência, mas com um ritmo que ele sabe ser o certeiro, recusa a culpa e diz que o sexo é amor e, por isso, a saudade aumenta. Pode ser. A vida corre na rua, lá fora, pelo mundo sem certezas. As janela não cedem. Os telefones em silêncio. Olha para a mulher que se deixa ir. Não é é ele. É como no Carnaval, um palco que invade o corpo e as palavras e nada é o que parece.

Ou não.

3 comentários

Comentar post