Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Europeias (32)

por Pedro Correia, em 29.05.09

 

 

PNR: O CÃO-GUIA

 

Tentei ler o programa eleitoral do Partido Nacional Renovador para estas europeias. Tentei, mas não consegui: se tem programa, o PNR esconde-o dos eleitores. Resta um apelo do seu líder, José Pinto-Coelho, para que "cada nacionalista" não deixe de votar no partido a 7 de Junho. Não sou nacionalista: a retumbante proclamação do gauleiter luso não se dirige a pessoas como eu. Mesmo assim, parece-me demasiado minimalista este apelo para se votar num programa que fica por divulgar. Como se cada eleitor fosse cego e surdo - e o partido o seu cão-guia.

Como contributo original do PNR para esta campanha, sobra o termo federasta. Odeio esta palavra.


15 comentários

Imagem de perfil

De João Carvalho a 29.05.2009 às 11:37

Se calhar voto no PNR, com no seu programa-surpresa. É mais emocionante.
Sem imagem de perfil

De bloom a 29.05.2009 às 11:40

Pedro, o PNR lixou-te o programa de leres os programas.
Sem imagem de perfil

De mdsol a 29.05.2009 às 13:47

Pedro Correia
Alguém que valha a pena o abençoe por esta série de posts. Só pode ser uma boa pessoa.
Eu só de me lembrar do ar dos protagonistas me apetece ir dar uma volta e esperar que passe a lembrança.

:))
Sem imagem de perfil

De Anonimo a 29.05.2009 às 16:38

"gauleiter luso"

Delicioso...
Sem imagem de perfil

De PDuarte a 29.05.2009 às 20:57

ó Pedro veja lá isto sff:

há uma coisa com que não posso.
não posso, pronto.
é com hipócritas
metem-me nojo.
e cada vez são mais.
estes gajos do PNR são dos exemplares mais perfeitos desta estirpe de gente.

se são contra a Europa, se não aceitam nada daquilo que de lá vem, como é que têm a pouca vergonha de concorrer para lá.
é evidente que isto também se aplica a outros partidos mais politicamente correctos, mas agora estou a falar deste. tenho dito.


os de cima anule por obsequio
Imagem de perfil

De Ana Vidal a 30.05.2009 às 10:04

E quem serão os nacionalistas portugueses cegos, surdos e mudos que entregam os seus destinos a um cão-guia de raça duvidosa, logo eles que tanto se preocupam com as raças?
Não prevejo grande adesão à causa deste rafeiro, felizmente.
Sem imagem de perfil

De Anonimo a 21.10.2009 às 11:36

E notoria a tua pouca inteligencia acerca do nacionalismo e patriotismo, pois sao vocabulos que nao fazem parte da tua vida.... no entanto deixa-me informar-te que o programa eleitoral do PNR sempre esteve escrito no sitio oficial do partido, so a tua ignorancia justifica tal comentario ultrajoso !
Sem imagem de perfil

De Pedro Esteves a 03.06.2009 às 17:26

Maria Flor Pedroso, entrevista com Humberto Nuno de Oliveira - Antena 1

http://www.youtube.com/watch?v=FPIJ-YOn108
Sem imagem de perfil

De Pedro Esteves a 03.06.2009 às 17:37

Convém acrescentar, que o PNR é um partido em que o Presidente se encontra (refém) sob medida de coação de Termo de Identidade e Residência no âmbito de uma queixa-crime apresentada contra ele por parte do Vereador da CML, José Sá Fernandes, em virtude do cartaz afixado pelo PNR (http://img378.imageshack.us/img378/8637/pnrpngza4.png) .
A "inquisição" tem sido levada a cabo pela “Unidade Especial de Investigação ao Crime Especialmente Violento” do DIAP.
Sem imagem de perfil

De Ricardo a 04.06.2009 às 17:38

2 UNIÃO EUROPEIA

O Partido Nacional Renovador rejeita liminarmente a união politica da Europa e portanto não aceita o federalismo ou qualquer forma de governação supra-nacional. Por consequência é contra o Tratado da Constituição Europeia.
O PNR entende que é possível a construção da Europa sem alienar necessariamente a soberania de cada estado.
A posição defendida pelo PNR assenta no primado da inviolabilidade da soberania e portanto na recusa da submissão dos pequenos estados aos desígnios dos grandes, que inevitavelmente ocorrerá sob a égide do mundialismo.
Defendemos a cooperação em vez da integração, defendemos uma Europa centrada na sua própria identidade, mas respeitando as identidades específicas de cada nação, pelo que preconizamos não uma União Europeia de cariz político, mas uma União Económica baseada nas vantagens recíprocas para todos os estados, resultantes do alargamento dos mercados e da abolição das barreiras alfandegárias.
Portugal até agora só perdeu com a entrada na União Europeia:
Baixas rendibilidades na aplicação dos fundos concedidos, destruição da agricultura e das pescas, deslocalização de empresas e redução do investimento directo estrangeiro, desemprego em massa, perda de soberania em quase todos os domínios, pesados custos para os cidadãos resultantes da uniformização das legislações, sem ter em conta as diferenças de nível de vida entre os países, a imigração em massa resultante da abolição das fronteiras, a insegurança e a criminalidade generalizada.

O PNR propõe-se:
> Suspender os acordos de Schengen e restabelecer o controlo sobre as fronteiras nacionais;
> Negociar a redução das externalidades negativas resultantes da globalização;
> Fomentar acordos de cooperação económica e outros de interesse comum, com todos os países da Europa e em particular com os não alinhados;
> Combater e denunciar os malefícios da Constituição Europeia ("Não à Constituição!");
> Impedir a entrada da Turquia na U.E. ("Turquia Não");
> Recuperar a soberania para Portugal.

Fonte:PNR - Partido Nacional Renovador - Programa Poltico do PNR

Pensa por ti e nao te limites a dizer merda que les por ai nos blogues

Agora querem todos que eu vos explique cada uma das alternativas que o PNR apresenta,mas ok eu explico, porque eu nao me limito a mandar bitaites,eu confronto as ideias.......é ai que nos nacionalistas nos distinguimos...
Sem imagem de perfil

De aficionado a 05.06.2009 às 15:02

A propósito de cães guias, que a suposta "carneirada" do PNR segue, deixo aqui um comentário do camarada Caturo (principalmente o três últimos parágrafos):


"Mas qual compactuar, c@r@lh0. A mim o que me IRRITA, e cada vez mais, são pessoas que não sabem separar as pessoas dos movimentos.

PESSOAS É UMA COISA - MOVIMENTOS É OUTRA.

Ao contrário do que alguns sempre quiseram fazer crer, o PNR NÃO É A FN NEM A HAMMERSKIN NATION.

A cara do PNR não é a do Mário Machado.
Nem a do Pinto Coelho. Nem a da sua ACTUAL direcção, nem tampouco a do seu ACTUAL Conselho Nacional.

O PNR só tem uma cara. Esta:
http://2.bp.blogspot.com/_suD1pzsRnwE/Sfhz2ga5YcI/AAAAAAAACl8/2IDMtyc6R2o/s1600-h/ViveaChama.gif

Fartei-me de explicar isto, que todos deviam saber a todo o momento e todos os dias. Fartei-me de lembrar que é precisamente por causa da merda das relações pessoais, ou pessoaizinhas, que as organizações em Portugal se vão abaixo, ou porque o pessoal se chateia uns com os outros QUASE SEMPRE POR MOTIVOS PESSOAIS, POUCO IDEOLÓGICOS, e porque, em consequência, ou abandona o movimento ou cria um outro grupo qualquer, o dos seus amigos. Há em Portugal gente a juntar-se a certos movimentos só porque não gosta do PNR SÓ PORQUE NÃO GOSTA DO MÁRIO MACHADO.

Isto a mim irrita-me. Essa mania das amizadezinhas versus questões-pessoais, e solidariedadezinhas com os amigos que estão todos num grupo então vamos para esse, mas depois há chatices e funda-se outro grupo qualquer. Já chega. Já era tempo de terem aprendido que essa merda só ATRASA o Movimento.

Lembro-me de ter ouvido certo camarada a dizer, num dado grupo, «nós antes de mais nada temos de ser todos amigos».
É por causa de mentalidades assim que o Movimento estagna e os grupos crescem menos do que deviam.

NÃO, NÃO TEMOS DE SER AMIGOS.
TEMOS DE SER, EM PRIMEIRO LUGAR, CAMARADAS.

Amigos é na taberna. Numa organização política o laço que une os militantes É A MILITÂNCIA IDEOLÓGICA, NÃO É A AMIZADE.


Está tudo a arder, o País a ser iminvadido, o Nacionalismo numa CORRIDA CONTRA O C@R@LH0 DO TEMPO, para que constitua um núcleo eleitoral, um núcleo de Portugueses capazes de resistir à iminvasão, está tudo assim, e mesmo assim uma catrefa de meninos preocupados com as amizades, os amiguismos, e a não aceitar marchar no único partido nacionalista porque há lá um gajo qualquer que ACTUALMENTE manda naquilo (que não manda nada, mas disso vocês não sabem, porque não conhecem a vida interna do Partido) que, na sua vida privada, está ligado ao crime. Irrita. E irrita muito. Nem a merda dos beatos de Bizâncio discutiam coisas dessas quando o turcalhame islâmico chegou (em vez disso, discutiam doutrina da treta, mas enfim).

Estou no PNR há muito tempo, desde antes da sua fundação, por assim dizer - desde a Aliança Nacional.
Os líderes sucederam-se: ACR, JLH, PR, PC. Todos diferentes entre si. E muito, nalguns casos. Nada disso foi crucial para a militância de quem tiver sido um nacionalista consciente.

Até ouvi, certa vez, alguém a falar da possibilidade de uma coligação com o PDC. Nunca na vida eu quereria estar ao lado de democratas-cristãos, mas isso não interessa - continuaria a militar no ÚNICO partido, por ser o único, a falar contra a imigração. Já distribuí panfletos que entre outras coisas falavam contra o aborto, tema sobre o qual tenho muitas dúvidas, e falavam contra a eutanásia, a respeito da qual sou a favor, mas nada disso interessa: o panfleto tinha lá escrito uma mensagem central CONTRA A IMIGRAÇÃO. É tudo.

"
Sem imagem de perfil

De Maria a 20.09.2009 às 20:03

hmmm!!! oh nacionalistas!!! vocês de facto fariam melhor figura se fizessem alguma coisa de jeito pelo VOSSO tão estimado país em vez de estarem para aqui a atribuir culpas pelo seu fracasso... já agora em português de Portugal seria: PESSOAS SÃO UMA COISA - MOVIMENTOS SÃO OUTRA e não: PESSOAS É UMA COISA - MOVIMENTOS É OUTRA!!! a pessoa que escreveu isto vem de onde? ahahahha

Comentar post


Pág. 1/2



O nosso livro



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D