Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Sindicalismo antiparlamentar

por Pedro Correia, em 11.07.13

                        

 

"Podem fechar a Assembleia, que não faz falta nenhuma neste momento!"

Ana Avoila, hoje, no exterior do Parlamento

 

"O Parlamento está infestado de deputados que são verdadeiros charlatães!"

Mário Nogueira, idem, ibidem


18 comentários

Sem imagem de perfil

De Agoniado a 11.07.2013 às 21:11

Absolutamente repugnante. Os sindicatos estão na mão de atrasados mentais.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 12.07.2013 às 02:56

Sindicalistas destes, com discursos como este, contribuem mais para desacreditar o sindicalismo do que todos os governos e todas as associações empresariais juntas.
Sem imagem de perfil

De Tiro ao Alvo a 11.07.2013 às 21:41

Esta gente não tem vergonha, nem tem ninguém que lhe diga que estão a passar das marcas. Esta gente vai acabar mal.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 12.07.2013 às 02:57

Sindicalistas assumindo-se como pontas de lança contra a democracia representativa. Nunca imaginei uma situação destas. Estas sumidades são capazes de dar alegremente um tiro de canhão no próprio pé.
Sem imagem de perfil

De Isa silva a 11.07.2013 às 21:43

Absolutamente de acordo. Acabe-se, de vez, com este método sinistro de nos obrigar a financiar políticos que resultam das intrigas internas dos partidos. Alteração da lei eleitoral,já!
Esta seria a conclusão lógica dos desabafos dos sindicalistas. Mas digam-lhes para serem consequentes, para defenderem esta medida e vejam o que acontece: nada, nada, nada.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 12.07.2013 às 02:59

Parafraseando o elegante discurso do requintado camarada Nogueira: a Fenprof está infestada de ddirigentes que são verdadeiros charlatães.
Sem imagem de perfil

De Isa silva a 12.07.2013 às 11:09

Eu diria que não é só a Fenprof. Efeitos perversos do sistema político que temos. Que é diferente dos sistemas alemão, dinamarquês, holandês, etc etc. Que são, certamente, democracias mais evoluídas do que a nossa. Mas quem tem interesse em discutir esta matéria?
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 12.07.2013 às 13:14

Praticamente ninguém.
Sem imagem de perfil

De amendes a 11.07.2013 às 21:59

Usando do teor do palavreado Nogueira, direi:

A Fenprof está cheio de chulos... começando pelo Nogueira, que há mais de 15 anos não dá uma aula...

Quem lhe Paga???????
Os otários do costume.

A Avoila tem explicação : ela foi avoilada psicologicamente quando era garota!
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 12.07.2013 às 03:02

Parafraseando a elegante oratória da sofisticada camarada Avoila: podem fechar a Frente Comum de Sindicatos da Administração Pública, que não faz falta nenhuma neste momento.
Sem imagem de perfil

De estalino a 11.07.2013 às 22:28

Essa assembleia não é um soviete portanto deve ser dissolvida.Ditadura do proletariado,operários e camponeses.E já toda a gente sabe que o pc é que dirige as maças.Portanto.Ponham lá o Arménio,o Nogueira,a Aivoila,a Apolónia e o resto rua.Mai nada.Mas alguém tem dúvidas?
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 12.07.2013 às 03:03

Parece um episódio do 'Animal Farm', do Orwell. A realidade imita a ficção.
Imagem de perfil

De José Gomes André a 11.07.2013 às 23:58

Também ouvi a frase com pasmo. Se não te importares, retomo-a um bocadinho acima para mostrar o quão ilógica é esta posição e como o oprimido rapidamente se confunde com o opressor. Desculpa a repetição do tema.

Abraço!
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 12.07.2013 às 01:55

Fazes tu muito bem, José. É uma frase fascista. Repito: é uma frase fascista.
Sem imagem de perfil

De Rosario a 12.07.2013 às 11:23

cada povo tem o que merece, nós temos o governo que merecemos e estes sindicalistas à mais de 30 anos que também merecemos.
Sem imagem de perfil

De Ah, pois é a 12.07.2013 às 14:22

E também temos quem nem o verbo haver saiba conjugar.
Sem imagem de perfil

De Tomás Vasques a 12.07.2013 às 20:48

Obrigado, Pedro. Deixei passar estas duas "pérolas", raramente vejo televisão e não as vi citadas nos jornais online. Abraço.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 13.07.2013 às 22:45

Só vi na RTP, Tomás. Estranhamente, no meio de tanta irrelevância, mais ninguém entendeu destacar isto. Espanta-me, cada vez mais, que o chamado critério jornalístico deite fora o trigo e opte pelo joio...
Um abraço amigo.

Comentar post



O nosso livro



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D