Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Delito de Opinião

O espetro do Acordo Ortográfico

jpt, 04.06.13

 

Isto é um espectrógrafo, grosso modo um aparelho que trabalha com a luz. A RTP, estação pública portuguesa, noticia, até ufana com a capacidade nacional, que "Portugal vai participar na construção do maior espetrógrafo do mundo". Ora "espectro" é uma palavra a que o malvado Acordo Ortográfico atribui dupla grafia, "espectro" e "espetro". Para os portugueses furiosos anti-brasileiros convirá referir que "espectro" é consignada nesse AO90 como "grafia brasileira", o que lhes desmonta um bocado a grafoxenofobia, sempre tonta como costumam ser os arroubos.

 

O que não percebo é a razão de se retirar a consoante sonante (em Portugal a "pronúncia culta", seja lá o que isso seja, sempre diz "espeCtro") de uma palavra. E também não percebo porque a RTP utiliza a versão "muda" (espÊtro em vez de espÉctro, ambas grafolegítimas). Mais papistas do que o Papa. Ou meros servos de um poder político boçal e ridiculamente neo-colonial? Pobre país, com tantos lacaios. Que miserável espectro de gente. Ou espetro de gente. Que a consoante é aqui o menos importante.

27 comentários

Comentar post

Pág. 1/2