Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A Feira do Livro

por Helena Sacadura Cabral, em 27.05.13
Vencendo a intempérie do clima em Lisboa, lá estive na Feira do Livro na sexta, sábado e Domingo e lá estarei todos os próximos fins de semana, à excepção do 8 de Junho, em que irei ao Porto receber um prémio.
Muita gente me pergunta porque é que ali estou tantos dias, quando se sabe que é uma tarefa cansativa, sobretudo para quem, como eu, trabalha com três editoras. Respondo sempre que é o mínimo que eu posso fazer por quem compra os meus livros e vai àquele espaço para me ver e dar um abraço.
De um ponto de vista pessoal, quem publica deve ter uma componente de proximidade e de acessibilidade face aos seus leitores. Eu sei que os "intelectuais" não pensam assim e até há muitos que nunca foram à Feira. Mas eu não sou intelectual, não escrevo para intelectuais. Sou, sim, alguém que tem prazer em partilhar "estórias" e pedaços de si com aqueles que se identificam com as suas palavras. Por isso, estar com essas pessoas e conversar um bocadinho com elas, é uma forma humanizada de lhes dizer "muito obrigada"!

Autoria e outros dados (tags, etc)


10 comentários

Sem imagem de perfil

De linda david a 28.05.2013 às 01:47

Bem, parece-me que ando por aqui a "trocar galhardetes" com a Helena, mas quando diz que "tem prazer em partilhar estórias ' e pedaços de si com aqueles que se identificam com as suas palavras", não podia estar mais de acordo. As nossas estórias valem o que valem e para nós são lasquinhas da nossa alma que temos gosto em dar a conhecer, partilhar, em contar, por redenção, por terapia, por procura de identificação ou, muito simplesmente, por prazer de escrever, de palavrar . A primeira pessoa do plural, utilizo-a, porque eu também gosto de alinhar umas linhas, não sou escritora, mas quando me dizem que gostam do que eu escrevo, cresço logo um bocadinho mais. ( "- Mãe, ficas tão feliz, quando nos lês um texto teu!") Adiante, também me parece que concordará se disser que a escrita só tem sentido (leia-se também legitimidade, validade, utilidade...) se do outro lado estiver quem a receba e, sim, o escritor tem de lhes agradecer e de dizer a quem os lê, que sofre as mesmas dores e ri as mesmas gargalhadas. Deixemo-nos de intelectualidades, de poses muito entendidas. Já não se usam e fazem mal à saúde. Quem é que não gosta de falar, conversar com o escritor, escritora que pela mão os (nos) levou por aí. Eu gostaria de ter dado um abraço à Simone de Beauvoir , à Marguerite Duras, à Virginia Wolf , ao Somerset Maughm , ao Vergílio Ferreira e até à Louisa May Alcott , entre tantos outros. Contentar-me-ia com um autógrafo, é claro. A feira do livro é uma feira, um mercado, uma exposição, o momento em que as editoras dão o seu melhor - estratégias de mercado incluídas - para vender os seus autores, todos sabemos isso e temos de compreender e perceber que quando o livro não vende, todo o trabalho é pouco. Mas o melhor da feira, para mim, que já sou crescidinha, gosto muito de ler e de livros, o melhor, dizia é poder observar, conversar com os escritores que tanto aprecio. E, sejamos honestos, parece-me que não há nenhum escritor que não goste de ouvir. " Gosto muito dos seus livros, importa-se de mo assinar?" Haverá?
Já agora, se não humanizarmos os nossos actos, somos o quê?!

Se calhar, ao escrever, não lhe passa nada disto pela cabeça, mas de certeza que tem um grande respeito pela escrita, pela sua língua e por tudo aquilo que escreve. Respeito pelos seus leitores já percebi que tem. Bem haja, Helena e continue a escrever.
(o Mia Couto virá à Feira do Livro?)
Imagem de perfil

De Helena Sacadura Cabral a 28.05.2013 às 14:42

Nem mais, Linda. Bem haja pelas suas palavras, porque são delas que aqueles que escrevinham se alimentam também!
Sem imagem de perfil

De cr a 28.05.2013 às 11:20

É o respeito pelo público que os lê. Podem gostar ou não dos seus livros, mas que essa sua maneira de pensar e essa simpatia de aproximação ao " povo " merece-lhe os mais rasgados elogios. Os intelectuais não ligam nenhuma a isso, " atiram-nos " com os seus livros antecipadamente vendidos por força do nome e promoção e que se lixem quem os compram.
A Helena escreve para partilhar, e estar presente em alguns momentos junto aos leitores é uma forma de partilha importante. Viva muitos anos escritora não intelectual!
Sem imagem de perfil

De Carlos Cunha a 28.05.2013 às 21:10

sim, nunca é demais realçar que uma feira serve para vender / comprar produtos e a literatura é uma produto para vender / comprar.
tal como a água e a electricidade (necessidades básicas, afinal, das pessoas civilizadas) temos a leitura do consumo, que neste caso, no final da feira, alguém apresentará a leitura do consumo da leitura, perdão: literatura.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 05.06.2013 às 19:19

Helena, muito obrigada por ser assim capaz de partilhar "estórias" com quem as quer ler, assim como por estar presente na feira do livro para que a possamos cumprimentar. Um bem haja para si

Maria do carmo
Imagem de perfil

De Helena Sacadura Cabral a 07.06.2013 às 17:29

Obrigada Maria do Carmo!
Sem imagem de perfil

De Miguel Moura a 06.06.2013 às 22:07

Esta Grande Senhora esteve na feira do livro do ano passado apesar da morte do seu Filho Miguel... Prova que esta Grande Senhora é genuína, autentica...

Imagem de perfil

De Helena Sacadura Cabral a 07.06.2013 às 17:31

Bem haja, Miguel, pelas suas palavras. Fiz aquilo que eu sabia que o meu filho gostaria que eu fizesse!
Imagem de perfil

De AnaD a 11.08.2013 às 17:55

Ainda não foi este ano que consegui estar lá ao mesmo tempo, mas eu não desisto de um livro autografado, lá terá de ser 2014 :)

Comentar post



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D