Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Estávamos todos desesperados por ser salvos por Carlos Abreu Amorim. Carlos Abreu Amorim não é um pássaro. Nem é o super-homem. É um porta-aviões. Que estacionou ao largo da nossa democracia, ali por alturas de Angeiras, e está prontinho para nos resgatar. Há políticos com espessura. Carlos Abreu Amorim tem volume. Há políticos com sentido de estado. Calos Abreu Amorim é um estradista. Meu Deus, os quilómetros que este homem não terá feito entre Viana onde foi eleito deputado e Gaia onde se candidata a já nãoseibemoquê. Há políticos abrangentes. Carlos Abreu Amorim é espaçoso. Há  políticos com faro. Carlos Abreu Amorim tem tacto. E eu sou um piano de cauda. Há animais políticos. E há Carlos Abreu Amorim. Se Carlos Abreu Amorim  podia ter prolongado uma enormíssima carreira em alguma das menos prestigiadas instituições universitárias do país? Se podia ter guardado a exclusividade da sua inigualável veia de contorcionista para as águas profundas de um escritório de advogados tripeiro, fazendo ouvir, esporadicamente, a sua voz tronitruante na barra de um Tribunal de Paredes ou de Gondomar? Podia. E seria exactamente a mesma coisa. Na academia, na barra ou até num ancoradouro. Carlos Abreu Amorim seria igual a si próprio, variando conforme as circunstâncias, sempre com a mesma convicção, falando de cátedra sobre o estilicídio, o produto interno bruto (não podia ser outro) do município de Móstoles nos arredores de Madrid ou um par de botas e respectivos cordões. Hoje com o tiroliroliro, amanhã com o tiroliroló, sempre a bombar na concertina. Estávamos desesperadamente a precisar de ser salvos por Carlos Abreu Amorim. O problema é que não sabíamos e continuamos a não saber. Desgraçadamente, a oportunidade vai perder-se por falta de colaboração da nossa parte. É sempre assim neste país. Agora, só há uma possibilidade de Carlos Abreu Amorim cumprir o seu fabuloso destino. Pode sempre doar a coluna vertebral à ciência e as cordas vocais à coerência.

Autoria e outros dados (tags, etc)


15 comentários

Sem imagem de perfil

De Sérgio de Almeida Correia a 11.05.2013 às 17:13

Fabuloso, Rui. É assim mesmo.

CAA tornou-se em pouco tempo, de excelente jurista e comentador aceitável, em mais um "produto" introduzido na nossa vida política por essa magnífica troika (agora órfã do inefável Relvas) que o País conheceu graças ao desconcertante trabalho de um certo comentador televisivo com sotaque entre o 8eme arrondissement " e as docas de Valência.
Sem imagem de perfil

De porque não dás coisa boa? a 11.05.2013 às 18:22

Dos esgrouviados da esquerda(só medram no cheiro a sangue)aos campos de relva sintética borrifados pelo robot gasparino:o país político é um imenso pilriteiro.
Que esperar?
Imagem de perfil

De Rui Rocha a 11.05.2013 às 19:36

Continuemos a aguardar. Mais tarde ou mais cedo, lá virá um José Lello para nos salvar.
Sem imagem de perfil

De porque não dás coisa boa? a 11.05.2013 às 20:14

Lello!Isso,isso,um passado de estudo da nossa coisa,obra feita.Até o nome.Como pudemos esquecer?Eça!Eça!
Imagem de perfil

De Rui Rocha a 11.05.2013 às 22:51

Sim, sobretudo da coisa feita.
Sem imagem de perfil

De porque não dás coisa boa? a 11.05.2013 às 23:14

Teve muito bom gosto sr. Rocha.O seu escolhido é um cavalheiro,um verdadeiro gentleman,especialmente com modos diferentes de entender a política.E(louvemos a Natureza)canta!
Imagem de perfil

De José António Abreu a 11.05.2013 às 19:22

O texto está fantástico mas, caramba, Rui, não faças isto quando eu ando a tentar arranjar descaramento para votar no homem...
Imagem de perfil

De Rui Rocha a 11.05.2013 às 19:36

É nestas alturas que um tipo encontra certas vantagens no facto de viver em Braga.
Sem imagem de perfil

De Língua da Sogra a 11.05.2013 às 20:19

Dizem as más-línguas (não euzinho, Deus me livre) que produzir críticas como as que ele produziu é uma condição para se passar a fazer parte do governo. Essa candidatura a nãoseibemoquê, se calhar, está a estorvar.
Imagem de perfil

De Rui Rocha a 11.05.2013 às 22:50

É, mais uma destas e ainda temos o Amorim a ministro das fianças.
Imagem de perfil

De João Campos a 11.05.2013 às 23:56

Cruzes canhoto! :)
Imagem de perfil

De Rui Rocha a 12.05.2013 às 18:23

Pronto, das faianças.
Sem imagem de perfil

De da Maia a 12.05.2013 às 00:01

Ministro das Fianças? das Faianças, ou das Finanças?
Eu sei que é tudo parecido, mas é só para saber...

Não há nada como um partido que tem sempre alguém que rouba os punchlines da oposição.

- Estás a ver Tózé, o CAA pediu a demissão do Gaspar e do Rosalindo, logo a seguir ao "sucesso" da emissão de dívida. Se são os partidos do governo a fazerem oposição ao governo, para que serves, ó Tózé?

Até o PCP ficou meio atarantado...
Porque quando isto toca a ir às Pensões, há um largo consenso que vai do Filipe Pinhal à Heloísa Apolónia.
Imagem de perfil

De Rui Rocha a 12.05.2013 às 18:25

Aguardo o final do conselho de ministros extraordinários para lhe responder, da Maia. Pode vir a ser das faianças partidas.

Comentar post



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D