Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Fenomenologia da Memória

por Paulo Gorjão, em 20.05.09

Paulo Rangel não se lembra se chegou a ser militante do CDS-PP. A memória prega-nos destas partidas. José Pacheco Pereira, no Abrupto e em declarações ao Expresso, irá seguramente tecer considerações sobre o carácter de Paulo Rangel.

Autoria e outros dados (tags, etc)


8 comentários

Sem imagem de perfil

De tric a 20.05.2009 às 14:13

A este post tambem se poderia chamar a Fenomologia do Ego...
Sem imagem de perfil

De Carlos Dias Ferreira a 20.05.2009 às 14:26

Caro Paulo:

Por acaso, também me lembro, de um tal José Sócrates, que pertenceu á JSD, nos idos de 1974, ou isso agora também já foi limpo do curriculum do dito?
Falemos, de coisas importantes, meus srs, gostaria de saber, qual a importância, para o país, do Sr Dr P. Rangel não se lembrar se foi militante do CDS?
É, com estes "fait-divers", que se desviam, as atenções, das situações graves e bem mais importantes para o País.
Imagem de perfil

De Paulo Gorjão a 20.05.2009 às 14:38

Caro Carlos, por acaso os fait-divers de José Pacheco Pereira na altura também lhe mereceram a chamada de atenção para que se preocupasse com o big picture? Não me recordo de ter lido qualquer observação da sua parte nesse sentido aqui na caixa de comentário.
P.S. -- Não me lembro de José Sócrates ter renegado ou esquecido essa parte do seu passado, pelo que não vejo a pertinência da sua comparação.
Imagem de perfil

De António de Almeida a 20.05.2009 às 15:03

Se José Pacheco Pereira fosse um comentador político a sério, em absoluta coerência consigo próprio consideraria o lapso de Paulo Rangel grave e indesculpável, princípio que já aplicou a outros correligionários, mas comprometido como está com a actual direcção do PSD, o mais certo será JPP classificar este post , outros de semelhante teor que venham a ser escritos em blogues , ou artigos publicados em jornais, com elevada pontuação no índice de situacionismo.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 20.05.2009 às 17:14

De uma coisa não há dúvida, custe-lhe o que lhe custar: Paulo Rangel constrói mais ideias do que Pedro Passos Coelho.
Imagem de perfil

De João Carvalho a 20.05.2009 às 18:30

Eu estava tentado a concordar. Mas tenho medo que ele se esqueça do que constrói...
Sem imagem de perfil

De João Gonçalves a 20.05.2009 às 20:36

Paulo: este seu "coelhismo", um vírus que ataca a partir de Massamá passando por Campo de Ourique, só lhe fica mal. Não há meio de V. distinguir o trigo do joio e de não comparar o incomparável. Como tenho escrito a propósito dos nossos pobres monárquicos, não há bom vento para quem não conhece o seu porto (Séneca). Veja lá se atina e não corra atrás de mimetismos socráticos. Não lhe basta o original?
Imagem de perfil

De Paulo Gorjão a 20.05.2009 às 21:08

Caro João, não é comparável? Essa agora...! Isto, claro, assumindo que estamos a falar da mesma coisa, o que para mim não me parece claro. Entretanto, pode V. Ex.cia estar descansado que na altura apropriada saberei distinguir o trigo do joio.

Comentar post



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D