Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Os comentários da semana

por Pedro Correia, em 28.04.13

«Somos um país de gente invejosa - e minada por uma desconfiança campónia.
Arrependermo-nos ou percebermos anos depois é pouco relevante: o que é preciso é abandonar o pé atrás (que não a inteligência) e o medo, precisamos de boas e limpas primeiras impressões. Das outras está o inferno cheio.»

Do nosso leitor FGH. A propósito deste texto da Gui Abreu de Lima.

 

«O “nosso” 25 de Abril foi o termos crescido como crescemos. Confunde-se, identifica-se, em grande medida, com a forma como vivemos a nossa adolescência e nos tornámos adultos. É isso. Quero fazer uma confissão, encorajada pela troca de comentários a este post... Sinto-me muito triste por verificar que não há espaço para alguém como eu comemorar o 25 de Abril, o facto de ter vivido o que viveu, como viveu. E não há espaço - leia-se em qualquer comemoração oficial, promovida por qualquer quadrante político - porque toda a celebração faz parte de uma agenda política actual à qual estou alheia. Restam algumas pessoas avulsas com quem uma verdadeira e autêntica celebração possa ser feita. Sob reflexão, talvez seja melhor não me sentir triste com isto. Faz parte da natureza das coisas. E é preciso aprender a viver com aquilo que não se pode mudar. Se é que alguém pode deixar de se sentir triste por verificar sob reflexão que é inútil sentir-se triste!»

Da nossa leitora Adriana Silva Graça. A propósito deste texto do José Navarro de Andrade.


5 comentários

Sem imagem de perfil

De Cristina Torrão a 28.04.2013 às 10:52

Eu diria mesmo: o importante é que ninguém deixe de se sentir triste por verificar sob reflexão que é inútil sentir-se triste!
Sem imagem de perfil

De da Maia a 28.04.2013 às 14:58

A minha primeira impressão é que é um prazer ler esta frase:

"Se é que alguém pode deixar de se sentir triste por verificar sob reflexão que é inútil sentir-se triste!"

A minha segunda impressão, é que houve sempre quem estivesse disposto a ferir ostras para obter pérolas.

Cumprimentos a ambos.
Imagem de perfil

De José Navarro de Andrade a 28.04.2013 às 16:13

Queridíssima Adriana: Para variar não concordo contigo lol. mas também só não concordo porque o que tu dizes faz muito sentido, como não podia deixar de ser vindo de quem vem. Se, como tento afirmar no post, não comemorar o 25 de Abril da maneira que vi no Bairro Alto é uma forma de o viver, porque já faz parte do ar que respiramos, e nisso não haverá (talvez melhor elogio que se lhe possa fazer, ergo o teu lamento (digamos assim, porque em boa análise não foi isso que quiseste fazer) é improcedente: comemorarás o 25 de Abril como quiseres e com quem quiseres - em plena liberdade que ele te permitiu. Nunca o hão de capturar se não te deixares capturar, como sei que não te deixas, ó espírito rebelde!
Sem imagem de perfil

De fhg a 28.04.2013 às 23:32

Não percebo bem o que é o "comentário da semana". Um concurso? De qualquer modo, ainda bem que gostou. É sempre agradável. Fgh.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 29.04.2013 às 19:31

É apenas uma singela homenagem aos nossos leitores/comentadores. Nada mais. De "concursos" e competição a todo o momento e a todo o preço andamos todos fartos. Aqui a lógica é outra.
Gostei que tivesse gostado que tivéssemos gostado.

Comentar post



O nosso livro



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D